Formandos de 1978

Nota da autora:

Férias de Julho. Carol (minha irmãzinha), Gaby (nossa vizinha) e eu entediadas. Chovia e não tínhamos absolutamente nenhuma idéia para acabar com o nosso ócio. Então eu – com todo o meu vicio por fan fics – dei a seguinte sugestão: "Vamos fazer uma fic conjunta?".

Carol riu. Mas, na falta de outras opções, acabou aceitando. A Gaby foi praticamente forçada aceitar. E sugeriu – depois de explicarmos o que seria exatamente uma J/L – que nos inspirássemos no programa de televisão "O Show do milhão".

A fic ia ser pequena e de humor. Mas minha cabeça insana teve a idéia de fazer os nossos Marotos trabalharem a fim de arrecadar fundos para a festa de formatura. O que isso tem haver com "Show do milhão"? Não me pergunte e a fic não será tão de humor, nem tão pequena.

A partir daí a Carol se empolgou e escreveu o prólogo. Entretanto passaram-se meses e a fic ficou abandonada em um arquivo intitulado "Show do Milhão". Num certo dia, ou melhor, numa certa madrugada, eu comecei a ter idéias e a bolar a fic. A Carol gostou, mas decidiu não escrever comigo por estar muito enrolada com as quatro dela. Assim hoje acabei de escrever o terceiro capítulo.

Apesar da minha irmã dizer que eu deveria terminar a fic primeiro,não resistir e decidi postar. Espero que gostem e deixem comentários. Eu estou achando realmente divertido escrever essa fic.

Agradecimentos- A minha irmã Carol (CarolzinhaBlack) , BaBi Evans(que aceitou betar essa fic louca) e ainda a Gaby (que me inspirou com o "Show do milhão" mesmo a história não tendo nada Haver com um programa de perguntas e respostas.).

DISCLAIMER : No dia em que eu escrever como a J.K. eu simplesmente morro de tanta emoção. Sério, ela tava muito inspirada quando inventou todo o mundo do Harry, que eu apenas utilizei nesta fic com o único intuito de me divertir. Devo dizer que só inventei alguns personagens que vocês vão identificar como novos. Portanto, todos os méritos para Rowlling.

Lembrete rápido: Eu não sei com que freqüência irei atualizar a fic, já que estou fazendo vestibular. Alias, eu tenho prova amanhã de Matemática, História, Geografia e Espanhol. O primeiro capítulo deve entrar no ar no próximo sábado.Ah! Quero comentários, opiniões, criticas, qualquer coisa, preciso saber se alguém está lendo o que fiz. Se der eu mando a Carol postar o capítulo no meio da semana.

Beijinhos e até o próximo capítulo.

Prólogo:

A neve branca que encobria o castelo encardido anunciava que o natal estava próximo. Os alunos de vestes pretas, já de férias, estavam se aquecendo junto à lareira. Apenas quatro deles encontravam-se do lado de fora de hogwarts: Remus Lupin, Sirius Black, James Potter e Peter Pettegrew. Estavam em meio a uma disputada guerra de bolas de neve. James estava preste a jogar sua última, quando um amontoado de cabelos ruivos pôs-se à sua frente.

- Olá Lily! – Ele sorriu passando a mão livre pelos cabelos.

- É Evans, Potter. O diretor pediu que todos os alunos se reunissem no salão principal. - Lily Evans os informou secamente.

Lily tinha os cabelos de um tom avermelhado que emoldurava seu rosto delicado, olhos muito verdes destacados pela pele branca e os cílios cor de ébano. Na opinião do maroto à sua frente era a monitora-chefe mais deslumbrante que poderia existir.

Infelizmente, a garota não tinha a mesma opinião sobre os marotos:

James Potter tinha os olhos castanhos esverdeados levemente escondidos pelos óculos quase imperceptíveis, e cabelos extremamente desalinhados que espetavam na parte de trás. Às vistas da ruiva, este era o pior e mais arrogante, de seus odiados marotos.

