Os Sentimentos da Sakura – Uma resposta SasuSaku

Algumas considerações sobre este texto:

Há alguns meses que o texto "Os Sentimentos da Sakura" publicado no Blog "Animes Dow" em 18 de maio de 2008 (http : / / www . animes-dow . org / 2008 / 05 / os-sentimentos-da-sakura . html) vem sendo comentado entre os fãs de SasuSaku e NaruSaku. O texto ficou famoso ao propor ser uma análise imparcial provando que a Sakura é apaixonada pelo Naruto. Muitas pessoas começaram a comentar que era um texto convincente, fazendo com que vários fãs do casal SasuSaku ficassem balançados depois de ler. Isso certamente chamou a atenção, pois o mangá sempre foi muito claro sobre a amizade entre os três integrantes do Time 7 e, principalmente, sobre os sentimentos um pouco mais além e complicados entre Sakura e Sasuke. Além disso, os argumentos mais comuns a favor de um romance entre a Sakura e o Naruto costumam ser infantis e sem nenhum embasamento, caindo no comum: "O Naruto sempre foi apaixonado pela Sakura e como ele é o principal personagem da história é óbvio que ela fica com ele no final."

Entretanto, ao ler o texto, torna-se evidente que a análise sobre os sentimentos da Sakura, que deveria serimparcial, limita-se apenas a cenas relacionadas com prováveis momentos NaruSaku. Infelizmente, o texto não está assinado, mas com certeza trata-se de alguém que não conhece o significado da palavra imparcial.

Assim, eu (BastetAzazis) e a Mye-chan resolvemos que estava na hora de expressarmos nossa opinião, nada imparcial, a favor do casal SasuSaku. Para isso, este artigo foi dividido em quatro partes que serão publicadas aos poucos, pois infelizmente, temos que dividir nosso tempo livre entre as nossas fics e a nossa vida pessoal também.

A primeira parte será dedicada única e exclusivamente aos argumentos utilizados no texto "Os Sentimentos da Sakura". Serão citadas apenas as cenas também citadas no texto acima (salvo algumas exceções para uma explicação mais elaborada) e relacionadas com a opinião do autor para mostrar que não passam de argumentos vazios e sem sentido.

Como o tal texto não foi imparcial como promete ser, os tais "sentimentos da Sakura" relacionados ao Sasuke foram deliberadamente esquecidos. Assim, a segunda parte será dedicada a mostrar cenas que mostram o que a Sakura sente pelo Sasuke.

A terceira parte é voltada aos fãs de SasuSaku. As cenas mais comoventes no anime/mangá e que mostram o que o Sasuke sente pela Sakura. Sim, pois que a Sakura ama o Sasuke todo mundo sabe, o que realmente importa é entender o que se passa na cabeça do Uchiha - que está cada dia mais confusa. E o Kishimoto vem dando toques sutis ao longo da sua história que muitos gostam de esquecer para provar suas teorias absurdas. Se você não gosta do casal, nem perca tempo – você não vai conseguir nos convencer do contrário e não vai gostar do que temos para falar.

A quarta e última parte deverá ser dedicada a uma personagem que muita gente gosta de "esquecer" quando o assunto é NaruSaku: Hinata Hyuuga.


Considerações sobre as autoras:

BastetAzazis:

Para quem ainda não me conhece do Nyah, ffnet, Orkut, MSN, etc... Eu sou a Carla, ou Bastet, ou BastetAzazis. Comecei a acompanhar Naruto pelo anime que ficou super famoso entre meus amigos e viviam insistindo para que eu assistisse. Depois de um feriadão sem nada para fazer, resolvi encarar uma maratona de 3 ou 4 temporadas seguidas e me apaixonei pela história. O Naruto é o meu personagem preferido (embora alguns não acreditem), mas quando vi aquela cena magnífica do Sasuke acordando após o selo amaldiçoado, perguntando pela Sakura, e aquele abraço dela conseguindo refrear o poder do selo do Orochimaru, me apaixonei pelo casal. Como o Kishimoto é um escritor muito malvado e tirou o Sasuke da história, meu único remédio foi começar a escrever fics. Tirando alguns lapsos, a maioria delas é SasuSaku, pois não agüento ver esses dois separados.

Mye-chan:

Bem, eu não sou tão conhecida como a Carla-chan no Nyah!, nem no Orkut, visto que não posto fics em nenhuma comunidade, mas os que me conhecem do sabem o quanto eu admiro e apoio o amor que a Sakura sente pelo Sasuke. E isso é fato, só quem não quer enxergar é que não vê. Veja bem, estamos falando dos sentimentos da Sakura em relação ao Sasuke, e não vice-versa (mas eu particularmente acho que ele nutre sim algo por ela). E no momento que me falaram dessa "análise imparcial", eu não pude ficar quieta. Porque o que me irritou, além da declaração de imparcialidade totalmente falsa, foi a forma como rebaixaram os profundos sentimentos da nossa rosadinha para um "amor ilusório e egoísta". E eu estarei defendendo aqui, junto com a Carla-chan (e não poderia ter parceira melhor), as nossas teses e contrapontos.


Capítulo 1: Os sentimentos da Sakura em relação ao Naruto

Se você ainda não leu o texto que nos fez escrever esse artigo, é interessante ler para continuar. Algumas opiniões do autor serão citadas, mas pode ficar fora de contexto se o texto original não for lido na íntegra.

