ATENÇÃO: Essa fic não é minha! Ela pertence a Dryadeh www. fanfiction. net/u/773477, e o nome e o link da fic original é: www. fanfiction. net/s/3671125/1/Ella. Faz parte do projeto de traduções de Dramiones do 3v. Espero que gostem! ;)

Ela

Pansy sabe que, enquanto fazem amor, Draco pensa nela. Sabe que quando se coloca com força entre suas pernas e que enquanto seu corpo o acolhe, ele fecha os olhos para pensar que é ela. Sabe que ele imagina que é ela quando a acaricia e a aperta com ansiedade. Sabe que a beija calando seus gemidos para não escutar a sua voz. Porque não é ela.

Sabe que, quando entra alterado na sala comunal da Sonserina e a chama com o olhar, enquanto ela o segue até seu quarto e ele a toma em seus braços, o faz pensando nela. O faz por ela. Porque a viu, porque brigaram, porque a desejou. Por ela.

Sabe que quando a acaricia com ternura, quase respeitosamente, é porque pensa nos traços dela ao invés dos seus. Sabe que quando volta ávido e violento, está tratando de encontrar a imagem dela em seu corpo.

Sabe que quando a surpreende em algum lugar, a despreza e a encosta em uma estátua qualquer para beijá-la como se quisesse beber sua alma, é porque queria fazer com ela.

Sabe que as noites em que fica em sua cama e a abraça encaixando-a contra ele, é porque imagina que seja ela. Sabe que quando parte, furioso e frustrado após acabarem de dormirem juntos, é porque não conseguiu. Porque não conseguiu sentir que era ela.

Sabe que a razão de seus aborrecimentos, de sua crueldade, o porque de alfinetá-la e maltratá-la, é ela.

Sabe que, se ele sorrisse, seria por ela.

Sabe que quando fica quieto e distante em qualquer lugar, perturbado e com o olhar perdido, está pensando nela.

Sabe que quando aterroriza os alunos do primeiro ano, confisca coisas dos do segundo, zomba dos do terceiro, o faz por ela. Para se vingar por não poder tê-la.

Para provocá-la e para que ela repare nele. Precisa insultá-la, gritar e jogar sua fúria, pois é o único modo que tem para se aproximar dela.

Sabe que quando a chama de sangue-ruim, sabe-tudo e impura está querendo dizer que a quer. A ela.

Sabe que a insulta porque não sabe fazer de outra forma.

Sabe que quando ele ri do Santo Potter e do Doninha é apenas para que ela o olhe. Com ódio, mas que o olhe.

Sabe que no breve momento em que seus olhos se encontram é a melhor parte do dia para ele, porém oculta, enterra e esconde em um lugar onde apenas ele conhece.

Sabe que mesmo que leve a marca em seu braço, seguirá querendo ela. Sabe que mesmo após matar Dumbledore, ser um Comensal impiedoso e a mão direita do Lorde, seguiria suspirando por ela.

E sabe que isso só quem sabem são duas pessoas, Draco e ela, Pansy.

Sabe que ele guarda Hermione Granger em seu coração, e ela guarda seus segredos.

Do mesmo modo que sabe que sempre esperará que ele repare nela.

Verdadeiramente nela.


N/T: O Ron é a doninha, "Weasel", é doninha em português. O Draco é o furão.

Descobri isso por causa da Lady Narcissa... ;)