COLLIDE

Resumo: Bella Swan adora tudo sobre a Universidade de Chicago, desde o seu curso até seus melhores amigos. A única coisa ela não gosta é de Edward Cullen. Na verdade os dois não se suportam. O que eles fariam se fossem forçados a ficarem juntos por causa de um pequeno incidente? E&B, A&J, Em&R.


:: Epilogo ::

30 de Agosto de 2009

"O que acha desse?"

"Eu não sei."

"Bella, está lindo. –Alice disse com um sorriso. –"Você será a garota mais bonita da festa, claro, que além de mim e de Rosalie."

"Eu concordo, está perfeito." –Rosalie adicionou.

"Eu ainda não sei, é muito decotado." –Bella disse desconfortável. Por mais que estivesse agradecida que sua amiga de quarto estivesse a ajudando a se arrumar para a festa de hoje a noite, Bella não estava certa que o gosto dela era o mesmo. Ela só conhecia Alice por apenas um dia, mas podia dizer que ela era estilosa e segura de si para vestir roupas sexys. Bella, por sua vez, era mais conservadora e além do mais não era tão bonita e as vezes sentia-se estranha por vestir roupas desse tipo.

"Bella é a semana dos calouros." –Rosalie disse. –"Primeiras impressões são tudo. Você já viu quantos garotos gostosos tem por ai? É a oportunidade perfeita para aumentar os números e com essa roupa, eu garanto que até o outono eles irão comer na palma da sua mão." –Bella deu uma olhada na blusinha preta e cinza nas mãos de Alice. Era bem bonito. Que se dane. Estou na faculdade, é hora de aproveitar.

"Tudo bem." –Bella desistiu. –"Eu vou vesti-lo."

"E a calça skinny?" –Alice adicionou.

"Claro."

"Ótimo!" –Alice exclamou.

"Eu tenho um sapato maravilhoso para te emprestar." –Rosalie disse.

"Ah, não, Rosalie, está tudo bem." –Bella protestou. Ela já estava sentindo-se mal por Alice emprestar a roupa pra festa de hoje a noite, mas a amiga emprestar as coisas dela também, era demais.

"Bella, não se preocupe." –Rosalie assegurou. –"Vai ajudar no look."

"Rosalie tem razão." –Alice concordou.-"Agora chega de provar e vamos sair daqui. Vamos encontrar Jasper, Edward e Emmet daqui meia hora e ainda temos que nos maquiar."

"Quem é Emmet, Jasper e Edward?" –Bella perguntou confusa.

"Jasper é meu namorado, Emmet é namorado de Rosalie e Edward é nosso amigo e irmão de Emmet." –ela respondeu. –"Agora vamos nos arrumar." –Bella iria responder mas assim que viu o olhar de Alice e as mãos dela na cintura, desistiu. Ela suspirou antes de ir para o banheiro. Já era evidente que era impossível discutir com a morena baixinha.

Após de quarenta e cinco minutos e depois de muitas discussões sobre os vários tons de batons e diferentes estilos de cabelo, Alice e Rosalie falaram que estavam prontas para saírem. As três foram para a festa no dormitório ao lado. Assim que entraram, Bella escutou a música alta e conversas. Algumas pessoas estavam no sofá e outras estavam na pista de dança. Também havia barris de chopp escondidos no canto direito e muitos estavam bebendo. Isso é uma festa de faculdade, Bella pensou.

"Você viu os meninos?" –Alice perguntou para Rosalie fazendo que Bella despertasse de seus pensamentos.

"Ainda não." –ela respondeu.

"Eu vou mandar uma mensagem de texto para Jasper." –Alice respondeu pegando o celular.

"Aonde eles estão?" –Rosalie perguntou depois de um minuto.

"Jasper disse que eles estão no quarto perto do sofá." –ela respondeu. –"Ele está conversando com alguns colegas do time."

"Colegas de time?" –Bella perguntou curiosa.

"Ele joga baseball com alguns caras aqui na universidade." –Alice informou. –"Vamos." –ela então as guiou para direção que Bella imaginou que Jasper estaria. Demorou menos de um minuto para o acharem.