O texto começa citando o 3º capítulo do mangá. Aquela cena em que o Naruto está disfarçado de Sasuke. Vamos colar alguns trechos da opinião do autor aqui:

1 - "Sakura não ama Sasuke de verdade. É fato. Se ela o amasse como ele realmente é, não teria uma reação positiva diante de seu comportamento tão diferente do nada."

Bastet: Alôooooo! Isso acontece no início do mangá! É óbvio que a Sakura não ama o Sasuke. Ela mal o conhece. Nesta fase o Sasuke é simplesmente o cara mais bonito da academia, aquele que todas as meninas são gamadas e, por isso, o antagonista do personagem principal: Naruto. Ele é o ninja número 1, enquanto o Naruto é o "número 1 de trás para frente". Sakura, como uma menina normal e ainda por cima a menina que o Naruto acha a mais bonita da turma, é gamada no Sasuke como todas as outras. Todo mundo sabe do que estou falando. Toda sala tinha um carinha que era o "gatinho" da turma, que fazia todas as meninas andarem suspirando pelos cantos. Isso não significa que todas elas o amam. Aliás, isso não tem nada a ver com amor.

Ainda, o nome deste episódio no mangá é "Uchiha Sasuke". Ou seja, a intenção do autor é nos apresentar o personagem Uchiha Sasuke, que será até o fim da série o antagonista principal do Naruto. A intenção é mostrar a rivalidade dos dois, e a Sakura é só mais um dos vários motivos para essa rivalidade. Se a intenção fosse mostrar o verdadeiro amor da vida do Naruto, o nome do episódio seria "Haruno Sakura!!".

Mye-chan: Corretíssimo o posicionamento da Carla-chan! É mais do que lógico que uma menina de 12 anos não conheça o amor (fora o amor de âmbito familiar) nessa época, ela ainda não teve experiências, ainda está imatura demais; o mundinho dela se resumia ao ambiente escolar, as suas amigas e a sua família. A paixonite dela nessa época é, concordo, infantil e egoísta. Mas, quem nunca teve uma paixonite assim? Ainda mais sendo esta a sua primeira experiência relacionada ao amor? Porém esta parte será importante mais adiante na história para mostrar a evolução da personagem e dos seus sentimentos, por isso que foi assim relatada por Kishimoto-sensei.

2 - "Naruto entende Sakura. Ele vai lá e diz exatamente o que ela gostaria de ouvir, sendo sincero."

Bastet: Bom, o Kishimoto nunca escondeu que o Naruto lambe o chão que a Sakura pisa. Mas este é um sentimento do Naruto, então não deveria ser citado num texto que se diz imparcial sobre os sentimentos da Sakura.

Mye-chan: Eu tenho outra colocação a fazer. O autor da análise defende que o Naruto disse à Sakura o que ela gostaria que alguém dissesse para ela. Tudo bem, pode até ser isso, mas como dito antes, ela era imatura, e o que Naruto disse ali era nada mais do que um flerte! Qualquer menina que está em fase de crescimento, descobrindo sua sexualidade, adoraria ouvir um flerte, ainda mais do menino que ela gosta - lembre-se que ela pensa ser o Sasuke ali.

3 - "Pois bem, Sakura sentiu que o olhar do NARUTO olhava através do seu coração. Isso tem um simbolismo enorme. Porque isso mostra que, enquanto o amor de Sakura por Sasuke se resume a aparência dele e ao que ela pensa que ele é, o de Naruto por Sakura vai além."

Bastet: Novamente, estamos falando do que o Naruto sente, que nunca escondeu que é apaixonado pela Sakura. Acho que no item 1 deixei bem claro que a Sakura ainda nãoama o Sasuke nesta altura da história e, realmente, só está interessada nele pela sua aparência.

Mye-chan: E eu pergunto: como uma menina imatura e inexperiente, como a Sakura naquele momento, saberia isso? Como ela saberia diferenciar um olhar que ela quer sentir, de outro qualquer? Além disso, olhem bem o quadrinho (página 14, contada a partir da capa). Onde que aquele olhar era "carinhoso"? Isso era o que ela, a menina apaixonada, queria enxergar. Transforme a cena em um texto em primeira pessoa: aquilo seria o que ela, a menina imatura, acredita ser, e não o que realmente é. Eu teria outras colocações a fazer sobre os sentimentos do Naruto e sobre a colocação do autor, mas vamos nos concentrar nos sentimentos da Sakura, não é?


A segunda cena discutida é o teste do Kakashi, quando o Naruto vai atacá-lo e a Sakura olha admirada com a audácia dele em enfrentar o sensei.

1 - "Sakura não odeia Naruto."

Bastet: E...? Eu também não odeio um monte de garotos e nem por isso sou apaixonada por eles. É óbvio que a Sakura iria se admirar de ver o Naruto atacar o Kakashi, todo mundo o considera o pior aluno da classe, ninguém esperava que ele fosse capaz daquilo.

Mye-chan: Eu nem sabia que tinha gente que acreditava que ela realmente o odiasse, mesmo porque "ódio" é um sentimento forte e profundo demais para uma garotinha inocente como a Sakura sentir, considerando que ela teve uma infância relativamente normal. O que ela sentia antes pelo Naruto era uma antipatia, porque ela não o conhecia direito, e o que o mangá mostra é que ela está começando a ver quem é Uzumaki Naruto. E isso é normal, o Sasuke mesmo também se impressionou com ele. (E, se seguir a linha de pensamento do autor do texto, então o Sasuke também está se apaixonando pelo Naruto, e aliás, o Kakashi e metade da vila também! Transformaram um mangá shonen em festa yaoi!)


