07. Quase...

Lily acordou mais cedo do que esperava, ainda cansada da festa. Não havia conseguido dormir direito, com aqueles pensamentos que ficaram rondando sua cabeça. Apesar deles já teram ido embora, a deixaram muito cansada, depois da noite que tivera a única coisa que precisava era de descanço, mas sabia que agora que já tinha levantado não conseguiria mais dormir, então decidiu descer até a sala comunal e ficar sentada em algum lugar por lá.

Desceu, e encontrou a sala vazia, pelo que parecia os elfos do castelo já haviam mostrado sua eficiência e arrumado a bagunça da noite anterior, não estava nem resquícios de que houvera uma festa ali. Se encaminhou para uma poltrona em frente a lareira e se deixou cair, na esperança de que o sono voltasse. Fazia um friozinho típico de madrugada. Ela se encolheu para ficar mais aquecida, e ficou ali olhando para uma lareira apagada, perdida em seus pensamentos.

"Não seria melhor acender a lareira?" Lily se virou para ver quem havia chegado, embora já conhecesse aquela voz muito bem. Viu James fazendo um movimento com a varinha e a lareira se acendendo no mesmo momento.

" parece que eu não sou a única que não tá conseguindo dormir por aqui, aconteceu alguma coisa?"

"não tá tudo bem, eu só perdi o sono" disse ele se sentando ao lado dela na poltrona. " E com você aconteceu alguma coisa pra você ter vindo pra cá? você deve estar cansada da noite agitada que você teve" Lily notou um certo sarcasmo na voz dele, mas não quis dizer nada não era hora pra discutir.

"Realmente eu to muito cansada, mas assim como você eu não to conseguindo dormir, e não me pergunte porque, porque eu não sei" quando terminou de dizer isso a garota estremeceu de frio.

"Tá com frio?" ela acentiu com a cabeça. James se aproximou mais dela e a abraçou para aquecê-la. E por um tempo ficaram assim abaçados, sem falar nada, perdidos em seus próprios pensamentos.

" Lily, posso te fazer uma pergunta?" James iniciou a conversa, e ela apenas balançou a cabeça afirmativamente para que ele seguisse com sua pergunta. Ele ainda esitou um pouco antes de perguntar

" Você tá gostando mesmo do Steve? Quer dizer... você tá fazendo coisas que eu nunca imaginei que fizesse... tá tão diferente... eu te conheço desde o primeiro ano e nunca vi você dançando igual ontem, aliás você nem gostava dessas festas... e ontem você parecia tão feliz com tudo o que tava acontecendo...e eu gostei de te ver feliz daquele jeito, mas... " James parou de falar subitamente, porque sabia que se não parasse por ali sabia que ia acabar falando sobre o que Melissa havia lhe dito sobre Steve ainda gostar dela. E se Lily estivesse realmente gostando dele não queria chatea-la, ao mesmo tempo em que sentia que devia contar a ela. Ai de Steve se ele descobrisse que aquele imbecil tava só usando Lily pra tentar atingir Melissa. Se fosse isso mesmo Steve já poderia se considerar um cara morto.

"Na verdade eu não sei, alguma coisa diferente eu acho que eu estou sentindo...mas pode ficar tranqüilo que eu ainda não estou completamente apaixonada viu!...por enquanto eu ainda não ganhei a aposta" James sorriu e percebeu que Lily também o fizera. A achou linda naquele momento mais do que em qualquer outro. Ficou admirando a visão em sua frente por um longo tempo.

"Lily..." começou a dizer alguma coisa, mas parou antes de falar qualquer bobagem. No instante em que a garota se virou para ele. Perceberam que estavam próximos demais, os rostos tão próximos que podiam sentir a respiração um do outro. Lily teve uma visão diferente das que sempre tivera de seu amigo. Então quer dizer que era assim, desse ângulo que as outras garotas o viam. Ela percebeu porque metade de Hogwarts era apaixonada por ele. Como que por impulso a garota fechou os olhos e se aproximou mais... BUM.. Alguém caiu das escadas. Os dois se sobressaltaram e se viraram para ver quem era.

"PETER..." gritaram em uníssono.

"desculpa gente eu não queria atrapalhar nada, mas eu caí neh!" disse o garoto desajeitado se levantando, recompondo-se da queda.

Os dois que antes estavam abraçados, prestes a se beijarem, não conseguiam olhar na cara um do outro, foi Lily quem disse:

" Nossa james já amanheceu é melhor a gente ir se trocar... até mais tarde" despidiu-se apenas com um tchauzinho discreto e muito sem graça. James apenas retribuiu.

M

Lily chegou no quarto e se jogou na cama ainda não acreditando no que quase havia acontecido. Se levantou e deu de cara com uma Marlene a olhando feio.

"onde você tava será que eu posso saber?"

" Claro que pode, aliás você deve, eu tenho que te contar uma coisa que acabou de acontecer...ou melhor quase". Na mesma hora a amiga abandonou o olhar de incriminador e assumiu um outro de curiosidade. Quando Lily terminou de contar a garota estava atônita e ao mesmo tempo com uma cara de curtição.

"Ta vendo Lily e depois quando eu digo que vocês dois se amam você ainda briga comigo" disse Marlene rindo.

