Coisas de trouxas!

por Sarah Snape

Hoje é meu aniversário. Recebi um bilhetinho carinhoso de Hermione, prometendo uma surpresa para mim, quando chegasse em casa ao final do dia. Conhecendo minha esposa como conheço, chego a ter medo do que ela possa inventar... festinhas surpresas, decorações exóticas, jantares inenarráveis onde tenho que agüentar aqueles amiguinhos dela.. e tudo isso no meu aniversário. Preferia, sinceramente um jantarzinho a luz de velas e uma noite de amor bem romântica, a ter que fazer poção contra embriaguez para certos elementos que lá estarão... Não, não pense que falo só dos maravilhosos amiguinhos de Hermione: Karkaroff me faz passar vergonha todos anos, quando seu teor alcoólico excedeu o tolerável querendo relembrar os tempos "áureos" de comensal da morte. Mas tem algo que realmente eu não suporto, eu não suporto em hipotese nenhuma o maldito:

Parabéns a você,

Nesta data querida,

Muitas felicidades

Muito anos de vida"...

Mas Hermione não dispensa a maldita musiquinha... Coisas de trouxas! Coisas de trouxas!

Mas que mandou eu, Severo Snape casar com uma bruxa nascida trouxa? Bem feito para mim!