Natal fora do tempo

Autora Susana Snape

Em resposta ao desafio de Natal do Snapefest.

Casal Snape/Mione

Spoiler dos cinco livros( apesar de eu não me importar muito com isso mas Ter as leituras de Hp em dia é sempre importante)

Gênero: romance

Classificação: Livre

Agradeço a oportunidade de escrever essa, e acho que não estou obedecendo exatamente as formalidades, desculpe.

Natal, um dia feliz para todos menos para um garoto de 17 anos. Toda escola comemorava a data, presentes nos pés das camas, alegria, exibições de itens maravilhosos, todos os tipos de corujas entrando e saindo da escola com pacotes e última hora. Mas ele, Severo Snape, não recebeu nada naquele Natal que fosse digno e exibição, uma saco com 15 galões e um bilhete:

" Filho, vê se não gasta só em livros, feliz natal, mamãe."

A mãe de Severo era uma perua metida a fazer compras fúteis o dia todo e o pai era um homem metido a política que não suportava a esposa por ela ser uma mulher dada muitas compras e pouca inteligência mas não tinha um ser que ele mais detestava que o filho, metido a cdf, fracassado humilhado pelos filhos dos colegas dele do trabalho sem contar o fato do garoto ser um antisocial enquanto o pai tentava ao máximo agradar a todos para subir cada vez mais.

Porém seria diferente naquele natal, andando meio perdido pela escola perdido nos corredores que levam a biblioteca ele esbarra em alguém, nem se importa continua seguindo o seu caminho.

Ei Ranhoso, a mamãezinha vai ficar tristinha com a falta de educação do montinho de sebo que ela pós no mundo.- Falou James Potter sorrindo debochadamente para os amigos o circo estava armado.

Com um toque da varinha de James os livros que Snape carregava foram ao chão, e ele já se via sem calças quando um estalo e uma garota caiu em cima de James Potter e o feitiço dele contra Severo é quebrado imediatamente fazendo o garoto cair de cara no chão.

Dá onde você surgiu garota, tá tudo bem eu sei que sou irresistível, mas já tenho uma namorada e foi super difícil torna-la minha namorada então faça me um favor e saia de cima de mim.

Qual é Harry, até parece que eu vou querer algo contigo.- então ela olha para garoto e não encontra um par de olhos verdes e sim castanho, não era Harry Potter olhou para os lados e viu um rosto inconfundível, Remo Lupin e um lindo garoto moreno que devia ser Sirius Black antes de ir para a prisão, e um gordinho mais atras, Pedro.

Snape analisou tudo que tinha relação a garota, juntou o livro que ela deixou cair e quando estavam em pé Potter e a misteriosa garota que o salvou de uma humilhação natalina ele perguntou.

De onde você veio? Olhando para isso com certeza desse tempo não é?

E em que ano estamos?

1985

O que?

É, hoje é dia 25 de dezembro de 1985, acho melhor visitar McGonagall, venha eu te ...

Cala essa boca, se alguém tem que levar a graci... digo a srta até a professora McGonagall esse alguém é Remo que é o monitor da Grifinória.

Ela definitivamente não havia gostado dos marotos, principalmente de James, ele era tão arrogante, cheio de si, ela olhou para os garotos e para Snape e tomou uma decisão.

Ei, esperem, eu acho que vou com Snape, desculpe.

Ela saiu seguindo Snape que sorria por Ter sido escolhido e deixou para trás os marotos muito indignados.

O silencio predominou até Severo decidir fazer perguntas. Ele parou e encarou a garota.

Como sabe o meu nome? Nós nos conhecemos?

Digamos que sim.

De que anos vens e qual o teu nome, de onde me conhece, como chegou aqui, que relação tens comigo no futuro e tens namorado?

Eu venho de 2006, me chamo Hermione Granger, te conheço daqui mesmo, cheguei aqui por acidente, você me odeia e eu não tenho namorado.

Eu odeio você, como eu posso odiar uma garota como você, desculpe a cantada barata mas você é com certeza a garota mais linda que eu já vi.

Obrigada.

Bem, esse idiota ai do livro, ele conseguiu ser alguém pelo visto.

Você o conhece?

Sim, sonserina terceiro ano, não sei como esse imbecil conseguiu entrar para a sonserina sendo um completo idiota.

