Sem mais delongas, vamos ao cap:

Dawn Of New Sun

Capitulo 7 – Um Novo Exame Chuunin? Time 3 se apresentando!

No último capitulo:

Haruma se despediu de todos e embarcou no barco.

-Obrigado pelo suporte, até algum dia – disse Acenando.

-Desculpe mais uma vez a demora, boa viagem – disse o ninja da Areia.

O Barco logo partiu, enquanto o outro barco chegava.

-Podem subir, e próxima parada: Konoha. – falou o capitão do barco que iria partir para Konoha.

O barco balançava calmamente, o mar estava calmo, e o barco avançava a uma velocidade normal em direção a um dos portos de Konoha.

Yown estava sentado em um dos bancos do barco, Ayame já acordara com os tratamentos de Rataru, e estava ao lado do garoto, olhando para baixo e pensando. Neo estava sentado em um dos mastros do barco, olhando o horizonte e Yamato estava na ponta da frente do barco, observando calmamente a água embaixo de si.

Yown olhou para a cabine do capitão, onde Itachi conversava com um ninja da vila Da Areia, que tinha o comando do barco, Liran estava com ele e ouvia a conversa atento. Rataru vigiava as costas do navio, e estava em cima da cabine, sentado calmamente.

-Logo chegaremos – murmurou Neo de cima do mastro

Yown olhou e viu uma grande imensidade de terra, era definitivamente o porto onde iriam desembarcar.

Se remexeu no banco impaciente, Ayame encostou em seu corpo, se colando com Yown, e murmurou:

-Me prometa que nunca mais me deixará sozinha para lutar

Yown encarou Ayame, ela sorria, mas no fundo Yown sabia que ela estava pedindo uma coisa para a vida toda.

-Eu... prometo

Yown olhou para os olhos de Ayame, a garota o encarava admirada, ele sentiu uma ponta de seu coração falhar, e logo sentiu os pulmões faltarem ar, estava se aproximando do rosto da garota.

Ayame também fraquejou, e aproximou lentamente seu rosto, o beijo era inevitável.

Porém no último segundo, uma grande explosão foi ouvida, e uma voz:

-Katon: Karyuu Endan!

Yown e Ayame se assustaram, O garoto se pois de pé observando todos os cantos, Rataru havia pulado um pouco a sua frente e observava algo mais a frente.

-O que...? – perguntou o garoto

-Tem um navio da marinha da névoa atacando um dos nossos, veja...

Yown andou até o lado de Rataru, e observou um dos navios da frota da névoa perseguia furiosamente um navio de Konoha.

Vários ninjas usavam jutsus de água para tentar acertar o barco, o jutsu ouvido a momentos atrás nada atingiu, apenas fez uma grande fumaceira aparecer entre os dois barcos.

Yown avistou um dos vultos subindo em um dos mastros, e fazendo vários selos.

-Hyouton: Haryuu Mouko – gritou o vulto.

O chakra do vulto juntou com a água, e então surgiu um grande lobo feito de gelo (neve), o tigre deslizou até o barco inimigo.

O barco fez algumas manobras para se desviar, o tigre não desistiu, deu meia volta e atacou o barco por trás, o barco tremeu pelo impacto, mas um dos ninjas fez vários selos e gritou:

-Suiton: Baku Suishouha no Jutsu

Uma coluna avançou contra o tigre de gelo, e o impacto do golpe fez com que o tigre se desfizesse.

Outro vulto apareceu ao lado do primeiro no barco de konoha, fez alguns selos e murmurou:

-Kage Nui no Jutsu

Um grande numero de sombras avançaram contra o barco em uma velocidade incrível, o barco desviou da primeira rajada, mas a segunda atingiu em cheio, fazendo um grande buraco na ponta.

Um dos ninjas da névoa subiu em cima de uma das sombras e correu em direção ao barco de konoha, um terceiro vulto do barco de konoha subiu em cima de uma das sombras e correu de encontro ao ninja da névoa. Sacando uma kunai os dois se chocaram e se atravessaram, momentos depois o ninja da névoa caiu na água e o vulto de konoha deu vários mortais voltando ao barco.

Um quarto vulto apareceu em cima de uma das sombras, mordeu o dedo e fez selos muito rápidos.

