Os personagens de Naruto não me pertencem, pois pertencem ao Kishimoto-san. Mas ele me emprestou para alegria dos meus fãs e ainda me deu de presente o Sasuke, o Itachi, o Gaara, o Kakashi e o Naruto.

Sinopse: Passado-se cinco anos desde a derrota da Akatsuki e a volta de Sasuke para a vila, nossos ninjas começam a descobrir a vida, amores e a importância da amizade.
Essa é uma história em que Sasuke e Naruto vão descobrir as mulheres de suas vidas e o quanto os dois são grandes amigos.

Casais: SASUHINA e NARUSAKU

Cap.35

O mês se passou rapidamente. A essa altura toda a vila já aguardava o tão esperado casamento da herdeira Hyuuga com o herdeiro Uchiha, que seria dali a duas semanas. Boatos sobre a possível gravidez de Hinata também já corria pela vila, mas alguns habitantes ainda não tinham certeza da veracidade da informação. Só os amigos mais íntimos mesmos que sabiam.

Boatos também corriam sobre um possível relacionamento entre Itachi Uchiha e uma kunoichi não muito conhecida da sua equipe Anbu. Mas isso praticamente ninguém tinha certeza, nem mesmo Sasuke que vivia perguntando e indagando o irmão o motivo dele chegar só no outro dia ou até mesmo quando ficava a semana inteira fora. Kisame havia comentado com o Uchiha mais novo sobre a amizade estranha entre a garota e o moreno, mas nem mesmo ele que era amigo de Itachi tinha certeza se alguma coisa entre eles acontecia. Itachi nunca contava, apenas sabia que o nome da mulher era Fuyu.

No clã Uchiha as coisas também iam muito bem, obras eram feitas por todos os cantos do distrito. A mansão Uchiha era restaurada e mobiliada com móveis novos, para receber Hinata quando se casasse com Sasuke e o filho que nasceria em alguns meses. Itachi como não quis morar junto com o casal, preferiu pegar uma casa também aconchegante no distrito e se mudou para lá. Os irmãos juntos com Hinata criaram um projeto de fazer um orfanato, já que muitas crianças na vila cresciam sem pais e acabavam tendo que se virarem sozinhos e sem o devido cuidado de um adulto, assim como Sasuke e Naruto cresceram. O restante das casas que eram muitas, iriam ser alugadas futuramente e todo lucro seria administrado pelos dois irmãos. As terras restantes seriam para plantações e outras coisas.

Aquela seria uma grande evolução no clã manchado por sangue e discórdia. Iriam transformar do que sobrou dele, um grande e poderoso clã novamente, digno de fazer parte do país do fogo.

Uma conversa alta era ouvida no Ichiraku numa mesa ao canto, onde estavam Sasuke, Hinata, Naruto, Sakura, Shikamaru e Chouji. Onde Hinata e Sakura conversavam assuntos sobre o enxoval do bebê, Naruto devorava o seu ramén, Chouji também devorava suas batatinhas e prestava atenção na conversa entre Sasuke e Shikamaru.

- Ei tio, me manda mais uma porção de ramén. - pediu o loiro afoito levantando a tigela vazia.

Poucos minutos depois o dono do Ichiraku levava a sexta tigela de ramén fumegante para o loiro, enquanto os outros observavam assustados Naruto que parecia não ter fundo.

- Ei Hinata-chan, você não está com fome? Precisa se alimentar bem e o seu bebê também. - falou o loiro colocando a tigela praticamente no rosto de Hinata.

Assim que inalou o cheiro do macarrão, já sentiu o enorme solavanco no estômago e uma grande ânsia de vômito subiu pela garganta. Levantou-se rapidamente com a mão contra a boca e saiu correndo para o banheiro.

- Naruto, seu imbecil. - esbravejou a Haruno socando a cabeça do Uzumaki e saindo atrás de Hinata para ver se ela estava bem.

- Mas o que eu fiz. - sussurrou o Uzumaki baixinho e massageando o galo na cabeça, mas Sakura já estava longe.