A partir daí, o texto se esquece de todas as cenas SasuSaku que existem na saga onde eles partem para o País da Onda e lutam contra o Zabuza, e pula para o Exame Chuunin. Ah, sim, o texto também "esquece" de comentar o apoio que ela recebe do Sasuke quando eles vão se inscrever no exame, e também "esquece" do Lee.

Seguindo pela fase do torneio, o texto cita a 10ª questão do Ibiki, onde a Sakura se mostra preocupada com o Naruto.

1 - "Não quero dizer que Sakura está interessada romanticamente por Naruto, e sim que Naruto está subindo em seu conceito."

Bastet: Concordo, a Sakura não está, assim como nunca esteve, interessada no Naruto. Essa cena é para mostrar justamente o que a saga que o texto "esquece" de comentar nos mostrou. Que os três, Sakura, Sasuke e Naruto, finalmente formaram um time, uma célula tripla como o Kakashi diz que eles devem ser quando começa a treiná-los. Aliás, é por isso que os três passam para a segunda fase do Exame.

Mye-chan: Não se pode esquecer que o anime/mangá "Naruto", tem como tema foco os laços que interligam as pessoas e o crescimento. A amizade verdadeira, que também pode ser considerada um amor fraternal, é um dos laços mais fortes que ligam as pessoas. E o Naruto está subindo no conceito de todos, não apenas do o time 7; lembre-se: no começo da saga, ele não tinha amigos, seus colegas de classe também o menosprezavam. Aliás, Sasuke foi o primeiro que o reconheceu e o aceitou, antes mesmo da Sakura, o próprio Naruto admite isso (vide capítulo 303 do mangá).


E finalmente chegamos a nossa cena favorita da Sakura. O corte de cabelo. É engraçado como a cena que mostrou que, finalmente, a Sakura deixou de gostar "do menino mais bonito da turma" para realmente sentir algo mais profundo e verdadeiro pelo "companheiro de time" é tão levianamente confundida como uma prova de que ela nunca gostou realmente do Sasuke.

1 - "Sakura deixou o cabelo crescer como um símbolo do amor ao Sasuke."

Bastet: ERRADO! Ela deixou o cabelo crescer porque alguém lhe disse que o Sasuke – o "gatinho" da turma – gostava de meninas de cabelo comprido. Mais uma vez, isso não tem nada a ver com amor e sim com a competição entre ela e Ino pela atenção do "gatinho" Sasuke.

Mye-chan: Como a Carla-chan disse, o ato de deixar o cabelo crescer não representa o amor dela pelo Sasuke, mesmo porque o que ela sentia na época que começou a deixar seu cabelo crescer era uma paixonite boba e infantil. Era um ato de vaidade; símbolo da imaturidade dela como ninja e da imaturidade do sentimento dela em relação ao Sasuke.

2 - "Na hora em que ela corta o cabelo, vemos Sakura refletir sobre seus sentimentos com relação aos dois e concluir que é imatura. Então, ela corta o cabelo. Para mim, é como se ela estivesse desistindo de Sasuke e resolvendo, finalmente, abandonar a paixão infantil e crescer."

Bastet: Está tudo certo, até a hora do "desistindo do Sasuke". Desistindo?? O Sasuke estava desmaiado, o Naruto e o Lee também. Ela estava lá, sozinha, a única barreira entre 3 ninjas do Som, visivelmente mais fortes que ela, e o Sasuke, a quem eles falaram que tinham a missão de matar. Ela desistiu do Sasuke?? Deixou a Kin prendê-la pelo precioso cabelo para os outros dois irem matar o Sasuke?? Não!! Foi justamente o contrário! Ela se despiu de toda a vaidade para salvar uma pessoa importante! Uma das grandes lições daquela saga do Zabuza que, repito, foi "esquecida" de ser citada. Como o nome do episódio do anime sugere, ela finalmente floresceu... cresceu... mostrando que seus sentimentos pelo Sasuke estavam muito além da paixonite de criança.

Mye-chan: É isso aí, Carla-chan, disse tudo! Eu vou só ressaltar aqui que cortar o cabelo, no Japão, representa um sinal de transição, de mudança. Podem pesquisar por aí, em diversos mangás, animes e novelas a transição é marcada pelo corte de cabelo; é uma questão cultural. E, no caso específico aqui, a transição da Sakura é de uma menina fraca e, arrisco-me a dizer, fútil, para uma menina de espírito forte, corajosa, e que lutará até o fim pelos entes queridos. Tanto é que ela não estava pensando se o Sasuke-kun gostava dela ou não naquela cena, ela estava pensando no quanto era fraca, e em como sempre estava sendo protegida e nunca podendo fazer nada em troca. Ela queria mudar isso, queria ser a que protege e não a que "apenas observa as costas dos outros". Essa é a transição, esse é o florescer. E em minha opinião pessoal, foi ali que eu comecei a gostar da personagem Sakura de verdade.

3 - "Tanto que ela podia ter se livrado da Kin de várias outras maneiras sem cortar o cabelo, mas preferiu cortar."

Bastet: Quais? Eu não consigo pensar em nenhuma que causasse maior efeito surpresa (essa é a maior tática dos ninjas) que cortar o próprio cabelo, que era a única coisa que a prendia a Kin.

Mye-chan: Sabe que eu até hoje ainda estou tentando encontrar outra saída... Porque, realmente, o que ela poderia fazer que surpreendesse e conseguisse abalar os inimigos? Sei lá, talvez se ela fizesse um strip-tease também adiantasse... Mas, pensando bem, ela ainda não tinha "corpo"... Então teve que ser o cabelo mesmo. (Okay, desculpe a brincadeira boba.)