E então um sapo do tamanho do navio apareceu, e pulando sobre o navio da névoa, não deu chances de escape para os inimigos.

O barco da vila da areia se aproximou do de Konoha, fazendo sinal de aliado.

Ayame se levantou e encostou ao lado de Yown, o barco encostou com o de konoha, e ambos agora andavam juntos.

O quarto vulto pulou para o barco da vila da areia, Itachi se posicionou ao lado de Rataru e murmurou:

-Jiraya-sama, o que fazes por estas bandas?

-Oh, Itachi-san, eu e meu time voltávamos de uma missão, quando esses ninjas da névoa nos perseguiram, bem agora eles vivem no mar hahaha

-Bem, logo chegaremos a konoha não? Não é melhor pegarmos carona com seu barco? – perguntou Rataru

-Oh Rataru-kun, você cresceu – murmurou Jiraya espantado – bem melhor virem – o ninja da vila da areia apareceu ao lado de Itachi – oh capitão, seus serviços já não são mais úteis, eu os guio até konoha.

-Ok Jiraya-sama, iremos retornar a vila da areia.

-Peguem suas coisas e vamos – disse Itachi pulando para o barco

Por coincidência, todos já estavam com seus pertences nas costas, e então pularam um a um para o outro barco.

Itachi fora o último, bateu em continência para o capitão do barco da vila da areia, e pulou para o barco de Jiraya.

Jiraya começou a andar em direção a cabine, os três vultos de antes pararam a sua frente, então Jiraya virou para o grupo novo no barco e falou:

-Estes são meus alunos, Osawama Okaru, Winara Iwari e Nara Shiraki

Osawama Okaru, o garoto da esquerda, era o mais alto, possuía quinze anos, seus cabelos eram brancos e compridos, amarrados em um rabo de cavalo, usava um óculos e sua bandana na testa, usava uma camisa azul marinha, e uma calça da mesma cor, porém possuía dois bolsos de kunais. Sorria e de longe aparentava segurança e força.

O do meio era Winara Iwari, também quinze anos. Era o mais baixo dos três, possuía cabelos curtos e pretos, em um dos braços havia uma bandana da vila da folha, e em outro uma da vila da nuvem. Usava tanto shorts como uma camisa preta, ainda segurava a kunai que usara pra atacar. Ele também sorria e acenava para o grupo.

O da direita era Nara Shiraki, Que já possuía dezesseis anos. Ele era um pouco menor do que Okaru, seus cabelos eram iguais aos de seu pai, Shikamaru, porém um pouco mais longos. Ele apoiava as mãos atrás da cabeça e aparentava um ar de tédio. Sorria de leve, pelo mero fato de ter se encontrado com sua irmã por acaso.

-Mana? O que faz aqui? – perguntou Shikari acenando para o grupo e se aproximando de Ayame

-Vim em missão baka

-Não sabia que seu time estava formado – falou o garoto, agora cumprimentando Itachi e seu time. – Alias, não sei o que acontece em konoha já faz uma semana, quando sai em missão.

-Missão? – Perguntou Itachi – a uma semana?

-Sim – respondeu Okaru se aproximando e cumprimentando a todos – fomos a uma semana ao país da água, Jiraya foi nos resgatar com este barco

-Yare yare, foi isto mesmo – disse Jiraya – acredite Itachi, estes garotos acabaram de completar uma missão rank B

-Ora ora – falou Itachi surpreso – já não está na hora de virar chuunin?

-Claro – falou Iwari se aproximando e cumprimentando a todos – em duas semanas começará o novo exame chuunin e iremos participar

-EXAME CHUUNIN? – perguntou Neo exaltado, se virando para Kataru – POR QUE NÃO NOS AVISOU?

-Eu não sabia... digo, não lembrava da data – falou o sensei surpreso

-Não se faça de desentendido Kataru – falou Rataru – os exames chuunins são de seis em seis meses, não me diga que iria esquecer tão fácil – completou se sentando

-Esqueci – disse o sensei coçando a cabeça e se sentando no chão

-Olhe estamos chegando – disse Yamato que havia subido em um dos mastros sem ninguém perceber.