Sasuke apenas observava com o olhar a Hyuuga adentrar apressada no banheiro, sendo seguida pela rosada. Já estava acostumado com essas crises de enjôos da noiva, que cada vez se tornavam mais frequentes e constantes. Odiava quando isso acontecia quando estavam numa situação inadequada e Hinata o deixava sozinho na cama, quebrando totalmente o clima que estava às alturas. Quebrou sua linha de raciocínio ao escutar a voz lenta e arrastada do Nara ao seu lado:

- Pode ir se acostumando com estes enjôos, pois ainda duram algum tempo. Passei e ainda estou passando tudo isso com Temari. - falou o Nara com uma cara de sono e se lembrando da namorada que estava com sete meses de gravidez - Fica ainda pior quando elas nos acordam de madrugada com desejo de comer algo dos mais absurdos e as mudanças de humores que se tornam constantes. As mulheres que já são problemáticas, ficam ainda mais quando estão grávidas. - houve uma pausa - Teve uma vez que ela me acordou de madrugada e falou para eu não voltar para casa enquanto não achasse sorvete de brócolis. Onde eu iria arrumar sorvete altas horas da madrugada e ainda de brócolis? - falava se lembrando do acontecimento.

O Uchiha apenas escutava aquilo, sabia como Shikamaru era um pouco exagerado em relação as mulheres, mas sabia que de certo ponto era verdade o que ele dizia. Hinata ainda estava com um mês e meio e já apresentava sérias mudanças de humores. Realmente a morena está bem mais sensível do que o normal.

- A Temari-chan está grávida? - perguntou Naruto tirando Sasuke de seus pensamentos.

- Dobe, por acaso você não percebeu o tamanho da barriga dela? - perguntou Sasuke incrédulo com o amigo.

- Eu pensei que ela tinha comido demais.

Os dois o olharam estupefatos, realmente não entendiam como Naruto conseguiu se tornar um jounnin.

- Eu quero esse bolo de morangos, mas com bastante glacê. - saíram de seus pensamentos ao ouvir a voz melodiosa e doce mais atrás. Olharam na direção e viram Hinata caminhando até a mesa com um pratinho com um pedaço de bolo que tinha mais glacê do que massa.

A garota sentou-se ao lado de Sasuke e colocou o prato sobre a mesa. Enquanto voltava do banheiro havia sentido uma imensa vontade de comer bolo com muito glacê. O Uchiha observava incrédulo a morena que começava a comer aquilo, que para ele aquilo era mais glacê com bolo. Percebia que ela comia com prazer, tanto que as bochechas rosavam a cada colherada do doce na boca.

- Você quer um pedaço, meu amor? – perguntou a Hyuuga já estendendo uma colher de bolo para a boca do Uchiha.

Estava estupefato, Hinata sabia que ele odiava ser chamado de "meu amor" em público e que também odiava doces. Percebeu os risinhos dos outros a mesa e lançou-lhes um olhar mortal.

- É "meu amor", aceita um pedacinho do bolo da sua namorada. - falou Naruto irônico deixando Sasuke extremamente irritado.

- Cala a boca Naruto. - grunhiu azedo e olhou para Hinata com um olhar sério e disse ríspido - E você sabe muito bem que eu não gosto de doces, Hinata.

Arrependeu-se imediatamente pelo o que disse, pois no segundo seguinte a morena já estava com os olhos perolados banhados em lágrimas. Suspirou pesadamente e se dando por vencido, realmente a sensibilidade da noiva estava as alturas com essa gravidez.

- Desculpe ter falado assim, vamos me dê um pedaço. - falou o moreno suspirando designado.

A Hyuuga sorriu largamente e levou a colher para a boca do Uchiha, que entreabriu a boca com um semblante amargurado. Mastigava lentamente, realmente era por isso que não gostava de doces, tinha açúcar demais. Sinceramente, comia aquilo contra a vontade, fazia aquilo apenas para satisfazer a namorada.

- Você bem que podia melhorar essa sua cara azeda Teme. Tenho até dó do seu filho se nascer com essa cara de amargurado como a sua.