4 - "Não foi por necessidade, foi por opção. Sem falar que, mesmo depois, ela nunca mais deixa o cabelo crescer. (...) Ou seja, ela cortou mais uma vez por livre e espontânea vontade."

Bastet: Como disse, agora que a Sakura "floresceu", ela não precisa mais manter o cabelo comprido para conquistar o "gatinho" da turma. (Pessoalmente, não acredito que o Sasuke teria alguma preferência por cabelos compridos ou curtos, aquilo era só um boato, que perdeu totalmente o sentindo quando ela passou a conviver mais ele).

Mye-chan: E ela também manteve o cabelo curto porque ela deixou de se preocupar essencialmente com a vaidade, e passou a pensar como a kunoichi que ela é. Cabelo comprido requer tratamento e pode atrapalhar nas missões. Agora, se você acredita no amor do Naruto nesta época, recomendo não ler o que tem dentro deste parêntese. (Reparem nas reações do Sasuke e do Naruto quando acordam e vêem a Sakura. Sasuke fica furioso com os inimigos pelo estado lamentável dela, enquanto que a primeira coisa com a qual o Naruto se importa é o estado do cabelo dela. Isso é amor? Pra mim parece mais com a mesma paixonite que a Sakura nutria pelo Sasuke antes.)


Muitas cenas SasuSaku "esquecidas" e o texto, que deveria ser imparcial, relembra a cena do Sasuke insistindo para a Sakura que quem a salvou do Gaara foi o Naruto e não ele.

1 - "Então Sakura olha Naruto. Olha com um olhar de admiração. (...) E minha teoria de que Naruto está subindo cada vez mais ao conceito de Sakura está ficando mais evidente."

Bastet: Corretíssimo!! Afinal, só se a Sakura fosse uma bruxa sem coração para não admirar o Naruto depois de saber que foi salva por ele. Só por isso ela ia deixar de gostar do Sasuke? Não.

Mye-chan: A não ser, é claro, que ela não possa sentir o sentimento de amizade pelo Naruto. Eu não sei, na sociedade moderna em que eu vivo, homens e mulheres podem ter uma amizade verdadeira. Mas talvez eu esteja enganada, então devo ter milhões de namorados soltos por aí...


Chegamos a mais uma das nossas cenas favoritas do anime/mangá. Sasuke finalmente deixa Konoha. Um prato cheio para quem é contra SasuSaku. Mas vamos ver o que o texto "imparcial" diz...

1 – "Sakura diz que queria ir onde o Sasuke fosse, não importava onde. De certa forma isso foi um tanto egoísta, afinal, ele não queria que ela fosse, e se ela queria ir, era pra estar ao lado dele sempre, satisfazendo o seu desejo."

Mye-chan: Essa parte me deixou realmente revoltada. Acusar o amor que a Sakura sente pelo Sasuke, que seria capaz de sacrificar a sua felicidade, conforto e segurança, apenas para garantir que ele não estivesse sozinho em território inimigo, para garantir que caso ele precisasse de qualquer tipo de ajuda ou conforto ela estaria ao lado dele, acusar esse amor incondicional de egoísta foi algo realmente revoltante para mim. Com certeza a pessoa egoísta vai querer largar o conforto, arriscar a própria vida, ser acusada de traição, largar todos os entes queridos e seu lar, apenas para estar ao lado do cara por quem ela sente "um amor ilusório", como foi dito; com certeza isso é uma prova de egoísmo. Porque todo mundo sabe que as pessoas gostam de arriscar a vida e sofrer por vontade própria. (Notem o sarcasmo, por favor.)

Bastet: Pois é... Eu ainda estou tentando entender onde está a parte egoísta disso tudo. Mas vai ver que no meu dicionário, a palavra egoísmo tem outro significado e por isso ainda não consegui entender... Entretanto, uma coisa que poucas pessoas enxergam nessa cena é que, ao contrário do Kakashi e do Naruto – que sempre insistiram para que o Sasuke desistisse da sua vingança – a Sakura é a única pessoa em Konoha que entende os reais motivos dele deixar a vila. Ela não concorda com ele, acha que a vingança o fará infeliz, mas entende a posição dele, chegando a ponto de apoiá-lo, dizendo que se ele realmente precisa ir, ela não o impedirá, mas partirá junto com ele. Isso, com certeza, não é fruto de uma paixonite infantil. Isso sim é amor, aceitar os erros/defeitos do outro e tentar ajudá-lo. E onde está o "egoísmo" nesse ato? Eu ainda não encontrei...

2 - "Deixar pai e mãe por causa de um amor é algo irracional, sem sentido." (Sobre a Sakura dizer que se o Sasuke precisava mesmo partir, ela partiria com ele.)

Bastet: É mesmo? Puxa, que pena, mas parece que quem escreveu isso nunca amou realmente uma pessoa. Eu, felizmente, posso dizer que amo uma pessoa a ponto de ir com ela onde for necessário e sei que meus pais me apoiariam totalmente. Pensando bem, se transportar a situação para o mundo real, eu já fiz isso!

3 – "O amor verdadeiro é algo que não deixa quem nos criou preocupados ou tristes e sim felizes por verem seu filho(a) feliz por ter encontrado alguém que ama, mesmo que venha a morar longe deles. Sem contar também deixar os amigos, aqueles que sempre estão ao nosso lado e que nos ajudam quando sempre precisamos (o caso do Naruto em relação a ela)."