Yown que estava observando Ayame e Shikari conversarem, se virou para a direção aonde Yamato apontava. O porto já era visível, e estava muitíssimo perto.

Jiraya manobrava o barco enquanto conversava com Itachi, Rataru e Liran. Okaru conversava com Kataru e Iwari com Neo. Yown subiu ao mastro com um pulo, ficando ao lado de Yamato.

-Yown-kun, quando aprender a controlar seu chakra corretamente, conseguirá se tornar um ótimo ninja, se quiser algum treinamento é só me procurar...

-Ora Yamato-san, eu já tinha prometido ao meu pai que iria treinar com ele, ficará para uma próxima.

-Ok, qualquer coisa é só me procurar, sabe onde eu moro

-Tudo bem, eu irei lhe procurar – disse enquanto o barco se posicionava em um lugar correto para o desembarque.

Yamato e Yown pularam diretamente para terra firme, enquanto os outros desembarcavam. Yown olhou para trás e viu Ayame caminhando ao lado de seu irmão.

Logo ele começou a caminhar ao lado de Ayame, a garota aproveitando isso falou apenas para ele ouvir:

-Yown, terá tempo livre antes do exame chuunin?

-Não, sinto muito Ayame, pegarei pesado nos treinos – falou o garoto no mesmo tom

-Ah tudo bem – falou a garota agora em tom normal – Shikari, quer treinar comigo para o exame chuunin?

-Claro, eu estou cansado desta missão, posso lhe dar uma pequena ajuda, a não ser que o pirralho do Shiro atrapalhe

-Se aquele garoto atrapalhar, irei lhe dar uns cascudos – disse ela sorrindo para o irmão mais velho e o abraçando, ainda continuando a andar.

-Ok, hei Yown, o que aconteceu na sua missão afinal? Ayame estava desacordada, e eu sou um pouco curioso.

-Ah, nada demais, alguns problemas apenas... – disse o garoto começando a contar a sua missão enquanto todos caminhavam em direção a konoha, que ainda estava um pouco longe.

-------------------------------------------------------------------------

Hinata e seu time corriam, já não estavam longe de konoha.

Pulavam entre as árvores, cada vez mais perto da grandiosa vila.

Hinata mandou seus alunos agora começarem a correr por chão, os três atentos começaram a correr atrás da sensei, quando em um movimento brusco ela freou, obrigando a seus alunos frearem também.

-O que foi Hinata-sensei? – perguntou Sinoko

-Xiu! Tem pessoas vindo! – falou tampando a boca do garoto com a mão

-Quantos? – perguntou Jirano baixo

-Droga, são muitos, e já nos perceberam – disse Hinata

-Veja com seu byakugan...

Mas antes que Sinoko pudesse terminar a frase, Hinata puxou ele para cima de uma das árvores, assim como Jirano e Minako pulavam para trás de alguns arbustos.

Vários passos foram ouvidos, um vulto a frente entrou na área de visão de Hinata, e como estava escuro ela não sabia quem era, até a voz lhe falar:

-Hinata-chan, há quanto tempo... agora se esconde de seus antigos amigos?

Hinata sorriu, reconhecia aquela voz, em um impulso pulou para frente do vulto, a abraçando.

-INO! O que faz aqui? – perguntou Hinata

-Hora, viemos para o exame chuunin – disse a mulher

Ino havia crescido, suas curvas eram muito redondas, seu corpo muito bem definido, usava seu costumeiro rabo de cavalo, e usava uma túnica da vila da areia, um dos braços estava uma bandana de konoha e no outro da vila da Areia.

Mais passos foram ouvidos pela Hyuuga, e várias pessoas apareceram.

-Podem aparecer – disse Hinata para seu time – são aliados

O time de Hinata saiu dos esconderijos e se posicionaram atrás da sensei.

Um dos vultos se posicionou na luz, Hinata viu primeiro os cabelos ruivos, depois a roupa tradicional de Gaara, ele tinha crescido, mas estava igual a antigamente, carregava calmamente seu jarro de areia, e sorria, algo difícil de ser ver.

-Gaara! Naruto estava doido para sua visita! – disse Hinata feliz

-Oh Hinata, ele está bem? – perguntou o Kazekage cumprimentando a Hyuuga

-Ótimo, desde que virou Hokage sua vida tem mudado e muito.