"Ei, Jazz."-Alice o cumprimentou enquanto beijava o loiro na boca.

"Alice." –ele respondeu. –"Oi Rose."

"E ai beleza?" –Rosalie respondeu. Bella ficou ao lado delas parada enquanto escutava eles conversarem. Todos se conheciam e ela se sentiu mal por se intrometer. Bella começou a se virar para ir para outro lugar quando Alice pegou seu braço a e puxou de volta.

"Não tão depressa." –ela riu. –"Eu quero te apresentar meu namorado Jasper. Japer essa é minha super tudo de bom colega de quarto, Bella."

"Prazer em conhecê-la, Bella." –Jasper disse com um sorriso e estendendo a mão.

"Prazer em conhecê-lo também." –Bella respondeu retribuindo o gesto. Ele parecia um cara bem legal.

"Ah e esse é Emmet." –Jasper anunciou apontando para o cara sentado no sofá. Todos começaram a conversar mais uma vez e Bella sentiu-se meio por fora, mas não demorou muito para que Alice e os outros perguntassem da onde ela era e isso a fez sentir inclusa. Depois disso, tudo começou a fluir naturalmente entre eles e parecia que eram amigos há anos.

"Não acredito." –Bella disse.

"Sério." –Emmet disse. –"Eu também tive um cachorro chamado Wolf quando era criança."

"Isso é tão estranho." –Bella riu.

"Muitos pensam o contrário." –ele disse.

"Aparentemente." –ela respondeu com um sorriso.

"O único bicho de estimação que eu tive foi um peixe chamado Nemo." –Jasper disse. –"Ele não comia muito." –todos riram e continuaram a conversaram até que Alice interrompeu.

"Inacreditável." –ela disse.

"O que foi?" –Rosalie perguntou. Alice não respondeu apenas fez um sinal a sua esquerda. Bella seguiu o olhar. A uns quinze passos de distância havia um homem alto, atlético e de cabelos castanho avermelhado em volta de muitas garotas que por sinal eram todas plastificadas e estavam bêbadas. As garotas estavam praticamente se jogando em cima dele e murmurando alguma coisa no ouvido dele que o fez sorrir. Ele não era assim difícil de admirar, na verdade ele era muito gostoso e baseado no jeito que ele estava comportando, imaginou que ele também sabia.

"Quem é ele?" –Bella perguntou não conseguindo parar de olhá-lo.

"Esse é meu irmão, Edward." –Emmet respondeu.

"O semestre mal começou e elas já estão se atirando nele." –Alice disse revirando a cabeça.

"Parece que ele é um imã para vadias." –Rosalie brincou. Bella as olhou perplexas. Rosalie elaborou. –"Ele também joga baseball e ele é como se fosse a estrela."

"O que significa que elas estão louquinhas para tirar uma casquinha dele." –Alice adicionou. –"É tão nojento." –Bella olhou novamente para Edward e as garotas e tremeu. Uma delas estava com a calcinha aparecendo. Uau, isso é tão elegante, Bella pensou sarcástica. Segundos depois, o olhar de Edward desviou das meninas para o sofá. Ele olhou para o grupo antes de olhá-la. Bella podia jurar que ela sentiu um frio na espinha enquanto os olhos verdes encarou os dela. Edward voltou sua atenção para as garotas e disse algo a elas que as fizeram a rir. Depois disso ele logo caminhou até eles. Demorou alguns segundos para que Bella percebesse.

"E ai, pessoal." –Edward cumprimentou assim que alcançou o grupo. Ele estava conversando com todos, mas para Bella estava claro que ele estava tentando flertar com ela. Ela percebeu Alice cutucá-la. Aparentemente, ela também havia percebido.

"Oi, Edward." –Emmet respondeu. –"Eu estava imaginando a onde você foi." –ele então acenou para o grupo de garotas que ainda estavam enebriadas pelo charme de Edward.

