autora: Thaly Potter

tradução: InfallibleGirl


A menina dos olhos

Levanta-se e não olha para o relógio. Tanto faz a hora que seja de qualquer forma. Tinha fome e não importava que fosse proibido descer em plena madrugada para pedir comida nas cozinhas.

Quando o estômago de um Potter exige comida é melhor sacia-la por que do contrario, James sabe que despertaria toda Gryffindor com seus rugidos e seria um pouco desagradável na verdade.

Sua irmã Lily adquiriu o costume de chamá-lo de Jamesi, porque diz que James é o avô, Jimmy soa meio imbecil. James considera que qualquer coisa soa imbecil exceto James Sirius. Tem orgulho de seu nome assim como tem orgulho de seu avô e do padrinho de seu pai.

Quando seu pai contou pra ele e seus irmãos como seu avô James havia sido morto ele se sentiu cheio de orgulho. Seu avô se transformou em seu herói e ele adorava se chamar como ele. E como Sirius que morreu como um herói protegendo seu pai.

E ainda que odiasse que o chamassem de Jimmy, Jamesi não o aborrecia tanto. Por que foi inventado Lily e James é louco pela irmã. Mas não louco no sentido sexual ou romântico. Ela simplesmente é a menina dos seus olhos. É sua irmãzinha, a que escuta a que cuida e para quem ele leva chocolate sempre que vai a cozinha pedir qualquer coisa.

Quando já está na frente da fruteira pintada no quadro da parede faz cosquinhas e entra. Os elfos o conhecem e ele dedica um sorriso a Wynn, uma elfa de cabelo vermelho que está caidinha por ele.

Logo chega Kerkus e oferece uma bandeja de pastilhas de chocolate e logo aparece Gigly e oferece bolinhos de chocolate recheados com mais chocolate.

James come um pouco de cada. Esses elfos sabem cozinhar quase tão bem quando vovó Molly, ou até melhor.

Quando terminou o assalto monumental se recosta contra o encosto da cadeira que Wynn, com um olhar de admiração, trouxe para ele sentar e leva as mãos ao tanquinho em formação (n/t: tanquinhos, mesmo em formação me deixam louca!hahaha) soltando um arroto que poderia fazer o colégio tremer inteiro.

Depois olha para Wynn e a dedica seu sorriso devastador.

- Ouça Wynn, linda... Poderia me dar um pouco de chocolate para levar para minha irmã Lily?

E a elfa, não havia nem terminado de pedir, já havia colocado tudo em cima da mesa.

James sorri com ternura. Uma elfa estar afim dele é agradável. Abaixa-se ao lado de Wynn e deposita um beijo no seu cabelo ruivo fazendo com que as pálidas bochechas fiquem escarlates parecidos com a cor do cabelo de sua mãe.

O caminho de volta pelos corredores é feito mais rápido que a ida. Talvez porque tenha o estomago cheio ou talvez porque sua cama o espera.

Porem, ao entrar da Sala Comunal da Gryffindor ao invés de ir para seu dormitório corre e sobe pelas escadas do dormitório das meninas. Quando a escada se transforma em um tobogã ele já esta agarrado a maçaneta da porta das primeiranistas; o dormitório de sua irmã Lily.

Entra no dormitório e chega perto de sua irmã que dorme ao lado da janela. Senta nos pés da cama de colcha vermelha, igual a sua e a olhar dormir.

Não se importa que ela o chame de Jamesi, porque quando dorme parece um anjo. Quando está acordada parece ainda mais. É sinceramente adorável. Se abaixa ao lado da cama e deixa o chocolate sobre a mesinha de cabeceira. Depois deposita um beijo na testa de sua irmã e se levanta.

Já pode ir dormir tranquilo.


n/T: Só eu que achei esse cap o maaaaaaaaaaaaaaaaaais fofo de todos os tempos? Posso confessar que me apaixonei de novo pelo Jamesi? Hahaha