-Que bom

Outro vulto apareceu, era Kankuro, ele estava igual antigamente, suas marcas no rosto de roxo, tudo. Carregava vários pergaminhos de invocação, e estava um pouco mais alto. Ainda usava a mesmo estilo de roupa.

-Olá Hinata – disse Kankuro a comprimentando – quem são esses pivetes? – perguntou apontando para os alunos de Hinata

-São meus alunos – disse Hinata sorrindo – e quem são estes? – perguntou Hinata apontando aos três vultos que acabavam de aparecer atrás de Kankuro

-Ah, este é o time da Areia – falou Kankuro, agora três pessoas apareciam na luz – Sabaku no Harime, Sabaku no Koji e Akasuna Keitaro.

Sabaku no Harime era filha de Ino e Gaara, a garota tinha cabelos longos e ruivos, porém seus olhos eram iguais os da mãe, ela levava um jarro nas costas e possuía uma postura série e fria, usava uma roupa igual a da mãe, uma túnica avermelhada, com alguns detalhes em branco. Possuía treze anos, e era um pouco mais alta Minako.

Sabaku no Koji era filho de Kankuro e uma Ninja da vila da areia chamada Amano. O garoto usava uma roupa parecida com a do pai, mas com alguns detalhes mais bem detalhados. Usava as listras roxas, e carregava uma grande marionete nas costas. Sorria cinicamente. Possuía treze anos e tinha um ar de superioridade.

Akasuna Keitaro era um garoto espetacular, Sobrevivente de um clã antigo da vila da Areia, o garoto era muito misterioso e poço conhecido. Usava uma túnica branca, e seu rosto era mascarado, a única coisa a vista era seus olhos. Carregava uma foice grande em suas costas. Tinha quatorze anos, e a única coisa que se sabia dele era que era sedento por batalhas.

-Oh, olá a todos – disse Hinata enquanto os times acenavam um para o outro – bem Gaara, melhor irmos logo, Naruto ficará feliz com a sua visita.

-Não há com o que demorar, ficarei até o final do exame chuunin

-Mas e a vila de areia?

-Baki ficou lá, ele cuidará das coisas por enquanto, a prioridade é o exame chuunin, alias, você sabe se o Raikage-sama aparecerá por konoha?

-Ele não virá, irá mandar sua neta. – falou Hinata tristemente – O raikage não é muito de viajar.

-Sim, eu o entendo. Bem vamos! – disse Gaara começando a caminhar.

-------------------------------------------------------------

-Oh, que bom que todos estão presentes. – disse Naruto, já se passara dois dias, e todos os jounins estavam reunidos em uma sala. – bem hoje alguns de vocês indicarão seus times para o exame chuunin. Por tanto, em ordem de numeração de times, dêem um passo a frente e façam a nomeação.

-Bem, eu sou Hatake Kakashi – disse o velho sensei de Naruto, que por debaixo da mascara estava rindo, vendo seu aluno tão perto de si, como um hokage – Jounin do time 0. E eu nomeio o time 0 composto por Namikaze Waramaru, Sarutobi Himo e Rock Karatsu para o exame chuunin.

Kakashi deu um passo para trás, enquanto Shiori dava um passo para frente.

-Eu sou Naraku Shiori, Jounin do time 1, e eu nomeio o time 1 composto por Uchiha Karen, Inuzuka Iyane e Hyuuga Koyumi para o exame chuunin

Shiori andou para trás, enquanto Shino aparecia a frente.

-Eu sou Aburame Shino, jounin do time 2, e eu nomeio o time 2 composto por Uzumaki Myukiro, Akimichi Rouji e Uchiha Idara para o exame chuunin.

Shino foi para trás e Jiraya Apareceu a frente.

-Eu acho isto um saco para fazer, mas tudo bem vamos lá – disse Jiraya enquanto Naruto o encarava sério – Eu sou Jiraya, Sannin do time 3, eu nomeio o time 3 composto por Osawama Okaru, Winara Iwari e Nara Shiraki para o exame chuunin.