"Algumas fãs." –ele sorriu. –"Não é minha culpa que sou irresistível." –Bella teve que lutar contra a vontade de revirar os olhos pelo sorriso 'encantador' que ele deu. Era como ela suspeitava. O cara era convencido.

"De qualquer forma, essa é Bella." –Emmet apresentou. Bella sentiu-se desconfortável pelo olhar de sondagem.

"Essa é minha nova amiga e estamos dividindo o quarto." –Alice disse.

"Prazer em conhecê-la, Bella." –Edward disse enquanto estendia a mão para ela.

"Prazer em conhecê-lo, também." –Bella respondeu educadamente. Ela sentiu um formigamento enquanto o cumprimentava, mas rapidamente afastou quando viu um sorriso arrogante formando no rosto dele.

"Espero que você torça para mim no próximo jogo." –ele comentou. Serio, será que que esse cara consegue ser mais convencido? Ela realmente odiava caras assim.

"Bom, eu não vou torcer apenas para você, mas para o time todo." –Bella esclareceu.

"Vamos ver." –ele disse com um sorriso.

"Eu não contaria com isso." –ela disse com um sorriso atrevido fazendo com que os outros rissem. Bella sorriu quando o percebeu carranquear. Aparentemente, o garanhão não estava acostumado com mulheres não caindo na lábia dele. A expressão carrancuda logo desapareceu e Edward sentou ao lado de Jasper.

"Então Bella, da onde você é?" –Edward perguntou interrompendo completamente Rosalie.

"Desculpe, Rosalie, você pode repetir?" –Bella perguntou o ignorando.

"Eu disse que ..." –ela começou novamente.

"Costa oeste? Costa leste?" –Edward perguntou.

"Você vai ter que dizer mais uma vez, Rosalie." –Bella disse. Rose mal abriu a boca para responder e foi interrompida.

"Você vai pelo menos responder?"

"Edward." –Jasper disse o repreendendo.

"O que?" –ele respondeu inocente. –"Só estou fazendo uma pergunta."

"Bom, se você não tivesse interrompido Rosalie e esperasse até que ela falasse, então talvez respondesse." –Bella respondeu.

"Ou você poderia parar de fazer uma tempestade em um copo d'água sobre isso e respondesse uma simples pergunta." –Edward respondeu.

"Eu não estou fazendo tempestade num copo d'água." –Bella se defendeu. –"Eu só acho falta de respeito atrapalhar as pessoas enquanto elas falam."

"Bom, você certamente não tem problemas em falar mais baixo com elas." –ele disse.

"Como assim?" –Bella perguntou. Ela era normalmente uma pessoa calma, mas esse cara estava o estressando.

"Sabe de uma coisa eu vou pegar uma bebida." –Alice declarou. –"Quem vai comigo?"

"Só estou dizendo que você me conhece por cinco minutos e já está me dando lições de etiqueta." –Edward disse.

"Não é etiqueta. Isso é educação." –ela esclareceu.

"Bella, você quer cerveja, vinho ou qualquer outra coisa?" –Alice perguntou.

"Não, obrigada. Eu não bebo."

"Você não bebe?" –Edward perguntou antes de sorrir. –"Você é uma daquelas garotas, certo?"

"Uma daquelas garotas?" –Bella perguntou enquanto cruzava o braço.

"Alguém quer dançar?" –Rosalie propôs. –"Edward?"

"Agora, não, Rosalie." –ele respondeu enquanto olhava Bella. –"Você é daquelas garotas certinhas e que sempre segue as regras."

"Eu não ..." –Bella começou antes de Edward a cortar.

"Eu aposto que você só tira notas boas, certo?"

"Sim, mas isso não significa que …"

"Eu sabia!"

"Vamos lá, por que nós todos ..." –Emmet começou mas Bella interrompeu.

"Você não sabe de nada." –Bella argumentou. Ela estava puta. Quem ele pensava que era? –"Você é tão hipócrita! Para você está tudo bem em me julgar assim que você me conhece, mas eu não fazer um comentário sobre você interromper as pessoas, que pra falar a verdade é muito rude."

