Historias no caminho

Há muitas historias em bleach q não foram contadas, como por exemplo, como byakuya e Hisana se conheceram? Kaien e Miyako como eram juntos?

Be a good boy

1ª historia

Capitão da 6ª divisão, 28ºlíder da família nobre Kuchiki, muito poder para um homem só, muita pressão para uma mente . Sempre esperam o melhor dele, Byakuya no mínimo precisa ser perfeito. Mas nem sempre ele foi, nem sempre quis ser quem precisava ser, Por amor ele deixou tudo, e não se importou com mais nada alem de Hisana.

Depois que ela se foi, assumiu todo o poder a ele destinado, já que nada mais o interesse, sem ela resta viver como o capitão, precisa ser forte, frio, calculista perante seus subordinados, perante sua família,precisava ser inatingível como todos os nobres, mas isso não existe, por trás de tanta frieza existe muitos sentimentos, que ficam cobertos pela mascara de capitão da 6ª divisão.

Hisana era a única pessoa que passou por todas as barreiras que construiu por todos esses anos,só ela tinha o poder de fazer sentir se seguro, mesmo despido de seu poder, para ela, esse homem era perfeito e não precisava se esforçar, sendo ele mesmo . agora não mais a tem por perto. apenas lembranças de dias felizes rodeiam a mente desse capitão nesse dia, apesar de ser um dia triste, pois foi nessa data a muito tempo que ela se foi. é continuar a vida e manter a promessa que fez a Hisana de cuidar de Rukia e para ser o homem, o capitão, o irmão que precisa ser.

onde tudo começou...

-Byakuya, meu filho! entre logo, deixe o treinamento para amanha, esta nevando muito!

-Não se preocupe,mãe. já estou acostumado a treinar na neve... entro em alguns minutos.

-não demore, logo o jantar será servido e sabe como seu pai não gosta de atrasos.

A senhora kuchiki se preocupava muito com os homens da casa, seu marido sempre muito ríspido e cheio de regras, sempre criticando a todos inclusive seu único filho e único herdeiro.

O sr. Kuchiki se preocupava com o nome da família e com sua sucessão como capitão na Sereitei e por isso precisava exigir o melhor de Byakuya, mesmo que isso custasse caro.

Byakuya era apenas um jovem como outro qualquer, com grande habilidade para as artes marciais treinava constantemente para ser um capitão, mas mesmo dando tudo de si parecia não fazer tudo, seus pais sempre estavam podando suas ações, reclamando do menor erro.

Depois que sua mãe entrou em casa ,o rapaz então começou a recolher o material de treinamento , e sente presença de alguém estranho por perto, resolve investigar sozinho, pois não parecia alguém ameaçador pelo contrario. perto dos grandes muros que separa a mansão dos kuchiki do resto do mundo, ele avista alguém caído no chão.

Se aproxima da pessoa, e percebe estar inconsciente. resolve levá-la para dentro da mansão, durante o caminho o capuz que cobre o rosto da jovem cai e ele percebe ser uma moça que esta muito fraca, mas também não deixa de notar sua beleza, ela possuía cabelos pretos e curtos, lábios finos como todos os traços em seu rosto .

Conhecera poucas garotas da sua idade, apenas algumas de família nobre durante festas dessas famílias. Ela parecia diferente, provavelmente deveria ser de Rukongai, e por isso estava sozinha. Lembrou-se que seus pais não permitiriam que ela ficasse se eles a vissem,

Byakuya pede ajuda de um dos empregados.

-Ryu! me ajude aqui! leve a moça para dentro, dê algo para ela comer, e roupas secas para que se vista... se ela acordar, não a deixe sair, ate q eu fale com ela.

-sim senhor! mas seu pais não vão gostar de ter uma estranha em casa.

- não se preocupe, por enquanto ela ficará escondida na ala dos empregados, depois vejo o que faço.

Depois que o empregado levou a moça, entao o rapaz foi para dentro da mansão onde todos o esperavam para jantar.

- Se atrasou para o jantar...

-desculpas meu pai, estava treinando.

- Não quero saber, você sabe os horários dessa casa, como pretende ser meu sucessor assim? se nem simples horários consegue cumprir...

-Não acontecerá de novo.

O rapaz então se senta, e come o jantar calado, gostava realmente de treinar para ser um capitão um dia, mas não suportava ser um nobre e ter tantas regras para cumprir e viver recluso numa mansão um dia talvez entendesse seus pais, mas agora so se preocupa com a jovem que encontrara na neve.

-Ryu ! a moça ta acordando... dizia Anya, outra empregada da mansão.

- ela não parece bem... temos que alimentá-la, foram ordens do patrão Byakuya.

-onde estou? Pergunta a moça com uma voz mto fraca

-ola meu nome é Anya, você esta num lugar seguro, não gaste energia, você parece muito doente, deixe-me cuidar de você. Qual seu nome?

-Hisana...

-prazer em te conhecer Hisana, agora precisa comer para se curar.

Anya e Ryu são empregados da mansão kuchiki, há muito tempo, viram Byakuya crescer e fazem tudo que ele pede, por isso são muito amigos. O rapaz sempre foi muito responsável, amoroso e generoso e diferente de seu pai que parecia não ter emoções.

--