-Bem, os times de dois anos atrás já estão confirmados. Agora peço para que os senseis de times atuais pensem com calma os momentos a seguir. Podem começar.

-Eu sou Hyuuga Hinata, jounin do time 4, eu nomeio o time 4 composto por Uchiha Sinoko, Sarutobi Jirano e Hyuuga Minako para o exame chuunin.

Hinata deu um passo para trás enquanto Kiba dava um passo a frente.

-Eu sou Inuzuka Kiba, jounin do time 5, eu nomeio o time 5 composto por Akimichi Teiji, Uzumaki Hinta e Hatake Minra para o exame chuunin.

Kiba sorriu e foi para trás, Temari apareceu a frente.

-Eu sou Nara Temari, jounin do time 6, eu nomeio o time 6 composto por Nara Shiro, Inuzuka Kito e Rock Hiro para o exame chuunin.

Temari se posicionou para trás sorrindo, e Kataru passou a frente.

-Eu sou Hatake Kataru, jounin do time 7, eu nomeio o time 7 composto por Nara Ayame, Uchiha Yown e Aburame Neo para o exame chuunin

Kataru deu um pulo para trás, enquanto Yamaru dava um passo a frente e já começava:

-Eu sou Yamaru, jounin do time 8, eu nomeio o time 8 composto por Hyuuga Nigel, Uzumaki Akaru e Winara Kira para o exame chuunin.

Yamaru se posicionou atrás, enquanto Naruto começava.

-Ótimo, parece que este ano todos os times participarão do Exame chuunin, ele será daqui a 1 semana e 5 dias, dêem esses papeis para eles se inscrevem – disse Naruto entregando vários papeis entre os jounins – a inscrição será daqui a 5 dias na academia, sala 301. Dispensados.

Vários vultos saíram da sala. Deixando Naruto e Jiraya sozinhos.

-Você acha que seu plano dará certo? – perguntou Jiraya

-Dará, temos excelentes genins este ano, e logo começará a guerra.

-Sim, logo começará a guerra...

-------------------------------------

-Ei pessoal – disse Kataru em cima do corrimão da ponte – aqui estão os papeis para a inscrição do Exame Chuunin, as inscrições serão daqui cinco dias, e o exame uma semana após as inscrições.

-Ok – disse Yown que estava mais perto, pegando o papel primeiro.

Depois que todos pegaram os papeis, Kataru continuou:

-Bem, doze dias que vocês terão, eu os libero, treinem muito apenas lhes digo isso, Aprendam a controlar o chakra corretamente, e treinem seus jutsus especiais guardados. A partir de quando começar o exame chuunin não somos mais um time, apenas depois que termina-lo que seremos um time novamente.

-Isto é uma despedida? – perguntou Ayame

-Não, eu irei acompanhar-los durante todo o exame, apesar de não sermos um time durante o exame, eu continuo sendo o responsável pela possível morte de vocês.

-Oh, não iremos morrer – disse Neo se gabando

-Este exame não será brincadeira, levem a sério, se não passarem ficarei triste.

-Iremos passar, fique tranqüilo – disse Yown.

-Bem, como uma despedida antes das temporadas de treinos, irei levar-lhes para almoçar.

-Ok, vamos ao restaurante dos Akimichi! – falou Ayame

-Tudo bem, vamos

E então eles partiram para o restaurante, não andaram muito, e logo chegaram.

Ayame entrou a frente, Neo depois, Kataru ia entrar quando viu Yown parar.

-Yown? – chamou pelo garoto que havia parado, e estava olhando algo estático – Yown?

O garoto estava com o olhar vidrado em algo. O Sensei tentou localizar o que ele estava olhando, e quando viu, seu olhar se chocou também.

-Não é possível – disse Kataru

-S-sim... – disse Yown – É a minha irmã, Mitsuki – falou o garoto assombrado

Continua...

---------------------------------

Extra – A verdade por trás da morte dos Uchihas

(contem cenas fortes de violência e assassinato, se preferir, não leia, não afetará nada na história)

O garoto andou pelo corredor longo e frio, estava escuro, ninguém o seguia, esse era a caminhada para o caminho mais importante que iria seguir na sua vida.

