Severo caminhava e pensava sobre como seriam as coisas, como seria retornar a Inglaterra e mais detalhes de sua vida e o nome Hermione sempre estava presente

Severo caminhava e pensava sobre como seriam as coisas, como seria retornar a Inglaterra e mais detalhes de sua vida e o nome Hermione sempre estava presente.

No outro dia a noite seria o maldito ataque e ele tinha pormenores a resolver.

Primeiro como faria para sair sem dar muitas explicações, poderia dizer que era uma reunião, pronto um problema a menos.

Segundo como seria o ataque estava pensando em dividir o grupo em 3, uma parte daria o bote, outra parte chegaria para dar cobertura e o resto viria por trás para que ninguém fugisse.

Terceiro como encarar Hermione sabendo o que tinha feito e como encarar a si mesmo?

Andava e pensava até que então sentou na areia e pensava até ouvir uma frase nas suas costas.

" Olha só o idiota continua dando uma de Michael Jackson andando vestido de preto todo coberto nesse calor, hahahahahahhahhahhaa"

Ao se virar viu o mesmo trouxa que tinha dado rido dele mais cedo, mas agora o coitado o via sozinho, louco da vida. Severo levantou e foi em direção ao trouxa que estava sentado com uma mulher e uma caixa de isopor cheia de cervejas e alguns petiscos.

"O sr estava falando de mim?"

O trouxa encarou Severo meio apavorado o que aquele louco queria, a mulher o havia avisado para calar a boca, mas não tinha que ficar fazendo piada do cara em voz alta.

"Não, sr."

Severo apontou a varinha e disse.

"Mentira, e eu odeio que homens sejam covardes, mentirosos e ainda por cima riam de mim."

Saiu um jato de luz de sua varinha e o sujeito apareceu vestido de Carmem Miranda em plena praia a sorte de Severo é que tudo estava mais ou menos vazio com o cair da noite, toda a vez que o maldito abria a boca saiam sons parecidos com gritinhos femininos e ele ficaria assim enquanto estivesse na praia por um bom tempo.

A mulher estava paralisada de terror, mas depois começou a rir, Severo simpatizou com ela.

Decidido a retornar a casa o mestre avançou o passo, chegou e encontrou Hermione sentada no sofá esperando por ele.

"Severo, temos que conversar."

"Sobre o que?"- Snape desconfiava do teor daquela conversa, mas se era isso que ela queria, conversariam um pouco.

"O que viemos fazer aqui nos Estados Unidos? Não e diga que só fugir do ministério e se juntar aos comensais daqui, tem alguma coisa que eu não sei nessa história toda."

Severo pensou não sabia o que dizer, porque a possibilidade de contar sobre o que estava planejando não lhe apetecia.

"Viemos fugidos, eu do ministério você seqüestrada um lugar longa da Inglaterra deixará a busca mais complicada para Ordem. O Lord das Trevas entra em contato e informa o que deve ser feito em cima da hora, é uma forma de evitar que espiões revelem seus planos com muita antecedência para que quem deve ser pego de surpresa não se prepare muito para o ataque."

Na verdade Hermione não ficou muito convencida da história, mas deixou passar tudo o que não queria era brigar com ele.

Severo vendo que ela parara de falar um pouco, levantou e foi até a cozinha preparar algo para comerem, ele ouviu quando ela chegou na cozinha e colocou aromou a mesa.

Jantaram em total silencio e depois cada um foi para seu quarto dormir, é claro que no meio da noite, Hermione foi ao quarto de Severo e dormiu nos braças dele.


Bem gente eu fiquei muito tempo sem escrever nada ou melhor escrevendo coisas pequenas que foram criticadas negativamente aqui, se for pra falar mal e não deixar e-mail pra resposta então nem precisa falar, só e deixa com mais vontade de largar a fic de uma vez.

To sem beta e eu sou da engenharia e não da letras por isso devem existir erros de lingua portuguesa ai , não reparem. O capitulo é curto porque eu fiquei muito tempo sem escrever e perdi a fic na troca de computador então eu to lendo ela de novo para recompor personagens e fazer o que eu tinha em mente na época.

Desculpem mesmo o tempo de atraso é que eu estava muito ocupada com calculo, que acabou.

É isso Até mais.