Os personagens dessa fic pertencem a Tite Kubo

A natureza do Vento

-

"Soprou o vento em seus ouvidos e num susto ele entendeu que era aquela a sensação que ele mais amava na vida. Renji amava o vento."

-

"Quais seus maiores sonhos, Kuchiki-taichou?"

"Há muito tempo deixei de me agarrar a sonhos, Renji."

"Eu tenho um sonho..."

"E?"

"Eu quero ser como o vento... como o senhor, taichou."

"Acha que sou como o vento?"

"Por que o gosta de passar sozinho com sapiência e em silêncio."

"Entendo. E assim como o vento, passo sem deixar marcas... nem rastros."

"Não quando se trata de um ciclone."

"Não sou um ciclone."

"Não... o senhor é... como uma brisa leve."

"Sou? E por que você deseja ser como eu?"

"Por que quero ter essa vantagem de poder ser brisa e poder ser ciclone."

"Não vejo vantagens em ser comparado ao vento."

"Vejo vantagens em compará-lo a ele. Ambos são avassaladores e poderosos."

"Não quando se trata de uma brisa leve."

"Não subestime o poder de destruição de uma brisa."

"Então não me compare a uma."

"..."

"Eu te comparo a um pássaro, Renji... que sempre corre contra o vento."

"Mas sempre sendo guiado por ele!"

"Não sou seu guia."

"Ao menos admitiu ser como o vento."

"... O que sou, além de vento, Renji? O vento é vazio, intocável, incompleto."

"Vai ver é por isso que os pássaros gostam tanto dele."

"Os pássaros conseguem sentir a solidão do vento?"

"Não. Por que o vento abraça os pássaros, toca suas asas, beija seu rosto... eles fazem companhia um ao outro. Nunca ficam sozinhos."

"Poético. Mas um pouco meloso, se for considerar que eu sou o vento e você o pássaro."

"Perdão por isso... acho que falei demais."

"Sim, falou demais. Não fale mais nada. E não queira ser vento, por favor."

"O que quer dizer com isso?"

"Se você também for vento... Que pássaro eu iria abraçar?"

"Isso sim soou bem meloso."

"Melódico. Para combinar com suas frases poéticas."

"Desde quando se preocupa em combinar comigo?"

"Desde que você passou a voar na minha direção."

"Kuchiki-taichou..."

"Renji... me chame de vento."

Depois disso, o vento tocou o rosto de Renji e uma brisa leve passou por seus lábios. Kuchiki Byakuya sorriu com serenidade, ele sempre gostou de pássaros.

--x--

N/A: Minha primeira fic de Bleach... uau! EU sempre pensei que a primeira fic de Bleach seria algo de Ichigo e Rukia ou algum casalzinho assim... mas EU assisti o filme "O Clã das Adagas Voadoras" e fiquei encucada quando o rapazinho falou que o vento não deixa marcas. Então tive a idéia pra essa fic e olha só... Espero que tenham gostado! Bye! ;)