Virou no corredor e continuou seguindo até o fim, este dia seria marcante na sua vida. Chegando ao fim do corredor, bateu três vezes numa porta de carvalho velha, e ouviu um simples: entre.

Entrando na sala, viu que era uma mesa oval, o ambiente estava um pouco escuro, mas haviam três pessoas na sala além dele, sentadas.

O garoto se sentou em uma das cadeiras, enquanto um dos encapuzados, com uma mascara laranja começou a falar.

-Olá Uchiha Itachi, eu sou Mercúrio, como você deve saber eu sou a maior autoridade secreta importante no país do fogo.

-E eu, sou Vênus – disse uma voz de mulher, era um encapuzado com uma mascara azulada – eu sou a maior autoridade secreta de Konoha, e hoje temos uma missão muito difícil para você.

-Mercúrio, Vênus, eu explico tudo – disse o Hokage Sandaime – acalme-se Itachi, algumas coisas que você escutará agora podem lhe ser confusas.

-Ok – respondeu o garoto calmo, respirando fundo

-Como você mesmo descobriu – disse o Hokage – o clã Uchiha realmente foi o causador da catástrofe do demônio de nove caudas a vila de Konoha. E como descobriu a pouco tempo atrás, que O clã Uchiha planeja um grande golpe a Konoha.

-Sim...

-O fato é que, precisamos do clã Uchiha fora de nosso caminho – falou Mercúrio – explique para ele com detalhes a missão.

-Itachi – disse ele fechando os olhos – eu nunca achei que seria capaz de permitir uma coisa dessas, mas vejo que é para o bem da vila. Itachi, hoje, você exterminará o clã Uchiha. Tirará a vida de Uchiha Madara, você será o grande salvador de Konoha.

Itachi olhou calmo para o Hokage, e sorriu.

-Eu já esperava algo do tipo

-Bem Itachi – começou Vênus – você tem até a meia noite para fazer tudo isto, depois de eliminar o clã, volte a este local, para seguirmos as instruções. Ninguém deverá saber que foi você que matou o clã, seja discreto. Contamos com você.

-Ok, eu estou partindo. – disse o garoto se levantando

O garoto se levantou, atravessou a sala em direção a porta, e quando foi abrir-la ouviu:

-Itachi, somos humanos também, boa sorte, sei que é algo difícil para você matar sua família e amigos, mas você mesmo aceitou encarar tudo pelo bem da vila. – falou Vênus

O garoto sorriu e retrucou:

-Eles não são minha família, eles são um lixo, terei que carregar a vergonha de usar o meu sobrenome por através dos séculos.

-Itachi – começou Mercúrio – se você exterminar seu clã hoje, seu nome será limpado, e deixado em branco, e então você o poderá reconstruir.

Itachi abaixou a cabeça e abriu a porta, partindo para um grande momento difícil.

----------------------------------------------------------

Uchiha, estava de frente para seu maior inimigo e amigo, seu sangue, sua linhagem, seu futuro. Estava a um passo e meio de seu maior ato na vida. A morte de seus familiares.

O garoto avançou contra a porta, ainda estava um pouco claro, pela sua visão haviam alguns Uchihas na rua do distrito. E ele logo calculou.

Era agora, estava preparado, pegando várias Shurikens, disparou para todos os lados, o tumulto foi instantâneo, os inocentes se escondiam, enquanto os mais fortes encaravam o garoto, que agora puxava sua katana.

-Eu sabia que você iria aprontar algo Itachi – disse o mesmo policial que veio lhe abordar sobre a morte de Uchiha Shisui – mas hoje a sua glória com a ANBU acaba.

O garoto não deu ouvidos, e logo partiu para cima de um grupo de dez Uchihas.

Uma luta feroz se instalou, ele estava lutando a sério, para matar, assassinar, rasgar. Não estava se importando em dar uma morte honrada, estava se importando em eliminar cada membro daquela maldição de sangue.

Rapidamente, o garoto fez os dez Uchihas que lutavam contra si, caírem no chão mortos, alguns sem braços e sem pernas, outros até sem cabeça.

O garoto começou a matar a todos sem dó, sua consciência saiu de si, não estava sabendo se matava crianças, mulheres, ou homens. Sua katana era banhada de sangue, e suas shurikens rasgavam as peles de sua família, se sujavam do mesmo sangue que o seu.

