Era um dia normal, certo?

Ela tinha acordado, tomado café, vestido o uniforme e ido para o trabalho.

Iria bater continência para um monte de pessoas, cumprimentar outras, ameaçar de morte mais outras, obrigar o Coronel a trabalhar, ameaçá-lo de morte...

No final do expediente iria voltar para casa, dar de comer ao Black Hayate, tomar um banho, jantar e talvez ler um bom livro antas de dormir.

Somente fazer o que estava acostumada a fazer.

Afinal aquele era um dia normal Certo?

ERRADO.

Pois não havia nada de certo em ver uma faixa amarelo banana com o seu nome escrito em letras vermelhas e garrafais pendurada na frente do prédio do exercito e no final do corredor de entrada o viu com um sorriso maroto e os braços cruzados em baixo do sobretudo jogado sobre os ombros, como se esperasse uma reação dela – e na verdade esperava – passado o momento de choque ela calmamente sacou as pistolas apontando para ele.

- Corra, Coronel Mustang – o sorriso dele aumentou para logo depois ele soltar um beijinho no ar.

"Maldito!" pensou tentando controlar a raiva após errar propositalmente o primeiro tiro, ele iria ver só, a se ia!

*******

N/A: Drable louco que eu tive ao ouvir aquela música da faixa amarela do Zeca Pagodinho... ¬¬

Espero que vocês gostem e me mandem reviews!

Kisu no Kokoro

P.S. Escrevi Drable e o nome do cachorro da Liza certo? E não reclamem do Liza, Na maioria das fic é Riza porque os japoneses comeram o L. conheço um certo fanático por Death Note que odeia que eu diga isso XP