Mye-chan: E desde quando o amor virou algo tão "lógico" assim? Eu queria muito saber de onde essa teoria de "amor" foi tirada, porque, que eu saiba, o amor não é algo assim tão facilmente explicado. Do jeito que está retratado, parece até que podemos escolher quem iremos amar – se fosse assim a vida seria muito mais fácil. Aliás, essa teoria destrói o clássico de Shakespeare, "Romeu & Julieta", afinal, eles viveram um romance contra a vontade de seus pais, e no fim acabaram se matando, sem se importar com a dor que eles sentiriam. Mas, quem é Shakespeare para falar sobre amor, não é?

4 – "Esse amor era nada mais nada menos que um amor ilusório, um amor de adolescente: essa fase é assim mesmo, quem aqui não teve um grande amor que faria loucuras pra poder te o(a) amado(a) ao lado."

Bastet: Concordo, é um amor de adolescente. Por isso os sentimentos exagerados, amar ou morrer, etc. Mas poxa, é muito triste ouvir alguém dizer que esse tipo de amor é ilusório. Talvez seja por isso que o autor do texto não é capaz de acreditar no amor da Sakura e, nos parágrafos seguintes, confunde uma grande amizade com paixão.

5 – "Sakura é orgulhosa, jamais ela aceitaria perder para sua rival. E isso mostra que seu sentimento por Sasuke não é nada verdadeiro, até porque um de seus motivos era ter Sasuke como troféu para provar a Ino que é melhor."

Bastet: Sakura é orgulhosa? Alguém que se humilha como ela se humilhou daquele jeito é orgulhosa? No meu dicionário, o conceito de orgulho é outro. Quanto à rivalidade dela com a Ino, nessa altura do mangá, já estava bem resolvida e creio que todos concordam que a Sakura cresceu no episódio já citado da Floresta.

Mye-chan: O meu o conceito de orgulho também é outro, Carla-chan, provavelmente o mesmo que o seu. Mas acho que devemos ser umas alienadas, afinal, uma pessoa orgulhosa como a Sakura nunca se humilharia frente ao garoto que gosta, declarando seu amor com grandes chances de ser rejeitada; uma pessoa orgulhosa como a Sakura nunca imploraria ao Naruto, com lágrimas nos olhos e em frente à meia dúzia de pessoas – mostrando a todos sua debilidade –, para que ele trouxesse o Uchiha de volta; uma pessoa orgulhosa como ela nunca mudaria seu estilo de vida, passando a treinar arduamente, em função de outra pessoa. Creio que pessoas orgulhosas nunca fariam coisas assim. Acredito que o autor do texto se equivoca ao avaliar a personalidade da personagem. Sakura é uma das personagens que mais cresceu e amadureceu durante a série, e o autor faz uma análise da personalidade dela comparando sentimentos de quando ela era imatura e escondia o seu verdadeiro "eu". Mas ela foi crescendo, e a avaliação deveria acompanhar o crescimento dela; coisa que não ocorreu.

Bastet: Antes de passarmos para o próximo comentário, gostaria de fazer uma comparação entre essa cena (Sasuke abandonando a vila) e uma cena recente no mangá (Naruto partindo mais uma vez de Konoha para treinar com os sapos – episódio 409). O Naruto já fez isso uma vez quando deixou a vila para treinar com o Jiraya, mas isso foi na 1ª fase da história. Segundo o raciocínio do autor do texto, nessa altura do mangá (2ª fase, ou Shippuuden) a Sakura já estaria apaixonada pelo Naruto. Entretanto, notem que ela não derrama nenhuma lágrima com a partida dele. Claro, são situações diferentes: Sasuke está deixando a vila para se juntar ao inimigo, enquanto Naruto está deixando a vila para treinar com os antigos mestres do Jiraya – embora ambos façam isso procurando por vingança, nos dois casos ela entende que os amigos precisam partir. O que quero dizer é... Comparando todo o desespero dela quando percebeu que estava "perdendo" o Sasuke (que, segundo o autor, ela não ama), seria de esperar que, ao menos, se ela realmente amasse o Naruto, ela se sentisse um pouco triste por ficar mais uma vez sem notícias dele. Não estou dizendo que ela deveria tentar impedir o Naruto de partir, mas pelo menos alguma demonstração de que ela gosta dele ela faria.


E agora que achávamos que teríamos itens e itens para discutir, infelizmente, mais uma vez, os sentimentos da Sakura em relação ao Sasuke foram ignorados para chegarmos à segunda fase do mangá, ou ao Shippuuden para quem acompanha o anime.

Tá bom, vamos pular todo o sofrimento dela com a partida do Sasuke, ignoraremos o motivo dela pedir para Tsunade a treinar, e focaremos na nova Sakura que aparece no Shippuuden. Sem inner, amadurecida (afinal, passaram-se dois anos) e depois de ter passado pelo treinamento com a Tsunade.

1 - "Depois de dois anos e meio sem vê-lo (Naruto), Sakura (...) perguntou se ela estava mais feminina para ele."

Bastet: Ah... lá vem o povo dizer que isso mostra que a Sakura gosta do Naruto. Ela está com 15 anos, sem ver o amigo há 2 anos, naquela fase menina/mulher com a curiosidade a flor da pele. É claro que ela ficaria curiosa se o Naruto percebeu alguma diferença nela – quem nunca foi adolescente que atire a primeira pedra.