Logo foi cercado por mais dez Uchihas, eles estavam apavorados com a situação.

-Porque Itachi? Logo você, o Gênio!

-Por Konoha...

Os Uchihas avançaram contra o garoto, ele fechou os olhos e se concentrou, e abrindo-os murmurou:

-Mangekyou Sharingan!

Todos a sua volta paralisaram, caíram no chão em agonia, estavam presos por um genjutsu poderoso.

-Hoje será o fim do chã Uchiha!

Ele começou a matar os ninjas que estavam presos em seu genjutsu um a um, sem dó nem piedade, sua katana rasgava os peitos dos Ninjas, e Itachi perdia a consciência do que estava fazendo novamente.

Não faltavam muitos Uchihas, apenas seu pai, sua mãe, Madara, e seu irmão. Avançou andando calmamente contra sua casa, sua morada, seu lar. Abriu a porta e sentiu o chakra de seu pai em uma das salas.

Adentrando na sala, viu ele sua mãe juntos, em pose de luta, já esperavam por esse momento.

-Filho, não esperava algo deste tipo de você – disse o pai de Itachi – iríamos derrotar Konoha, iríamos acabar com a vila, iríamos ser a elite, por que nos traiu? Você vai acabar com sua família!

-Eu não me importo, Konoha foi para mim algo que vocês nunca vão ser, eu tive minha real família lá, aqui apenas fui usado como uma ponte para saber os planos da vila, vocês usaram como uma arma espiatória, e agora serão exterminados, mas antes me fale, onde está Madara?

-Ele fugiu, foi se juntar a uma organização Chamada Akatsuki. Você nunca o matará, ele foi o fundador do clã.

-Eu o matarei, não importa como, porém agora, será o fim de vocês.

-Eu só lhe peço uma última coisa! – falou o Pai de Itachi

-O que é? – respondeu o garoto arrogante e calmo.

-Não mate Sasuke

-Porque?

-Ele não tem nada a ver com os interesses do clã, ele é muito novo. Não o mate, deixe-o como um aliado seu.

-Pensarei nas suas palavras, agora adeus mãe e pai.

O garoto avançou contra o pai e a mãe, que tentaram resistir, mas Itachi era mais rápido e forte que eles. Matando-os com vários golpes de Katana.

Acabando-os de matar, o garoto sujo de sangue se levantou, e encarou a lua, enquanto seu mangekyou sharingan girava.

-Hoje foi uma grande evolução para meu Sharingan, minha força foi testada, eu realmente sou o mais forte dos Uchihas, Aquele que destruiu o clã.

Logo ouviu os passos de seu irmão, ele chegava correndo apavorado.

Se posicionou nas sombras, o garoto abriu a porta, e viu seus pais mortos ao chão.

Itachi andou para frente, deixando seu rosto a luz, Sasuke pareceu se alegrar, e perguntou:

-IRMÃO O QUE ACONTECEU?

Itachi atacou uma Shuriken em Sasuke, que passou raspando em seu ombro.

-Você é tolo irmãozinho – disse – MANGEKYOU SHARINGAN!

Sasuke agonizou, seu genjutsu pegara ele de surpresa, ver sua família sendo morta por ele mesmo.

O garoto voltou a si, babando de tanto que sofrera, ele encarou o irmão mais velho e proferiu:

-Porque?

-Para testar minha capacidade... – disse Itachi, vendo a melhor resposta, sua cabeça trabalhando a mil, tinha um plano.

-E para isso precisava matar todos?

-Sim... foi necessário...

-NÃO DIGA BESTEIRAS!

Sasuke se irritou, e correu a uma velocidade incrível para sua velocidade para cima de Itachi, porém o irmão mais velho já estava preparado, e lhe aplicou um soco no estomago, fazendo o garotinho cair novamente.

Ele se levantou e correu, gritando:

-Não me mate!

Ele correu em direção a saída do distrito, mas Itachi era mais rápido, e em uma das ruas ele parou de frente.

