I. Naruto não me pertence.

II. A tendência à ShiKa aqui se deve inteiramente a Srta. Abracadabra, e sim, você tinha razão XD

X

Shikamaru tocou a pele branca e fria de Ino. Ela sorriu. Ela gostava de achar que Shikamaru fazia aquilo porque a amava. Então erguia a mão do sofá macio e passava sobre a pele áspera do pescoço dele. Os olhos do Nara quase se fechavam, mas logo se abriam para receber um novo afago no cabelo.

Então Shikamaru beijava a boca gelada de Ino para que fosse recompensado. Ele ainda completava com um: "você é linda" para que os carinhos fossem suficientes para que ele dormisse ali mesmo. Mas a campainha tocou. Aquela relação de vaidade e preguiça foi interrompida.

O barulho da chave rodando na fechadura, a maçaneta se mexendo e a porta se abriu. Cabelos ruivos misturados com cabelos negros em beijos calorosos adentraram a casa e, sem fechar a porta, foram direto para o quarto. Eram Sasuke e Karin. Sasuke tinha a mão enfiada sob a blusa de Karin e um pouco de mais do corpo dela estava aparecendo.

- Um dia eles já vão entrar aqui nus! - disse Ino, irritada - eles podiam ao menos esperar um pouco, né?

Shikamaru ainda pensava no que vira do corpo de Karin e não falou nada.

- Shikamaru?!

- É... É muito problemático... - e dormiu, mesmo sem o carinho de Ino. Não havia amor ali. Shikamaru sabia e Ino sabia. Ino trabalhava e o deixava em casa, no sofá. Quando ela chegava, ele supria suas vaidades.

E continuaria assim, até que um dos dois rompesse a corda; até que um achasse um amor que estivesse acima da preguiça ou da vaidade.

X

Bem... eu tô sem saco pra fazer N/A, então tchau XD

E ficlets ownam total!

Mr. Montagh's