Reviews for Constantine Armagedon
batalhaf inal chapter 11 . 9/26/2010
CAPÍTULO 11:

DEUS E O DIABO: A BATALHA FINAL.

Constantine estava estatelado no chão, se esvaindo em sangue. Não tinha mais esperança alguma de derrotar o diabo até que uma visão lhe ocorreu, a deusa da bruxaria, Wicca apareceu para ele.

-Levante-se, mortal. Muitas almas dependem da sua vitória, pegue a adaga de ouro e chame por Deus, deixe que eu farei o resto.

Quando a visão se foi John se levantou ,segurando as feridas ainda abertas, e pegou a adaga de ouro, Lúcifer viu tudo aquilo e riu da inútil tentativa do homem de vencer.

-Vai fazer o que, humano? Essa adaga de merda não pode me ferir.

-Vou chamar alguém que pode, vou usar essa adaga sagrada para chamar o todo poderoso, vou elevar a minha fé até o limite!

O corpo de Constantine começou a brilhar um dourado intenso, em resposta o céu se abriu e iluminou a escura cidade. O próprio Deus estava descendo do paraíso e foi ficar frente a frente com o diabo. Deus estava usando sua aparência tradicional, ele tinha a aparência de um homem negro de 35 anos, barba e cabelos compridos mal tratados, suas roupas eram bem simples e refletiam sua época (mais ou menos dois mil anos atrás). Deus olhou para o diabo e conversou com ele.

-Fiz de você o mais belo e inteligente de todos os anjos, por que me paga desse jeito? O poder que te dei não era o suficiente?

-Você é patético papai, fez regras estúpidas para os homens seguir que vão contra os instintos que você mesmo colocou neles. Quando eu tomar o seu lugar, o que vai acontecer logo, eu farei um paraíso e uma Terra bem melhores do que a que você projetou. Os homens serão livres para expressar os seus instintos mais primitivos.

-Isso é um absurdo que eu irei impedir.

Deus e o diabo estavam voando, a briga dos dois se fez no ar (estilo Dragon Ball Z), cada soco e chute trocado entre os dois soltava uma onda de impacto que destruía vários prédios que estavam no caminho. Enquanto isso, John assistia a luta do chão e sem que ele notasse, Raphah apareceu em suas costas e o golpeou por trás.

-O que esta fazendo, estúpido?

-Você esta de acordo com uma entidade pagã! Como pode dar as costas ao salvador desse jeito?

-Salvador? Se ele é assim tão bom por que ele não me livrou do inferno? Por que ele deixou que o diabo se apoderasse do meu amigo?

-Vocês dois são pessoas más, tiveram o que mereciam!

Raphah pulou no pescoço de Constantine e começou a estrangulá-lo, só parou quando John deu um chute em suas genitálias e ele se contorceu de dor. Enquanto isso, no céu de Londres, o diabo brigava com Deus, a luta estava incessante e parecia que não ia chegar ao fim nunca.

Vaticano, Catherina Van Tarsel olha para o céu e percebe que há algo de errado, ela então vai conversar com Wagner que estava andando de um lado para outro nos corredores do lugar.

-Wagner, o que esta acontecendo? Parece que o céu vai desabar.

-É exatamente isso que esta acontecendo. Esse é o momento decisivo, Deus e o diabo estão deflagrando a sua batalha decisiva. O lado vencedor mudará completamente o rumo da história.

Catherina voltou à janela e olhou para o céu, dessa vez ela juntou as mãos e começou a rezar, fazendo o que fosse possível para dar mais força a Deus.

Deus e o diabo estavam voando, tomaram certa distância um do outro para ganharem impulso para um ataque fulminante, os dois se chocaram e criaram uma grande onda de impacto no processo. Parecia mais que uma bomba atômica havia sido detonada em Londres, vários prédios caíram e as ruas estavam completamente detonadas, os dois combatentes então pousaram e respiravam fundo para recuperar suas energias.

Raphah havia desmaiado após receber um chute na cabeça feito por John, ele estava observando de longe a luta entre as duas entidades e quando vislumbrou o rosto de cansaço dos dois percebeu que haviam exaurido todas as suas forças e que este era o momento ideal para agir.

-Vamos Wicca, é a sua vez agora.

Uma luz branca surgiu do nada e chamou a atenção de Deus e de Lúcifer, era a deusa da bruxaria aparecendo para eles.

-O que quer aqui, bruxa nojenta! – Disse Lúcifer.

-Esperei esse momento há séculos. Vocês estão enfraquecidos demais por lutarem um contra o outro, meus piores inimigos estão na palma da minha mão.

-Cale a boca, mulher! – Disse Deus.

Uma coisa nunca vista antes estava acontecendo, Deus e o diabo uniram forças para derrotarem uma inimiga em comum, soltaram vários raios em direção dela, mas o ataque se mostrou ineficaz.

-Estão muito fracos, mostrarei o que faz uma deusa de verdade!

Ela começou a brilhar, um raio branco saiu de dentro dela e dominou Deus e Lúcifer. Deus sumiu e o diabo não estava mais no corpo de Chas (que agora estava no total controle), os dois desapareceram.

-O que você fez com Deus? – Perguntou Constantine a Wicca. – Você o matou?

-Não seja idiota, ele e o diabo são entidades imortais. Eu os levei até o limbo, ficarão presos por lá por toda eternidade. Não influenciarão nunca mais a vida dos humanos novamente.

-O que será da Terra, do céu e do inferno agora?

-Não se preocupe, darei um jeito de consertar tudo.

Zatanna e Vingador Fantasma apareceram, os dois estavam esperando entrar em uma briga, ficaram desapontados ao perceber que ela havia terminado.

-Então, Constantine. Quem ganhou? Deus ou o diabo?- Perguntou Zatanna.

-Nenhum dos dois, há uma nova força no comando de tudo.

Uma forte luz branca envolveu a Terra, o paraíso e o inferno, estava acontecendo uma reformulação, novos símbolos de fé estavam surgindo para substituir os antigos.