PHOENIX IN ASHES, PHOENIX REBORNING FÊNIX NAS CINZAS, FÊNIX RENASCENDO - CAP. 7

Senti o chão voltar sob meus pés. Eu era querida por alguém, afinal... Não estava sozinha... E, pelo jeito, nunca estive. O calor de ambos se fundiu em um só e eu o abracei mais forte, com todas as minhas forças. Meus berros quebraram o silêncio que qualquer final de dia poderia manter - e para o alívio de nós dois, era apenas o final do dia, e não da minha vida. Eram apenas berros, envoltos de lágrimas e escuridão. Gritos que me libertavam do meu estado e devolviam a inocência de uma criança que jamais existira por completo no meu ser, que jamais quis sair ou se expor. Podia sentir toda a minha energia sendo descarregada para o espaço em formato de altos e constantes ruídos, que não cessaram, mesmo depois de minutos passados. Apenas foram ficando mais fracos, até o ponto em que eu não conseguisse mais forças para gritar, chorar, ou até mesmo, abraçar constantemente quem me salvou... Meu doce anjo...

Alguém me observava dali, de onde eu estava. Enquanto o resto de toda a minha ira esvaecia-se com um terno beijo que ali permitirmos nos dar, eu senti a presença de alguém incomum, o qual eu não esperava me visitar durante anos. E agora, eu tinha certeza, ela sempre esteve ali, do meu lado, mas nunca a percebi porque não queria perceber... Na verdade, eu jamais a envergonhei, não é mesmo... Mamãe? A última lágrima caiu simbolizando a minha volta, meu ressurgimento... O renascer de uma nova e poderosa fênix.

- Vamos... Vamos embora - Yuri quebrou aquele silêncio de uma forma doce para os meus ouvidos, cansados dos próprios berros. Levantou-se, ajudou-me logo em seguida e nós seguimos juntos por um largo corredor... Não, não me referia à entrada do Kaleido... Era uma estrada muito maior, cheia de opções para escolher, cheia de caminhos a tomar, cheia de obstáculos para sofrer... Chamada vida.

Não importava mais o quanto eu havia sofrido naquele dia. Os tempos se passaram sem que eu percebesse, porque aprendi grandes lições naquele dia, o qual desejei esquecer, mas não consegui. E mesmo me lembrando das rudes e cruéis palavras que ouvi naquela noite, sabia que alguém não concordava com elas e queria me ver lutando para ajudar a pessoa que as havia difamado. Aquela que me contava grandes histórias sobre fênixes quando eu era criança estava me mostrando o caminho durante todo esse tempo, e só agora eu o havia percebido.

Papai... Você é igual a mim. Sofre pela suposta perda do amor do passado e tem medo dele hoje em dia, porque acha que voltará a sofrer com isso... Você tem medo do carinho... Do meu carinho, inclusive, porque ele é uma forma de amor... E por isso me afasta com ofensas, dizendo sofrer supostas decepções que jamais foram explicadas... Mas você vai mudar. Precisa mudar. E ninguém melhor do que eu para ajudá-lo... Um dia, você irá entender cada palavra que penso no momento e entenderá meus ideais. Um dia, conseguirei lhe dizer tudo que preciso... E um dia, com certeza, você irá... Me ouvir.

MIAMI - USA 1º Festival Mundial de Música Beneficente

- Senhoras e senhores, temos o prazer de apresentar o primeiro festival mundial de música beneficente! Convidamos inúmeros artistas para participar deste evento mundial do dia de hoje! Atores, atrizes, músicos e poetas estarão reunidos esta noite para mostrar um show jamais visto na história, onde artistas homenageiam artistas e, é claro, beneficiam o mundo inteiro com suas doações! Hoje, atores, atrizes, cantores, escultores, pintores e todos os grandes artistas que aceitaram estar aqui conosco, irão homenagear os seus respectivos ídolos, cantando suas respectivas músicas favoritas.

Como um pedido especial de uma de nossas artistas convidadas nesta noite, ela abrirá o show, não só homenageando a grande cantora Beyoncé Knowles, mas também o seu pai, Kevin Hamilton, com a letra da música a seguir. Com vocês, Layla Hamilton!

Listen - Beyoncé Knowles OUÇA (tradução)

Escute,

a canção aqui no meu coração

Uma melodia que começo,

mas não consigo completar.

Escute, que o som do meu interior

é só o começo

para encontrar a libertação.

oh,

a hora virá

de meus sonhos serem ouvidos

Eles não serão jogados de lado

e transformados em seus próprios...

Tudo porque você não vai

escutar.

(refrão)

Ei, escute,

Eu estou sozinha em um cruzamento

Eu não estou em casa na minha própria casa

E eu tentei e tentei dizer

o que estava na minha cabeça

Você deveria saber que tentei

oh;

agora eu não acredito em você

Você não sabe o que eu estou sentindo

Eu sou mais do que você fez de mim

Eu seguia a voz

que você dava para mim

Mas agora eu tenho que encontrar a minha própria...

Você deveria ter escutado.

Há alguém aqui dentro

Alguém que pensei ter morrido

Há muito tempo...

ohhh eu estou livre agora

e meus sonhos serão ouvidos

Eles não serão jogados de lado sobre palavras

em seus braços

Tudo por que você não vai

escutar!

(refrão)

Ei, escute,

Eu estou sozinha em um cruzamento

Eu não estou em casa na minha própria casa

E eu tentei e tentei dizer

o que estava na minha cabeça

Você deveria saber que tentei

oh;

agora eu não acredito em você

Você não sabe o que eu estou sentindo

Eu sou mais do que você fez de mim

Eu seguia a voz

que você dava para mim

Mas agora eu tenho que encontrar a minha própria...

Eu não sei de onde pertenço,

mas eu irei mudar

se você não...

se você não for...

escutar

a canção aqui no meu coração

Uma melodia que começo

e irei completar

oh,

Agora eu não acredito mais em você

Você não sabe o que eu estou sentindo

Eu sou mais do que você fez de mim

Eu seguia a voz

que você pensa que você me deu

mas agora eu tenho que encontrar a minha própria...

minha própria voz.

- Obrigada! Muito obrigada! - Aplausos perfeitos, incríveis, incansáveis. Meu objetivo começava com a razão de minha vida: as maravilhosas palmas do público. Isso por você, papai... Você as ouviu?