Mas ele faz qualquer coisa para conseguir o que deseja ele apagava a memória das pessoas e usava seus feitos para escrever isso e fazer fama e fortuna

Ok,ok ele merece estar na sonserina pelo visto.

Eles começaram a conversar sobre assuntos diversos esquecendo de para onde estavam indo. Severo estava encantado com a moça não entendendo como poderia odiar no futuro se ela era tudo que ele desejava para ser sua esposa, quando se imaginava casado era com uma moça como ela que a imagem se formava.. ela não entendia como ele ficara sozinho e também como virou um comensal da morte.

Era um 24 de dezembro muito proveitoso para ambos pois estavam se conhecendo muito, então ele não resistiu e fez uma proposta a ela.

Fica comigo, só hoje eu não quero mais nada.

Como?

É isso ai, eu sempre quis uma garota como você e bem nunca mais vai surgir uma oportunidade como essa, eu peço desculpas por isso a gente mal se conhece mas eu sinto algo muito forte por você.

Ela ficou muito confusa mas foi retirada de sua mente por um beijo roubado que serviu de gatilho para um beijo muito mais profundo.

Ficaram a tarde toda juntos.

Hermione foi conversar com McGonagall juntamente com Dumbledore decidiram que após o Natal a fariam voltar.

Durante o dia 25 ela e Severo passearam pela escola despertando os olhares de ódio de várias pessoas incluindo os marotos que estavam muito indignados principalmente porque ela não revelou nada do futuro para eles e mais não eu bola para Sirius.

Mas durante a tarde, daquele 25 algo diferente aconteceu.

O casal estava sentado embaixo de uma árvore namorando com muita paixão.

Hermione, Eu sei que é muito cedo para isso e mais você nem desse tempo não é, mas eu quero te dizer duas coisas.

Diga.

Eu amo você, deixe o futuro para amanhã e fique comigo aqui, deixe o futuro e case comigo.

Severo, não dá eu tenho família, amigos, estudos, tudo no futuro, não posso largar tudo, você sabe que não é sensato.

Eu sei, mas não vou deixa-la voltar para o futuro, nem que eu tenha que te prender aqui.

Severo, eu to falando sério, faço qualquer cosia para tê-la comigo.

Então deixe de me odiar no futuro, eu sei como você é no futuro então eu aprendi a ama-lo. Mas não posso ficar, em um dia você conseguiu desfazer toda a imagem que eu tenho de ti a todo esse tempo.

Severo viu que estava sendo vencido então aceitou.

Olha só, vamos fazer uma promessa, quando você voltar você vai casar comigo, eu juro que não terei nenhuma outra mulher vou esperar-te vou ser fiel, prometa que vai ficar comigo e eu não te amarro aqui.

Ela ia responder mas uma luz se abriu na frente dela um vulto saiu e a puxou para dentro. A luz se apagou e Severo estava novamente sozinho, mas nunca mais se esqueceria daquele dia, daquele amor.

Nunca mesmo, ao sair da escola na visita que teve a Hogsmeade, uma vulto envolveu Severo.

Olha só que eu conheço, finalmente, me falaram bem de você.

Quem é você?

Sou o Lord das trevas, ou Voldemort

Nada tenho a falar contigo, me deixe passar.

Espere, você não a quer de volta? Eu posso dá-la para você, só peço que seja um dos meus homens, que use o seu conhecimento em prol do que é certo, livrar o mundo dos malditos sangue ruins.

Você vai me dar Hermione?

Se é o que deseja.

Então eu sou mais um no teu time.

Uma ferroada no braço e ele era um comensal.

2006.

Satisfeita?

Professor Snape, eu juro que...

Quieta, eu queria você tanto que eu fiz uma loucura, eu cometi meu maior erro por você. Agora faça me um favor, vá para a Grifinória e esqueça desses dias no passado.

Ela saiu pois o professor tinha um olhar de quem mataria qualquer um.

Mas ao chegar no seu quarto e dar explicações de onde esteve 'enfermaria, estava meio gripada'. Sentou em sua cama depois de dar explicações e ficou pensando.

" esquecer esses momentos, nunca Severo Snape, mas pode Ter certeza que um novo ano virá para nós, afinal esse Natal foi o melhor de toda minha vida."

Um fim, por hora... Mas terá uma continuação em resposta ao desafio de ano novo.

Susana Snape

Porto Alegre, 29 de Novembro de 2004.