Detalhe: o autor ressalta que, nesse reencontro deles, a Sakura está muito preocupada com a aparência do Naruto e com o que o Naruto pensa dela – e que isso é bem incomum. Quando chega ao famoso encontro dela com o Sasuke, naquele olhar embasbacado dela que a deixou sem palavras, aí o autor diz que é uma reação normal, que qualquer pessoa teria ao encontrar alguém que não vê há tanto tempo. Ou seja, cada vez mais me convenço que o autor do texto confunde amor e amizade.

Mye-chan: Acho que não tenho o que falar, a Carla-chan disse tudo. Só posso dizer que essa é a reação mais normal que existe. Coloquem-se no lugar da nossa rosadinha: vocês também não teriam curiosidade em saber o que um amigo(a) de sua infância achou de seu crescimento? Ainda mais uma menina como Sakura, que na infância teve problemas de auto-estima por causa da testa "fora do comum" e se achava uma tábua reta sem bunda e peitos (mas que se desenvolveram, visto que ela passou a fase da puberdade e o treinamento ajudou. Claro, ela não é tão desenvolvida quanto as outras kunoichis de sua idade – vide Ino, Tenten e Hinata -, mas também não é uma tábua, nee?).

2 - "Apenas colocarei os pontos importantes, como aquele em que Chiyo-baa menciona sobre o Jinchuuriki que tiver seu Bijuu retirado, morrerá. Sakura sente um enorme aperto no coração ao meu ver e começa a chorar."

Bastet: Você também não choraria se descobrisse que o seu melhor amigo tem alguma doença incurável e que ele pode morrer em breve? Detalhe para o "apenas colocarei os pontos mais importantes" – se esse é o ponto mais importante, é sinal de não há mais ponto nenhum para ser colocado.

Mye-chan: Eu não, pois sou super insensível, assim como a Sakura, já que ela só chora pela "cara-metade" dela. (Sarcasmo, novamente. Uma hora eu me canso, não se preocupem. Ou não.) Aliás, ela não chorou rios pelo Sasuke, ela não chorou pela Chiyo-baa (com quem ela conviveu o que, uns dois dias?), ela não chorou vendo a foto do time 7 (no qual, vale ressaltar, apenas um dos membros estava desaparecido, sem que ela tivesse quaisquer notícias do mesmo); ela nunca chorou nesses casos, porque ela é uma insensível que só chora quando o amor da vida dela corre o risco de morrer.


Com relação ao Naruto transformado em Kyuubi:

1 - "Sakura com a mão no peito após o flashback que ela tem em lembrança com Naruto. E isso nos mostra que não é apenas algum amor de amigo não. Pra mim, esse amor vai além, esse amor olha através do coração. Mas claro, Sakura não demonstra sentimentos, nem ela sabe dos sentimentos dela. O que nos mostra são apenas atos e mais atos e que prova um afeto enorme que ela tem para com Naruto."

Bastet: Bom, o texto era para ser imparcial, mas tem uma opinião do autor, que logo em seguida se desmente dizendo que nesta cena nem a Sakura sabe o que está sentindo. E pior, ainda afirma que a Sakura não demonstra seus sentimentos.

Na opinião do autor, isso é amor (eu ainda estou tentando entender o que o autor define como amor, mas confesso que está difícil). Entretanto, analisando os parágrafos anteriores já deixaram bem claro que o autor não tem muita noção sobre sentimentos como amor e amizade. Por isso, novamente, confunde o afeto entre amigos com uma atração física.

Fazendo a mesma comparação que fiz anteriormente, se visse um amigo meu no estado que o Naruto estava, também ficaria abalada como a Sakura ficou – Ah, sim! Não se esqueçam que a Sakura não demonstra sentimentos, mas mesmo assim ficou abalada...

Mye-chan: Nossa, não quero ser amiga de uma pessoa que tem um conceito sobre amizade tão baixo. Porque, pelo conceito do autor do texto, amigo não se preocupa pela saúde de outro amigo, o amigo não se abalaria caso seu amigo se transformasse em um monstro; só amantes se preocupam assim. Além disso, a Sakura não demonstra sentimentos porque é orgulhosa, não é? (Modo sarcasmo no automático.) Então podemos dizer que ela é igualzinha ao Sasuke! Devem ser gêmeos, por isso não pode haver amor entre eles. (Por favor, aonde a Sakura é orgulhosa, insensível e não demonstra sentimentos? Acho que estamos lendo mangás diferentes então.)

2 – "Logo após, vemos que Sakura corre até Naruto e diz para ele parar e que salvaria Sasuke para Naruto. Essa cena tem um simbolismo enorme, até porque nos mostra que ambos querem trazer o Sasuke um para o outro."

Mye-chan: Claro que ela diz isso, e não é só porque ela quer trazer o Sasuke para o Naruto, é porque ela também quer o Sasuke de volta, e porque ela não quer que o amigo dela se transforme em um monstro para conseguir resgatar o outro amigo. Ela gosta dos dois, de maneiras diferentes (essa parte é minha opinião, admito), e não quer perder nenhum. Esse foi o conceito de célula tripla do Kakashi: a união e o companheirismo.

Bastet: Pois é, Mye-chan, mas talvez, deva ser difícil para uma pessoa que acha que o amor é egoísta e ilusório também acreditar numa amizade tão profunda. O Kakashi teria um enorme trabalho em treinar um time com o autor deste texto...

3 - "E Yamato tenta insinuar algum sentimento existente relacionado ao amor, mas falha ao tentar, pois, Naruto acorda cortando a conversa de Yamato e Sakura."