-Isto é mentira, este não pode ser meu irmão de verdade! – falou Sasuke apavorado

-Eu tenho agido como irmão mais velho apenas... para testar sua capacidade – ele encarou Sasuke profudamente - Você irá testar minha capacidade... Você tem potêncial. – ele piscou duas vezes, continuando a falar – Você me achava desagradável e me odiava, você sempre quis me superar. É por isso que deixarei você viver... Pelo meu bem – seu plano já estava montado... e estava concluindo a primeira parte – Você também é capaz de ativar o Mangekyou Sharingan, Mas, há uma condição para isso. Seu melhor amigo... você deve... Mata-lo

-De jeito nenhum! – falou Sasuke apavorado, aonde esta conversa levaria?

-Como eu fiz – falou Itachi finalizando

Sasuke se assustou, então Itachi havia mesmo matado Shisui.

-Aquilo? Irmão, você... então você...? O Shisui-san?

-Isso mesmo, e graças a isso eu fui capaz de adquirir estes olhos – disse encarando Sasuke, sem tirar seus olhos dele – No templo principal do santuário Nakano, sob o sétimo tatami, à direita do altar, fica o local das reuniões secretas do clã. Lá você irá encontrar a história do doujutsu do clã Uchiha... e qual o propósito do mesmo, o verdadeiro segredo está lá.

-Verdadeiro segredo?

-Caso você consiga, serão três, contando comigo, o número de pessoas capazes de utilizar o Mangekyou Sharingan, Se isso acontecer, então há uma razão para deixa-lo viver. Mas no momento não vale a pena mata-lo. Meu irmãozinho tolo. Se quiser me matar, me despreze, me odeie e viva uma vida miserável... fuja ... fuja... e agarre-se à vida. Então um dia, quando você tiver os mesmos olhos que eu, venha até mim.

E então, ativando seu mangekyou sharingan, fez Sasuke desmaiar.

Uma vez livre do irmão, seguiu para o caminho de sua reunião. Ninguém vira ele matar o clã, só o irmão. Havia mudado os planos de seus superiores, mas eles ficariam felizes com o plano que traçara.

Passou o corredor como um relâmpago, e abriu a porta com um fôlego só, onde os três ainda o esperavam.

-Como foi? – a doce voz de Vênus lhe perguntou

-Ouve um estorvo, e tive que mudar os planos...

-Nos conte – pediu Mercúrio.

-Madara não estava lá, ele fugiu para uma organização chamada Akatsuki. Eu deixei meu irmão vivo, Sasuke será útil para a morte de Madara no futuro. Peço a autorização para me infiltrar na organização e Matar Uchiha Madara. Amanha de qualquer jeito serei conhecido como o Assassino do clã Uchiha.

-Tudo bem, é uma boa mudança, Jiraya já nos informou da Akatsuki, é uma organização na qual Orochimaru entrou. Tome cuidado, Madara pode lhe matar. Mate-o e venha nos avisar. Espero te ver de novo em menos de vinte anos. Boa caçada – falou Mercúrio se levantando, Vênus desejou uma boa sorte para o garoto, saindo também. Haviam agora só o garoto e o Hokage presentes.

-Boa sorte Itachi, espero que nos vejamos outra vez...

(algumas partes tiradas do eps 131)

--------------------------------------------------------

Aqui está mais um capitulo, com um extra por eu não ter atualizado semana passada.

Tive alguns problemas na semana passada e só deu para atualizar hoje, espero que tenham gostado do capitulo e do extra. Comentem falando o que acharam.

Bem, o extra eu escrevi mais como um desabafo de como eu acho o que realmente aconteceu, não encarem como a verdade.

O extra não tem relação com a história, então não contem como se fosse um passado da fic.

Estou precisando de um(a) beta, quem quiser se candidatar é só me adicionar pelo endereço: uchihaakatsukiitachi (arroba) hotmail (ponto) com - eu to quase sempre on, menos a tarde de dia de semana.

Bem o próximo capitulo vai ser um pré-aquecimento para o exame chuunin, vocês descobriram quem é Mitsuki, o porque ela ser afastada de Yown, e conheceram os outros Personagens do qual foram citados pelos Jounins.

Não percam o próximo capitulo: A tragédia de Mitsuki, Genjutsu nas inscrições.

Até lá, e comentem...

UchihaYown