Adivinha quem é?

Hunter x Hunter não me pertence, mas por enquanto já que o Togashi inventa doenças e não morre logo, vou fingir que é meu.
Essa fanfic não foi betada [ Revisada e com seus erros ortográficos corrigidos ].
Essa fanfic foi baseada na despedida de ambos após a saga da família Zaoldyeck e no último episódio da série de TV.
Essa fanfic pode vir a conter yaoi [ Depende da interpretação de cada um na história original ].

Tudo havia começado após resgatarem o Killua da casa de sua família e traze-lo para perto de Gon, como deveria ser. Naquele momento, Leório e Kurapika já haviam passado por diversas situações juntos e haviam adquirido uma forte ligação de confiança. Porém essa relação não fazia com que ambos pudessem ser completamente sinceros um com o outro, sentimentos estranhos começavam a surgir quando estavam sozinhos e seria melhor se ninguém soubesse dos mesmos.

Ao menos assim que pensaram até que em uma noite, de maneira completamente inesperada, eles acabaram agindo por puro impulso e selando os seus lábios em um toque suave. Depois daquilo não restava mais dúvidas, ambos estavam completamente apaixonados um pelo outro, não foi necessário declarações ou palavras de amor, eles apenas seguraram a mão um do outro, entrelaçaram os seus dedos e aproximaram-se até poderem transmitir o calor dos corpos de um para o outro.

Foi então que tudo começou a acontecer mais rápido que eles previam, a hora da separação chegou, cada um foi forçado a seguir o seu caminho apenas com a promessa de poderem se reencontrar em breve. Mas o reencontro não ocorreu, Kurapika evitava ao máximo o outro, temendo assim se desvirtuar de seus objetivos, temendo desejar algo de maneira tão intensa que o fizesse esquecer de sua vingança.

Mas Gon e Killua não desistiram da amizade do quarteto e fizeram de tudo para que ambos voltassem a se falar, sequer tendo idéia de que uma aproximação entre eles seria bem mais do que uma aproximação entre amigos. O reencontro gentil, palavras bobas que apenas apaixonados diriam, inseguranças que pareciam desaparecer no momento que trocaram o olhar.

"Adivinha quem é?" - Falou Leório pelo telefone, uma voz serena que parecia fazer séculos que não tinha a oportunidade de ouvir.

"Leório.." - Sussurou Kurapika com profunda satisfação, sentindo aquele sentimento gentil que aquela voz era capaz de lhe transmitir.

"Estava te esperando.." - Respondeu, demonstrando todo o afeto que havia guardado para sí por culpa do distanciamento que haviam sofrido.

Nesse instante, ambos sabiam que nada mais poderia afasta-los, não importando a situação ou adversidades que viriam a enfrentar, nada poderia distancea-los novamente, nem mesmo eles próprios. Não foram necessárias outras palavras para que até mesmo Killua e Gon percebessem algo, percebessem o sentimento gentil que ambos emanavam. Nunca seriam necessarias declarações ou palavras de amor, apenas a breve troca de olhares já os denunciava.

Eles estavam apaixonados.