Bastet: Ah, sim... O grande trunfo dos fãs de NaruSaku – a única cena que pode levar uma fã de SasuSaku à dúvida frente as inúmeras cenas SasuSaku do mangá/anime. Se fosse uma situação real, diria que o Yamato conhece muito pouco da história do Time 7 para entender os sentimentos da Sakura. Como se trata de uma história, acredito que o Kishimoto não colocaria essa cena aí sem um propósito. É importante notar que no início do mangá a Sakura era extremamente mal educada com o Naruto, dizia para todo mundo que o odiava e o tratava muito mal. O que o Yamato nota nas atitudes da Sakura com relação ao Naruto é justamente o oposto do início do mangá. Eu acredito que o que o Kishimoto quer nos mostrar é que ela finalmente reconheceu o Naruto, que ele é uma pessoa importante para ela e não mais o garoto irritante que ela odiava. Toda essa saga do mangá, para mim, serve para mostrar o fortalecimento dos laços de amizade entre a Sakura e o Naruto, pois eles vão precisar estar muito unidos para conseguir buscar o Sasuke.

Mye-chan: Concordo plenamente com a Carla-chan, acho que de todas as cenas citadas no texto, esta é a única que pode ser levada em consideração. Mesmo assim, onde está a prova de que o que o Yamato iria falar era que a Sakura era apaixonada pelo Naruto? Essa é apenas a conclusão a qual os fãs de NaruSaku chegaram. Ainda assim, se fosse algo relacionado a "amor", quem prova que ele se referia ao amor do tipo "homem/mulher"? Em minha opinião, e eu ressalto isso, o sentimento que ambos têm um para o outro é uma amizade muito forte, que acabou se transformando em amor fraternal, de irmãos. Mas, como essa parte é relacionada à interpretação, cada um interpreta como quiser.

Bastet: Eu ainda gostaria de ressaltar uma coisa. Lembrem-se que o único time capaz de passar na "dificílima" prova do Kakashi-sensei foi o Time 7. Ou seja, apesar de todos os times ninjas estarem ligados pelos ideais de companheirismo e amizade, a amizade entre Sasuke, Sakura e Naruto é singular, sendo os três os únicos que conseguiram formar a tal "célula tripla" do Kakashi. Seguindo este raciocínio, é um tanto óbvio que, mesmo sendo ninja, o Yamato se admirasse com a união e o companheirismo entre a Sakura e o Naruto.

4 - "E então eu me pergunto: O que ela quer demonstrar pro Naruto? O que tanto ela quer fazer de grande pra ele? Ela quer retribuir o amor do loiro a altura? Ela quer retribuir os sentimentos que ele possui para com ela? Ela quer demonstrar e não consegue?"

Bastet: Ah, essa é fácil! O Naruto mudou radicalmente o sentido da sua vida depois que o Sasuke abandonou Konoha. Ele queria ser Hokage, mas agora, quer trazer o Sasuke de volta. Ela acha que ele faz isso por causa dela (o que só é verdade em parte). Poxa! O cara faz tudo isso por ela e ela não consegue fazer nada para ajudá-lo! É claro que ela se sente na obrigação de fazer alguma coisa por ele. Como disse, é uma amizade muito bonita, e acho muito triste que as pessoas não consigam acreditar nesse tipo de sentimento.

Mye-chan: Ela quer ajudar, ela não quer ser mais o estorvo que era quando genin, ela quer estar no mesmo nível do Naruto e do Sasuke, quer ser útil, quer retribuir todo o carinho e dedicação do amigo; afinal, ela também passou por um treinamento com uma sannin e ainda acredita que só consegue ajudar com coisas pequenas.


Chegamos à outra cena que fãs de NaruSaku adoram usar. Sakura parte para cima do Sasuke e ele ameaça revidá-la. Yamato interfere e acaba sendo atingido pelo golpe do Sasuke.

1 - "Sasuke como Sakura estavam dispostos a atacar um ao outro. Sakura, pelo que disse a Naruto e Sasuke, por mero capricho, segundo ele próprio. Sim, muitas pessoas acreditam que "ele sabia que Yamato ia interferir", "ele não queria machucar a Sakura", etc. Mas enquanto isso não for provado, Sasuke realmente tinha intenção de matá-la. Está no mangá."

Bastet: Eu sou uma dessas pessoas, mas como ainda não está provado não vou entrar no mérito da questão. Entretanto, o fato do Sasuke atacar a Sakura pode significar que ele não sente nada por ela, mas não prova o oposto. Agora, quanto ao fato da Sakura atacar o Sasuke... Ela diz que faz isso para ajudar o Naruto, porque não ia mais ficar olhando. Atacar o Sasuke significa que ela não gosta mais dele? Não neste caso, onde a única maneira de levá-lo de volta para Konoha seria derrotando-o. Ela está disposta a lutar contra ele para carregá-lo de volta para casa, mesmo porque ela já sabia que apenas as palavras dela não dariam resultado.

Gostaria de deixar uma opinião SasuSaku neste item. Eu acredito que a Sakura tenha uma vontade enorme de que o Sasuke a veja lutando, para que ele finalmente a reconheça como uma kunoichi forte. O treinamento árduo que ela teve com a Tsunade foi movido pela vontade de buscar o Sasuke e livrá-lo do Orochimaru, mostrando que suas motivações ainda estão ligadas ao Sasuke, não ao Naruto.

