Não é apenas um Ruivo...

É o Ruivo certo!

Capitulo 1 – Existe algo no Ar?

Hermione estava andando com pressa pelos corredores vazios de Hogwarts, já que a maiorias dos alunos ainda estavam dormindo, aproveitando o final de semana, mas ela tinha planos para aproveitar exatamente este silêncio na biblioteca.

Porém acabou esbarrando na dupla, em uma das pessoas mais improvável de estar essa hora acordado.

- desculpe Jorge, não havia lhe visto.

Jorge ficou terrivelmente vermelho ao ver a garota que quase cairá nele ao virar bruscamente, ainda com os braços em torno dela, pensou: "estou frito!".

- tudo bem, Mione, - ele sorriu se afastando da garota que se abaixará para pegar um livro que caíra. – Não está muito cedo para já estar com pressa? Se você não sabe, hoje é sábado o dia mundial de acordar tarde.

Ele piscou para a garota que balançou a cabeça rindo.

- você sempre diz que todos os dias o são Jorge.

O ruivo riu.

- como você pode ter tanta certeza que eu sou o Jorge? Você está enganada sabia? Eu sou o Fred, querida.

A bruxa franziu o rosto e se aproximou um pouco mais do ruivo, olhando atentamente algo no rosto dele, para depois se afastar.

- boa tentativa Jorge, - ela olhou marotamente para o garoto que estava a olhando surpreendido. E olhou na direção do outro corredor acrescentou. – e se Fred pretende sair da sala do professor Moody inteiro deve sair agora, pois ele está vindo.

Dizendo isso Hermione se afastou sorrindo, mas não antes de ouvir do ruivo uma pergunta.

- como você é a única que não se confunde?

- um dia eu te conto.

Jorge a viu se afastar e voltou sua atenção para a porta.

- Fred sai daí agora.

O outro gêmeo saiu e olhou para o irmão que apenas o mandou correr.

- O que aconteceu Jorge?

Porém logo o barulho familiar da perna de pau do professor chegou até ele, que entendeu e rapidamente estava na frente do irmão.

Quando chegaram a uma sala vazia os gêmeos pararam para recuperar o fôlego.

- droga, não consegui achar tudo o que precisávamos Jorge, teremos que voltar outro dia. – Fred segurava três objetos estranhos, na mão.

- está ficando arriscado Fred, hoje, eu não o ouvi se aproximar, se não fosse a Mione.

O irmão ficou parado olhando para o seu gêmeo com a cara séria.

- a Mione? Ela apareceu?

- foi, acho que estava indo para a biblioteca, foi ela que avisou do Moddy.

- então ela sabe? – Fred passou as mãos pelos cabelos ruivos.

- bom ela sabe que estamos aprontando algo, mas quem não sabe disso? Só que ela não sabe o que. Você acha que se ela soubesse íamos sair ilesos?

- claro que não, por isso que temos que ter cuidado, ela ainda não é monitora, mas se ela sonhar com o que andamos aprontando...

Enquanto Fred enumerava o que Hermione faria com eles, Jorge abriu a porta para ver se a barra estava limpa, vendo o corredor vazio saiu puxando o irmão.

- deixa de pensar no pior, vamos para a segunda parte do plano.

ruivocerto

Hermione entrou no salão comunal, e viu os dois gêmeos Weasley falando algo em tom baixo com o amigo Lino Jordan, se aproximou sorrateiramente e parou atrás de Jorge. Que assim como o irmão não havia percebido a aproximação dela.

- a única pessoa que devemos temer e tomar muito cuidado é com a Mione, se ela descobrir...

Lino que havia notado a chegada da grifinória tentava fazer Jorge calar a boca, mais ele estava tão absorto nas explicações, que não percebia.

Hermione tocou no ombro de Jorge que deu um pulo.

- Mione? – o bruxo rapidamente recuperou-se e abrindo um sorriso inocente abraçou a melhor amiga do irmão.

- quanto tempo não lhe encontro como está?

Hermione diante de tamanha cara de pau abriu um sorriso.

- você não tem jeito mesmo não é Jorge.

Jorge sorriu.

- o que você quer dizer com isso doce Mione.

Jorge continuava a tentar desconversar e olhou para o irmão em busca de apoio, mas este estava vermelho e calado.

- olha apesar de eu não saber o que vocês andam aprontando, vocês deveriam desistir de seus intentos malucos e se concentrarem nos estudos.

A bruxa estava séria enquanto falava com os dois.

- quem disse que estamos aprontando algo ilegal, Granger. – Jorge ficou sério.

- não é ilegal? – Hermione cruzou os braços. – Tem certeza? Nada sobre as Gemialidades Weasley?

- Bom, não posso dizer que é totalmente dentro das regras rígidas deste estabelecimento de estudo, porém, também está dentro.

Hermione levantou uma sobrancelha.

- estamos no meio de uma pesquisa de vital importância Mione, querida, no futuro você irá dizer: "eu não acredito que os mandei desistir isto é fabuloso".

- sei... – ela se virou para Fred. – Tem algo a acrescentar em sua defesa Fred?

Fred gaguejou.

- não ela foi feita perfeitamente pelo meu irmão.

- hummm. – Ela sorriu. – Mas acho que vocês pelo menos podiam ter mais cuidado.

Ela se afastou deixando os três sozinhos.

Lino continuou a conversa.

- não devemos nos preocupar com ela, pois apesar do jeito dela, ela nunca foi um dedo duro, e como ainda não é monitora não pode fazer nada, temos apenas mais uma semana até o fim das aulas.

- certo, depois nos falamos. – Jorge se afastou levando consigo o irmão.

- qual o problema Fred?

- como assim?

- você ficou quieto quando a Mione chegou.

- ah, não consegui pensar em nada para falar na hora. Mas esqueça isso Jorge, tive uma idéia perfeita para pegar o que falta hoje à noite iremos ir até a sala, do professor já que ele estará na prova final do torneio, mas têm que ser rápido que eu quero ver a prova.

- assim que se fala!

Fim do capitulo Um.

Não é apenas um Ruivo... É o Ruivo certo! ® Vivis Drecco © 2007.