"Viu, você fez novamente." –Edward disse. –"Eu estou começando a imaginar se você tem complexo de superioridade." –Bella explodiu pelo comentário e oficialmente estava vendo vermelho.

"Diz o cara que anda por ai achando que é o dono do lugar só porque consegue rebater uma bola." –ela retorquiu. –"Se alguém tem complexo de superioridade, é você."

"O que eu posso dizer? Eu sou talentoso." –Edward sorriu orgulhoso.

"Por favor, mostre alguma coisa que precise usar o cérebro."

"Se você continuar a se inclinar desse jeito eu definitivamente posso mostrar outra coisa." –ele sugeriu fazendo com que Bella se estressasse ainda mais.

"Porque você não vai se f.…" –Bella estava para terminar a frase quando Alice a interrompeu e a puxou.

"Eu acho que já chega de apresentações por hoje." –ela declarou. –"Nós vamos ao banheiro."

"Eu vou com vocês." –Rosalie adicionou rapidamente.

"Edward, qual o seu ..." –Bella podia jurar que tinha escutado Emmet dizer algo enquanto Rosalie e Alice a arrastavam para o banheiro.

"Meu Deus, Bella, o que foi isso?" –Alice respondeu assim que chegaram.

"Olha, me desculpem. Eu sei que Edward é amigo de vocês e eu prometo que eu não sou assim, mas ele, urgh, é tão ..."

"Isso foi incrivel." –Rosalie declarou.

" ... idiota e eu fiquei tão brava ... espera. O que?" –Bella perguntou surpresa.

"Sério, eu nunca vi alguém se impor ao Edward especialmente uma garota." –Alice comentou.

"Você merece uma medalha por isso." –Rosalie comentou com um sorriso.

"Então, vocês não estão bravas?" –Bella perguntou para ter certeza.

"Não." –Alice riu. –"Nós conhecemos Edward faz um bom tempo. Ele pode ser um idiota às vezes e é bom ver uma mulher que não cai na dele."

"É."-Rosalie concordou. –"Na verdade, foi até divertido."

"Bom, eu fico feliz que tenham gostado." –Bella disse mexendo a cabeça. Ela então se olhou no espelho e respirou fundo. Sua pele ainda estava um pouco vermelha.

"Então, você está pronta para voltar?" –Alice perguntou assim que ela e Rosalie terminaram de arrumar o cabelo e a maquiagem.

"Claro." –Bella respondeu. Ela se sentia mais calma. –"Se nós ficarmos o mais distante possível de Edward pelo resto da noite." –as duas garotas riram antes de saírem do banheiro. Bella sorriu, ela realmente gostou de Alice e Rosalie. Ela ainda não as conhecia muito bem, mas algo a dizia que seriam grandes amigas. Assim que encontraram Emmet e Jasper que estavam perto do DJ, Bella olhou para Edward. Ele estava em volta das mesmas barbies de antes. Bella revirou os olhos. Assim que ia desviar seu olhar, Edward a fitou. O mesmo sorriso estampou sua face, como se ele quisesse que ela fosse até ele e começasse uma nova briga. Bella, mais uma vez, ficou estressada e sentiu sua face ficar vermelha. Edward era um babaca.

"Bella. Bella. Bella!"

"Hãh?" –Bella respondeu enquanto olhava Alice acenando.

"Eu encontrei." –Alice disse segurando o batom.

"Ah." –ela respondeu. Bella então ficou quieta para que Alice passasse em seus lábios.

"Então, no que estava pensando?" –Alice perguntou.

"Na primeira vez que conheci Edward." –Bella disse com um sorriso. –"Você sabe, naquela festa de calouros."

"Ai Deus." –Alice riu. –"Não pense nisso. Você pode pensar na possibilidade de nem caminhar até o altar."

"Eu sei. Ele era tão idiota." –Bella zombou.

"Quem era idiota?" –Rosalie perguntou assim que entrou na sala para arrumar o cabelo de Bella.

"Edward." –Alice respondeu. –"Pelo menos ele era até que Bella deu um jeito nele."