Mye-chan: Acho que a Carla-chan já disse o que tínhamos que falar sobre os sentimentos da Sakura nesta cena. Mas, em defesa do Sasuke-kun, só porque tem muita gente que tem um péssimo conceito sobre ele, eu digo que a prova de que o Sasuke não pretendia matar ela está em vários pontos: Primeiro, pela luta contra eles e pela luta contra o Orochimaru, Deidara e Itachi, percebemos que se ele realmente quisesse matá-los, ele já teria conseguido. Eles mesmos admitem depois que o Sasuke estava em um nível bem mais alto que o deles. Olhem a cena que ele supostamente iria "matar" o Naruto: Ele tira a Kusanagi (a espada dele) da bainha de forma lenta, e já tinha avisado ele que pretendia matá-lo desta vez. Se quisesse mesmo, teria feito sem avisar, teria usado sua velocidade. Segunda prova: ele sabia que alguém iria salvá-la, da mesma forma como alguém "salvou" o Naruto. E como ele saberia isso? Porque ele conhece os ensinamentos de equipe do Kakashi, afinal, ele aprendeu isso dele. Terceira e maior prova: em capítulos futuros, ele demonstra compaixão por desconhecidos, gente "inocente": todos os ninjas com os quais lutou em treinamento e não matou – inclusive sendo recriminado pelo Orochimaru, que o acusa de não ser capaz de matar o Itachi com essa atitude (mangá capítulo 343), todos os presos do Orochimaru que soltou, pois, se não tivesse sentimentos bons, teria os deixado apodrecerem nas celas (mangá capítulo 348), ou quando admitiu que pretendia eliminar apenas os anciões (pelo menos na versão em inglês dizia que ele só planejava atacar os velhos, e ninguém mais ("I'll kill the elders... I don't plan to target anyone else.") – e não faço a mínima idéia do que aconteceu na tradução para o português, é por isso que não confio em traduções.). Então, alguém que não consegue matar inocentes, não conseguiria nunca matar seus próprios amigos, pessoas que ele reconheceu terem sido importantes em sua vida – por isso que ele "cortou" os laços. Mas aí alguém pergunta: então pra que ele fez todo esse teatro? Simples: Porque Orochimaru estava vigiando seus passos, suas atitudes, tanto é que ele apareceu imediatamente quando o Sasuke fez menção de usar outro jutsu mais potente. Sasuke é um personagem inteligente, se ele quer enganar seu inimigo, teria que enganar primeiro seus amigos.


Última cena comentada no texto:

1 - "No Ichiraku Ramén, Sakura estava encarregada para cuidar de Naruto, pois, o mesmo quebrou o braço ao usar seu novo jutsu. Sakura tenta dar comida na boca do Naruto. E então a conclusão disso é: Sakura e Naruto estão evoluindo, seus sentimentos estão à tona, a relação deles está mais íntima do que parece. Lembram da cena, no começo do mangá, em que Sakura não queria nem sequer dar comida na boca de Naruto? Pois é... Nesta cena nos mostra claramente, isso fora à cara de segundas intenções dela dizendo que não podia evitar. E cá entre nós, não podia evitar o que?"

Bastet: Realmente, é uma cena muito bonitinha. Eu me lembro de ter ficado muito feliz pelos dois quando li isso no mangá. Como o próprio autor diz, ele nos faz relembrar da Sakura imatura do início da história (que não queria ajudar o Naruto) com a nova Sakura, agora unida por laços muito fortes de amizade com o Naruto. Não vou repetir todos os comentários que deixei acima porque seria redundante, como todo o texto foi em tentar provar que não existe amizade entre homem/mulher.

Mye-chan: Novamente, a Carla-chan disse tudo. É por isso que a gente se entende, pensamos da mesma forma! Só irei complementar sobre o que foi dito nas últimas linhas, aquela parte da Sakura dizer ao Naruto que "não podia evitar". Acho que isso nem poderia ser considerado NaruSaku, por dois motivos: primeiro porque a fala não se encaixa no contexto, e, segundo, porque a tradução está errada, novamente. Do inglês, pra quem entende "I guess I'll help ya", traduzindo para "Eu acho que vou te ajudar" (nem sei de onde saiu essa de "Eu acho que não posso evitar"). Ajudar em que? Ajudar ele a comer, pois ele não conseguia segurar os hashis (talheres japoneses) com a mão esquerda. Agora faz sentido. E, sobre a cara de segundas intenções dela... É só ver na página seguinte: era apenas uma brincadeira que ela fez com a ajuda do Sai. E no final quem deu de comer a ele foi o Kakashi. Acho que isso encerra o assunto.

Apenas para finalizar, se este texto fosse realmente imparcial, haveria inúmeras citações de cenas que mostram o que a Sakura sente pelo Sasuke, e até mesmo pelo Lee (esse, sim, foi sumariamente "esquecido"). Cenas com muito mais força e simbolismo, que fariam de cenas como esta última citada, quando a Sakura faz uma brincadeira com o fato do Naruto não conseguir se alimentar por estar com o braço quebrado, nada mais do que ela realmente é: uma cena bonitinha de uma amiga cuidando de outro, uma amostra de como as coisas mudaram desde que eles se conheceram e entraram para o mesmo time.

Afinal, o assunto principal do mangá é a AMIZADE. Kishimoto já conseguiu unir Naruto e Sakura através deste laço, agora só falta trazer o Sasuke de volta, mostrando que é a amizade do Naruto (e não o amor da Sakura) que irá salvá-lo de toda aquela confusão dele.