Fanfic: O Novo Mundo.

Autora: Maya Mithrandir

Classificação: T, maior parte dos capítulos. (Avisos de M para angst, violência e morte de personagens)

Gênero: Angst/Romance

Personagens Principais: Éomer & Lothíriel. Presença de personagens Tolkenianos consagrados e amados, porém, a fanfic é concentrada no casal de Rohan.

Linha do Tempo: Final da Terceira-Era, ano 3020, segundo o Registro de Gondor. Onze meses após a morte do Rei Théoden. AU para personagens de Rohan. Segue em principal os livros As Duas Torres, O Retorno do Rei e Apêndices. Referências da Enciclopédia de Arda e Histórias da Terra-Média.

Beta: Ilúvatar & Dani de Rohan.

Disclaimer. – Todos os personagens pertencem à obra do professor Tolkien.

Sinopse: Éomer seria considerado abençoado pelo seu reinado em Rohan, porém, o último ano da III Era torna-se uma provação para a força do novo Rei. As margens do casamento com a Princesa de Dol Amroth, Éomer descobre que uma trama ardilosa está preste a destruir o seu futuro e precisa fazer de tudo para que Rohan encontre a paz no Novo Mundo.

Notas Importantes: Elementos utilizados na fanfic.

As informações abaixo tratam da fonte da inspiração e pesquisa para a criação da fanfic, não são essenciais para explicar a história, mas são interessantes como conhecimento sobre o universo de Tolkien, em especial, esse período pós a Guerra do Anel, que tanto nos intriga e prende a imaginação. Coloquei na introdução porque são explicações longas e aumentariam muito o capítulo.

Quanta a datas do casamento de Éomer e Lothíriel:

Segundo A História da Terra-Média, volume 12, o casamento de Éomer com Lothíriel deu-se no último ano da Terceira-Era, mesma informação repetida no Apêndice A do livro RR. Porém, ainda há o fato que o ano novo da Quarta-Era tem dois marcos importantes,13 de março de 3022, como início do novo registro, a Quarta-era de acordo com o Registro de Gondor e a partida do mestre Elrond para os portos cinzentos, em setembro de 3021.

Ainda no apêndice, diz-se que a Quarta-Era, apesar do RG, é considerada por início com a partida do Mestre Elrond para Valinor. Para fins de anais do Reino, o ano I é considerado de acordo com o início do Novo Registro.

Assim, Éomer e Lothíriel podem ter se casado em 3020 ou 3021, visto que não existe data específica no Apêndice A, O Conto dos Anos e as outras fontes confiáveis, como a História da Terra-Média, registra o casamento de Éomer e Lothíriel em 3021.

No apêndice, O Conto dos Anos, descreve a amizade que Éomer manteve com Imrahil após a Guerra do Anel e como cavalgava freqüentemente para Rohan. Não há um mês específico para o casamento de Éomer e Lothíriel, para fins de licença poética, eu escolhi próximo ao aniversário da morte Théoden. Também para fins práticos, devido a história, quando uma viagem para Rohan seria, certamente, bem mais amena para a Caravana considerando-se o verão e a ausência do frio e neve, que transformaria a travessia em um suplício para a dama.

Em contra-partida, não se tem registro se Éomer e Lothíriel se conheceram em Gondor, o que é possível, devido as visitas de Éomer ao Príncipe Imrahil. Eu adotei uma linha diferente, mais uma vez, graças ao enredo escolhido para a história.

Parto do principio que os dois realmente se casaram em 3021, mas vocês notarão que a história começa em 3020, dado um bom motivo, que obviamente, não posso revelar na introdução e estragar a trama.

Juramento de Eorl e Cirion.

No Conto dos Anos, há o relato do professor Tolkien sobre a dádiva de Cirion concedida pelo Rei Elessar ao Rei Éomer, mantendo a soberania de Rohan como um país livre, aliado de Gondor e Anor. Éomer prestou o Juramento de Eorl, garantindo que Rohan sempre estaria em auxilio do Rei Elessar. Até a sua morte, Éomer deixou Rohan para lutar ao lado de Elessar.

"Com freqüência o cumpriu, pois, embora Sauron tivesse desaparecido, os ódios e maldades semeados por ele não haviam morrido, e o Rei do Oeste teve que subjugar muitos inimigos antes que a Árvore Branca pudesse crescer em paz. E, para onde quer que o Rei Elessar conduzisse uma guerra, o Rei Éomer o acompanhava; e, além do Mar de Rhûn e nos distantes campos do sul, o trovão da cavalaria dos rohrirrim foi ouvido e o Cavalo Branco sobre Verde tremulou em muitos ventos até Éomer ficar velho".

Anais dos Reis e Governantes, Apêndice A, O Rei das Terras dos Cavaleiros, RR.