Sirius Black tinha os cabelos tão negros quanto as noites que pairavam sobre o castelo, olhos acinzentados e profundos, e um sorriso que poderia fazer qualquer garota de Hogwarts definhar diante dele, qualquer uma menos Lily, e outras poucas que simplesmente tentavam o ignorar.

Remus Lupin era um garoto de aparência pálida e doentia, que ofuscava sua beleza e jovialidade. Este, na opinião da garota, era o único descente e digno de sua boa educação.

Peter Pettegrew era apenas um gordinho que só seguia os últimos três por ser covarde. Lily não só o ignorava, como nem lembrava de sua existência.

Os sétimo-anistas seguiram para o salão principal com os Marotos, absortos em uma conversa divertida, e Lily mergulhada em um profundo tédio. Ao chegar no grande aposento amarrotado de alunos sentaram-se para ouvir o sermão do diretor. Albus Dumbledore levantou e encaminhou-se para o meio do salão. Ao perceber que o velho estava entretido em alisar suas longas barbas distraidamente, James pigarreou a fim de chamar-lhe a atenção.

- Oh!Sim, obrigado jovem Potter. - Dumbledore sorriu antes de começar com um alto tom de voz seu discurso. - Creio que todos estejam se perguntando o porquê de tê-los chamados aqui. Porém, semana que vem a maioria de nossos alunos se juntarão aos seus pais para aproveitar as festas de natal em família. Antes que isso aconteça preciso dar-lhes um comunicado. - Fez uma pequena pausa e prosseguiu. - Infelizmente estamos sem fundos para a festa de formatura dos alunos que cursam o sétimo ano. - O diretor fez silêncio enquanto pôde ser ouvida no salão uma série de murmúrios de desaprovação. - Contudo, ainda podemos festejar. Mas vocês terão que usar toda a criatividade que possuem. Cada casa terá de arrecadar uma quantidade de galeões. E é aí que entra a criatividade, também peço a colaboração dos professores e dos alunos dos outros anos. Tenho certeza que todos serão convidados para a festa no final do ano. Quero também um grupo de voluntários para cuidar da organização da festa, os que se interessarem, falem com os diretores de suas casas. Então deixem a imaginação fluir e mãos-a-obra.

Nota da autora: , "olhos muito verdes destacados pela pele branca e os cílios cor de ébano." Essa descrição para os olhos da Lily a Carol me confessou que tirou dos olhos de um garoto da sala dela, que por sinal ela odeia(muito coerente, não? A a Lily também é muito coerente)."E um sorriso que poderia fazer qualquer garota de Hogwarts definhar diante dele" Tenho que concordar que definharia, ao ver o Siriuszinho sorrir. BRING BACK SIRIUS BLACK. "Lily não só o ignorava, como nem lembrava de sua existência." Pois é eu também tento ignorar o Peter, mas ele irá aparecer mais depois das férias de Natal . "Mas vocês terão que usar toda a criatividade que possuem." A idéia que eu mais gosto é a da Lily mas acho que o Sirius será o mais criativo. Contudo, isso é assunto para a próxima atualização. Beijinhos da Ju.

Nota da irmã da Autora: Me sinto no direito de responder a nota final da Ju. Onde já se viu insinuar que eu gosto do ser mencionada anteriormente!? Sinto pena de você Ju, por ser insana ao ponto de pensar algo do gênero, mesmo depois de todas as noites que você precisa me ouvir reclamando DAQUILO.

Ah! Também nem sei porque escrevi isso... o olho dele é a única parte apreciável daquele anão de jardim.

Quanto ao capítulo, não me atrevo comentar nada sobre ele, já que não quero parecer egocêntrica demais.

Já a fic ao meu ver está ótima! Me diverti muito com o "Hogwarts news"...

Ah! Ela esqueceu de comentar, mas fui eu que insisti para ela fazer uma J/L e não uma T/L, por isso não reparem se no meio o James virar Tiago... Apesar da BaBi ser muito competente e já ter corrigido milhares de Tiagos, Pedros e Remos.

Beijinhos da Carol e até o próximo cap (sim, estarei aqui me intrometendo novamente... Não é que tomei gosto pela coisa?)

OBS: Ju, nem todos leram ODF... cuidado!