- Já disse para você calar essa sua boca, Dobe. - começou irritado - Por que no lugar de você ficar pensando com que cara meu filho vai nascer, não começa a se preocupar se quando tiver seu filho, ele não vai nascer com cabelos róseos. - completou maldoso.

- MEU FILHO NÃO VAI TER CABELO ROSA. - gritou Naruto não tendo noção do perigo que corria.

- O QUE?! - gritou Sakura ao lado do loiro, uma veia já pulsava na testa da rosada.

Naruto encarava Sakura com um sorriso bobo na cara, realmente havia se esquecido da namorada ali. Tentava arrumar uma desculpa qualquer para sair da enrascada, mas nada lhe vinha a mente.

- D-Desculpe Sakura-chan, é claro que eu gosto do rosa, mas acho q-que um filho homem não iria combinar com essa cor não acha? - começou embolado, a veia pulsava cada vez mais na testa da Haruno que tentava controlar a raiva e a vontade de matar o Uzumaki.

No segundo seguinte só viram Naruto sair correndo entre as mesas para fora do Ichiraku e sendo seguido por uma Sakura assassina que corria atrás dele. Os outros apenas ficaram encarando o casal sair correndo pelas ruas de Konoha.


A chuva que castigava o País da Água já havia passado, agora a vila se encontrava apenas úmida. Em cima do maior construção da vila se encontrava um grupo de oito pessoas reunidas. Visualizavam lá de cima toda a vila que se prosperava aos poucos. Ali todos vestiam o mesmo sobretudo preto de nuvens vermelhas. Roupa muito conhecida pelo nações ninjas e que foi muito temida há cinco anos atrás, mas que agora retornava com força total, para ser tão temida e conhecida novamente no mundo shinobi.

- Então, depois de todo nosso trabalho espionando aqueles quatro, vamos finalmente atacar Konoha? - perguntou a voz feminina no canto esquerdo impaciente.

- Você realmente não muda né Karin, já está louquinha para se encontrar com o seu tão amado Sasuke-kun. - falava irônico. Então continuou - Mas sinto em lhe dizer pela centésima vez, ele nem sequer se lembra da sua existência. - falou Suigetsu sorrindo e mostrando seus dentes pontiagudos ao seu lado.

- Já chega vocês dois, realmentes vocês já estão me cansando. - interrompeu a discussão a voz fria e gélida do nono ninja e líder que vinha caminhando lentamente de dentro do prédio e saia pelo corredor para o mesmo lugar que os outros estavam.

O manto também negro esvoaçava com o vento, assim como os longos cabelos negros e escorridos. Um sorriso malicioso habitava os lábios finos e o rosto pálido mostrava um pouquinho da idade, mas também mostrava o quanto ele apesar da idade avançada, continuava tão forte quanto antes de ser dado como morto.

- Mas respondendo sua pergunta minha Karin, realmente tive que fazer umas mudanças em meus planos. Realmente não contava que Itachi Uchiha voltaria do inferno e ainda aliado a Konoha. Isso sim foi um ponto importantíssimo que abalou todo o meu plano que já estava pronto. - disse o líder se postando entre os oito ninjas e subordinados.

- Mas então, vamos atacar a vila como pretendíamos? - perguntou Juugo que até então estava calado.

- Tudo ao seu tempo Juugo. Por enquanto nossa meta é levantar a Akatsuki com força total. Não cometerei os mesmos erros que Madara Uchiha cometeu. Ele não deu valor ao poder do Jinchuuriki da Kyuubi e principalmente, confiou demais em Sasuke Uchiha na época em que ele fez parte da Akatsuki. - houve uma pausa em que o líder deu um sorrisinho de lado - Mas eu também não posso dizer muito, também confiei demais no meu poder de manipulação sobre Sasuke. Ensinei-lhe praticamente tudo o que ele sabe hoje, para no fim ele tentar me matar. - disse com os olhos amarelados ardendo em ódio. Apenas em se lembrar do Uchiha que lhe traiu sua raiva por Konoha triplicava.

Mas agora, ele havia saído do túmulo ressuscitando consigo a famosa organização Akatsuki. Iria fazer todos que o traíram pagarem caro. Orochimaru estava de volta e o seu ódio por Konoha continuava intocável.