Não há uma data específica para a renovação da dádiva de Cirion e o juramento de Eorl proferidos por Elessar e Éomer, ou detalhes de como se procedeu a renovação. Utilizarei amplamente na fanfic.

Elfhelm, Marechal da Terra dos Cavaleiros.

Ainda conforme a Enciclopédia de Arda, Histórias da Terra-Média, volume 12, há o registro de que o Rei Éomer faz uma revisão da formação militar de Rohan, abolindo a divisão de Primeiro, Segundo e Terceiro Marechal para um único Marechal da Terra dos Cavaleiros. Elfhelm lutou com Grimbold ajudando Erkebrand a manter a defesa do Folde Ocidental e defendeu a capital Edoras durante a Guerra do Anel. É útil lembrar que na época de Théoden, o Rei era o Primeiro Marechal, Théodred o Segundo e Éomer, o terceiro. Com a morte de Théodred e a influencia de Gríma, não houve uma substituição oficial. Elfhelm ocupou essa posição meramente pela vontade de defender Rohan, sem nunca ter sido reconhecido por Théoden enquanto Marechal.

Éomer consagra Elfhelm enquanto único Marechal e coube a ele a defesa de Édoras durante as muitas vezes que o Rei se unir a Elessar para defender o Oeste.

Mais uma vez, não existe uma data específica para este acontecimento, ao menos, não no calendário da Enciclopédia. Para qualquer um dos fatos expostos acima, quem tiver mais detalhes e referências de Tolkien, me avise. Ficarei grata em saber.

Nomes utilizados na Fanfic. Expressões.

Explicar a minha escolha para nomes e expressões utilizadas ao longo de ONM seria duplicar ainda mais tão longo capítulo de introdução. A principio, para os personagens de Rohan, utilizei um estudo sobre a origem de nomes normandicos e clássicos da tradição Viking e berserker. Entre eles, Bewolf, o poema nórdico Haraldar saga Hárfaga e o Landnámabók.

Para os personagens AU de Gondor, Dol Amroth e Ithilien utilizei o inglês arcaico como base para a escolha de nomes.

Algumas palavras utilizadas por Éomer serão inspiradas no normandico arcaico, visto que foi base de inspiração para o professor Tolkien e existem poucas palavras conhecidas dos Rohirrim nos livros e ausente nos apêndices, falando somente sobre sua vocalidade.

Apenas por curiosidade, eu colocarei o significado dos nomes que aparecem no glossário final, junto com outras anotações pertinentes.

Curiosidades.

Éadig. A nomeação de Éomer devido seu reinado próspero e pacífico tem origem no inglês arcaico, exatamente como é escrito, significando abençoado.

Gríma. Do normando arcaico, significa máscara. (apropriado né?)

Gandalf. Provável origem em: Gandálfr (do sufixo gandr, normandico de origem obscuro que significa "qualquer coisa encantada, utilizada por feiticeiros). Aparece como nome próprio no antigo poema Haraldar saga Hárfagra como Gandálfr konungur, Rei Gandálfr.

Rohir - Um rohir é um lorde (hir) sobre um cavalo (roch). Uma palavra que pode ser razoavelmente traduzida como Cavaleiro. Em muitas línguas, a palavra para Cavaleiro (knight, em inglês), faz referencia ao cavalo preparado para a guerra, assim como Chevalier em Francês e Equus em Latim. Porém, este referencia se perdeu em inglês.

A palavra elfica Rohir aparece em local importante do livro, o nome do filho de Elrond, Elrohir, que significa Elf-knight, ou Cavaleiro Élfico.

Eorl – do inglês arcaico, significa Homem nobre, realeza.

Helm – do inglês arcaico, significa proteção.

Sobre nome de Cavalos.

A Tradução de certos nomes, como de Firefoot, Pé-de-Fogo é bastante estranha aos meus olhos, talvez devido aos nomes élficos ou ainda, pelo fato de Hasufel e Arod não tenham sido traduzidos no livro as Duas Torres. Então, manterei todos no seu original ou aproximado ao normando e inglês arcaico.

Peço desculpas por esta longa introdução e agradeço imensamente aqueles que me acompanharem nessa trajetória pela fantástica Terra dos Cavaleiros. Aguardo reviews.

Meus agradecimentos ao Grupo Tolkien. Fonte de inspiração e força para qualquer desafio na Terra-Média. Espero que gostem desta minha nova empreitada, bem diferente do Beco e espero, me sair bem nela. Obrigada pelo apoio, Nim e Kiannah pelas dicas e força!

A Dani de Rohan. Sem você, nada disso teria começado.

Dedico a fanfic para Letícia. O lindo, todo nosso!

A Terceira-Era está no final, a Quarta-Era está começando.

Bem vindos ao O Novo Mundo.

Hannon-le