"pára de falar isso, porque você sabe que não é assim. Acho que isso foi só por causa do momento que a gente tava, mas não tem nada a ver. Você acha mesmo que se o James gostasse de mim ele teria sugerido essa aposta...isso é ridículo. Quer dizer ele é meu melhor amigo eu não posso gostar dele, é perder uma amizade e ... "

"Cala a boca Lily, que você não sabe o que ta dizendo, fica querendo se justificar pra você mesma, como se gostar do James fosse algo de errado. Ah qual eh!? Me dá um tempo vai."

"não tem como falar sério com você, pra você é tudo tão fácil"

"Mas é tudo fácil, você é que te mania de complicar as coisas"

"Ai ta bom vai...agora vamos nos arrumar logo que por acaso a gente tem aula de transfiguração agora"

No café da manhã foi anunciado que haveria um baile de Hallowen diferente dos outros anos, em que a única coisa diferente era decoração. Dessa vez haveria um baile de verdade com dança e tudo que se tinha direito. Na aula de transfiguração lily recebeu um bilhete todo amassado, seu coração gelou, quem costumava lhe mandar bilhetes durante a aula era James, ou as vezes Marlene. Abriu devagar, mas logo viu que a letra não era de nenhum dos dois. Era Steve que a convidava para ir ao baile com ela. Respondeu hesitante que aceitava, não tinha muita certeza se era isso que queria. Não demorou dois minutos e logo outro bilhete veio parar em sua carteira. Era Marlene.

Marlene: E ai o q q o Steve queria?

Lily: Me convidar pra ir ao baile com ele.

M: E vc aceitou?

L: Mas é claro! pq q eu não aceitaria?

M: Sei lá, pensei q depois do ocorrido de hj de manhã vc iria querer ir com OUTRA pessoa...

L: Mas não aconteceu absolutamente NADA hj de manhã!!!

M: Tá bom então seixa eu me corrigir, eu quis dizer depois do quase ocorrido de hj de manhã. Hehehehe

Lily não pôde responder a amiga porque a professora Minerva estava olhando para ela com uma cara desconfiada, e ela logo enfiou o bilhete no bolso das vestes. Mas ainda lançou um olhar de desaprovação para a amiga sentada perto de si.


N/A: Ta bom ficou meio sem final, eu sei, mas é pq eu to sem inspiração nenhuma e ando muito preocupada com o vestiba daqui a dois dias, então por favor perdoem o meu atraso e o cap mal escrito. Mas ainda assim eu gostei muito de escreve-lo eu já não tava me agüentando de vontade de fazer alguma coisa acontecer entre esses dois, ou melhor, QUASE acontecer...hehehehe

Mas é isso aí comentem, que eu to precisando de pelo menos alguma coisa pra me animar, nem que sejam críticas falando mal, pelo menos é sinal de que alguém ta lendo... e agora os agradecimentos...

Julinha Potter: Realmente o steve é meio safado mesmo, e pra falar a verdade eu tbm não gosto muito dele não, e da Melissa então nem se fala... e ela tbm eh bem safadinha. Hahahaha E pode aguardar q ainda haverão muitas cenas d ciúmes, não só do James...

jehssik: Como assim a Lily tenta roubar o James de vc? Ele é meu por direito viu!! Nem vem tentar roubar ele de mim...hehehehe. E quanto a aposta pensa comigo...os dois apostaram que quem se apaixonasse ganharia a aposta certo? Então consequentemente se os dois se apaixonarem os dois irão ganhar a aposta! E assim todos ficam bem, mas sabe que essa idéia de que os dois perderiam a aposta não iria cair nada mal...hehehehe, vc fez idéias malignas passarem pela minha cabeça agora...me aguarde e vc vai ver o futuro desses dois...auhauahuahua

E mais uma vez perdão pelo atraso minha ama...kkkkk, será que dessa vez eu vou ser perdoada ou não vou viver pra terminar de escrever a história?ahuahuaha. Mas falando sério desculpa mesmo pelo atraso, mas como eu disse antes eu to meio estressada com a proximidade do vestibular aí eu fico meio sem cabeça pra escrever. Quem sabe depois que passar eu não passo a atualizar mais rápido...é uma possibilidade neh! Bjuxxx

Lellys Evans Potter: Rumm... olha soh a suja falando da mal lavada...hehehehe. eu sei q eu demoro pra att, mas eu axo q vc vai me entender qndo eu digo q as vezes falta uma certa coisinha essencial...a tal da inspiração conhece? Poisé essa coisinha tah faltando pra mim se tiver um pouquinho sobrando me empresta!!! Mas valeu mesmo pelos elogios é sempre bom ver que tem gente gostando, continue comentando tah!! Bjuxx

JhU Radcliffe: kkkkkkkkkk, viu como a Lily as vezes pod surpreender todo mundo, já da Melissa isso é uma coisa esperada, ela agarrar o meu James...hehehe, viu como eu to podendo neh, agora ele virou o MEU James... e q isso o Steve malicioso, q nada /cara irônica/...mas q bom q vc gostou do cap anterior pra falar a verdade foi o q eu mais gostei até agora tbm, e me perdoe pelo fracasso q foi esse, mas prometo q isso não acontece mais. Bjuxx

Ana Black: Brigadinha pelo coments, que bom q vc tah gostando fico feliz de verdade. Continue comentando... Bjuxxx

Kahhhhhh: tcham, tcham... você pediu e aí tah uma interatividade Lily/James... E não essa não eh a mesma fic q vc leu antes e eu não pretendo abandona-la eu posso até enrolar para att, mas jamais vou abandonar a fic tah bom!! Espero q vc tenha gostado do cap jah q ele foi feito em cima do seu comentário, então continue comentando... Bjuxx