- Hoje marca o início da volta da Akatsuki e como disse uma vez, tudo será posto em prática em seu devido tempo. Pode demorar dias, meses ou anos, mas no fim conseguiremos nossos objetivos que são dois em principais. Primeiro, capturar o último jinchuuriki que ainda vive, Naruto Uzumaki. E segundo e como missão pessoal, DESTRUIR Sasuke Uchiha. Ele vai pagar caro por sua traição há cinco anos atrás, disso não tenham dúvidas. - completou sério e fitando o horizonte alaranjado. Não sabia ao certo quando poderia agir, sua lista de inimigos era longa, mas certamente Naruto e Sasuke estavam bem no seu topo.


6 meses depois...

O céu começava ser tingido de alaranjado, o pôr do sol acontecia ao longe no horizonte. Haviam feito um piquenique no fim do dia e agora as garotas guardavam tudo enquanto os rapazes conversavam mais atrás próximos a uma árvore.

- Mas e aí, ele realmente está namorando com Fuyu? - perguntou Sakura curiosa guardando os potes agora vazios dentro da bolsa.

- Pelo que Sasuke me disse parece que sim. Itachi não gosta muito de falar sobre sua vida pessoal, mas parece que finalmente eles estão assumindo o namoro em público. - falava Hinata com seu barrigão de sete meses e duas semanas pegando o pano estendido no chão e começando a dobrá-lo. Contava para Sakura sobre o namoro do cunhado, onde o Uchiha finalmente resolveu admitir que tem uma namorada.

- Será que os dois vão dar certo? - falou Sakura.

- Acho que sim, as poucas vezes que vi Fuyu, percebi que ela gosta muito do Itachi. - houve uma pausa - Mas mudando de assunto, está tudo bem com o seu bebê? - perguntou Hinata depois que tudo já estava arrumado.

Sakura sorriu imediatamente e alisou a barriga de apenas três meses. A alegria estava estampada no semblante de Sakura e Naruto que finalmente estavam apreciando a sensação de serem pais.

- Ainda estou de poucos meses, mas estou ótima e o bebê também. Estou louca para vê-lo nos meus braços. - falava Sakura com um enorme sorriso no rosto.

- Te entendo, também estou louca que Densuke nasça. - falou Hinata sorrindo e passando a mão na enorme barriga por cima do vestido. Já havia feito o ultra-som e descobriu que esperava um lindo garotinho. E logo o casal já deu o nome de Densuke Uchiha Hyuuga.

Pararam de conversar assim que ouviram um grande estrondo atrás de ambas e quando finalmente se viraram se depararam com a cena, onde Naruto estava arremessado ao chão e Sasuke com os braços cruzados e com um semblante enraivecido fitando o loiro. Nem precisaram perguntar para saber que os dois já haviam brigado novamente por motivos supérfluos como sempre.

- Por que você fez isso Teme?! - esbravejou Naruto se sentando irritado. Sakura correu até ele para ver se o mesmo estava bem.

Sasuke fitava Naruto irritado, ainda não acreditava que o amigo teve a impetulância de fazer uma pergunta descarada daquelas. Como ele fazia para transar com Hinata com um barrigão daquele? Só podia ser coisa do idiota do Naruto. Ele nunca colocaria a vida de seu filho em risco para poder se saciar e também não tem nem como. Mas sabia que havia se irritado com Naruto não pela pergunta em si, mas foi porque ele mexeu onde mais doía ultimamente, o fato dele estar em abstinência a uns três ou quatro meses, isso é muito tempo para alguém como ele que gosta tanto de sexo. Mas nunca que ele iria trair Hinata ou forçá-la a algo que ela não estava em condições. Então cabe a ele ter que suportar essa situação por mais alguns meses.

- Você está bem Naruto-kun? - ouviu a voz de Hinata se referindo ao amigo - Desculpe-me pelo Sasuke. - falou educadamente que deixou o Uchiha pasmo dela estar se desculpando por algo que o loiro mereceu.

- Não ligue Hinata-chan, já estou acostumado com a brutalidade do Teme. - falou o loiro se levantando e fuzilando o Uchiha com o olhar.

- Você mereceu Dobe. - falou simplesmente chegando atrás da esposa e a abraçando por trás - Está bem? - perguntou baixinho no ouvido dela.

- Hai. - assentiu virando a cabeça de lado e logo encarou Naruto novamente que parecia querer falar alguma coisa - Pode falar Naruto, estamos escutando. - falou Hinata sorrindo docemente.

O loiro arregalou levemente os olhos percebendo que Hinata havia notado sua ansiedade. Viu todos os olhares voltarem para sim e logo falou com a mão atrás da cabeça:

- Lembram que hoje de manhã Tsunade-obaa-chan me chamou em seu escritório. - começou o loiro com um sorriso enorme no rosto, vendo Hinata e Sasuke olharem para ele curiosos e Sakura fitá-lo com expectativa - Bem, ela me disse que amanhã finalmente começa meu treinamento para me tornar o Rokudaime de Konoha. - falou afoito, o sorriso de orelha a orelha.

Sakura soltou um gritinho abafado antes de pular em cima de Naruto o abraçando forte. Sasuke e Hinata apenas limitavam a sorrir com o amigo que finalmente realizava seu sonho de ser hokage e que tanto correu atrás para esse momento.

- Parabéns, Naruto-kun. Você apenas está conquistando o que você mereceu com tanto empenho e dedicação. - falou Hinata orgulhosa se soltando de Sasuke e indo abraçar o Uzumaki carinhosamente. Estava muito feliz pelo loiro que tanto a ajudou a se superar como ninja e que foi sua maior inspiração para ser alguém melhor.

- É, parabéns Naruto. - começou Sasuke sincero dando um tapinha nas costas do amigo e irmão que finalmente conseguia realizar seu sonho, assim como ele mesmo estava conseguindo. Mas como sempre não podia deixar de completar sarcástico - Mas não vá pensando que eu vou te respeitar só por que vai se tornar o sexto hokage.

Naruto estava feliz demais para poder brigar com o amigo. Realmente estava realizando todos os seus sonhos de anos, seria hokage em alguns anos, em dentro de um mês estaria casado com a mulher que sempre amou desde criança e ainda grávida de três meses de um filho seu. Realmente a vida havia lhe presenteado com tudo que se tem de melhor.

A vida de casados de Sasuke e Hinata também ia às mil maravilhas, mesmo com uma loira irritante que vivia se declarando para o Uchiha e dizendo o quanto ainda o amava e esperaria por ele. O moreno achava a esposa a cada dia mais linda e radiante, a barriga crescia cada vez mais com o passar dos meses. Lembrava de Kakashi ter dito que quando as mulheres estão grávidas, é como se a beleza interior delas também se pusesse para fora as deixando ainda mais bonita. Lembrava de que quando Kakashi falou, ficou imaginando de onde o ex-sensei havia tirado essa frase. Imaginava que pelo menos aqueles livros pervertidos deviam ter algo de bom.

Os quatro não sabiam o que o futuro os aguardava, mas agora tinham novos objetivos para viver e esperar o dia de amanhã pacientemente com a cabeça erguida e com os olhos sempre a frente, seus filhos. Viveriam dia após dia por eles, os amando, os protegendo e os ensinando as verdadeiras lições de serem verdadeiros ninjas. Assim como eles aprenderam com seus pais e senseis, ou no caso de Sasuke e Naruto, que também aprenderam com a vida.

... FIM ...


Finalmente o último capítulo. Espero sinceramente que tenham gostado.

Bem... Essa fic possui uma segunda temporada, tanto que ela já está bem adiantada no site Nyah. Ainda estou pensando se vou postar a continuação aqui, depende do incentivo de vocês.

Muitas pessoas daqui sei que estão seguindo a fic por lá, então agradeço a vocês também.

Agradeço a todos vocês que leram e também aqueles que deixaram reviews.

Agradecimentos:

Maria Lua, May-chan e Yuria-chan

Bjinhos,

Hina Hyuuga