"Bom trabalho Bella." –ela riu. Bella mexeu a cabeça e sorriu. Ela então respirou fundo enquanto sentia o frio na barriga aumentar. Bella não conseguia acreditar que em menos de dez minutos ela iria sair dessa sala, caminhar até o altar e se tornar Sra. Cullen ... mais uma vez. Era tão surreal lembrar como ela e Edward se conheceram. Parecia que tinha acontecido há muito tempo.

"Nervosa?" –Alice perguntou.

"Um pouco." –Bella disse enquanto respirava fundo mais uma vez. Desde que Edward havia a proposto em casamento há quatro meses, ela estava enlouquecendo planejando cada detalhe. Por sorte, ela teve ajuda de suas amigas e de sua mãe. Assim que Renne soube do pedido de casamento de Edward, ela rapidamente voou até Chicago para ajudar. Bella queria casar durante o verão e sabia que seria estressante organizar tudo em um período tão curto.

"Por favor, é muito fácil para você. Eu pareço que vou explodir a qualquer momento." –Carmen disse enquanto se levantava para se juntar a elas. –"Quando você viu uma tão grande como eu?" –Bella sorriu enquanto encarava a prima. Os hormônios estavam tomando dela novamente. Faltava mais um mês para que o bebe nascesse e por mais que Carmen se sentia gorda e feia, Bella achava o oposto. Ela nunca tinha visto sua prima tão bonita como nos últimos meses da gravidez.

"Carmen, você está linda." –Bella elogiou enquanto se levantava e abraçava a prima.

"Obrigada." –Carmen disse. –"Nossa, eu sou oficialmente a pior madrinha. Eu deveria convencê-la que está linda. Não o contrário."

"Tudo bem."

"Você está incrivelmente maravilhosa, prima." –Carmen declarou

"Bom, eu tenho que dizer que Alice fez um trabalho incrível em achar esse vestido e em me arrumar." –Bella disse enquanto olhava para sua amiga. O vestido que Alice encontrou era simples e elegante. –"Obrigada, Alice."

"De nada, Bella." –Alice respondeu enquanto a abraçava.

"Rose, muito obrigada por me acalmar durante o planejamento do casamento."

"É para isso que servem os amigos." –Rosalie respondeu enquanto Bella a abraçava.

"Vocês são as melhores madrinhas do mundo." –Bella disse sincera.

"Ok, pode parar caso contrário, vou chorar." –Carmen informou.

"Eu também." –Alice disse enquanto abanava seu rosto.

"Eu acabei de colorar o rimel." –Rosalie proclamou.

"Desculpe." –Bella riu enquanto ela esfregava os olhos. –"É que eu amo todas vocês e estou muito agradecida."

"Droga, Bella, para!" –Alice disse enquanto ela também secava seus olhos. Minutos depois alguém bateu na porta.

"Bella, querida, já está na hora." –Charlie Swan anunciou enquanto entrava no quarto. Esme o seguiu. –"Bella, você está tão linda."

"Mãe, você me viu já dez minutos." –Bella riu.

"Eu sei, mas eu tenho que dizer toda vez que eu a vejo." –Chefe Swan disse com um sorriso orgulhoso. –"Você está radiante."

"Ai, merda." –Carmen murmurou enquanto pegava um lenço. Algumas lágrimas escaparam de seus olhos. Bella também se secou uma em seu rosto. As emoções estavam a flor da pele e a este ponto sua maquiagem poderia arruinar antes mesmo de caminhar até o altar.

"Eu odeio cortar o momento, mas todos estão esperando." –Esme disse. Todas rapidamente retocaram a maquiagem antes de ir até a igreja.

"Esme." –Bella a chamou antes que ela pudesse sair do quarto. –"Eu só queria agradecer novamente por pagar tudo isso. Eu prometo que eu e Edward vamos pagar assim que ...."

"Bella, não se preocupe." –Esme assegurou. –"Eu não me importo."

"Você tem certeza?" –Bella perguntou. Ela ficou atônita por Esme oferecer a pagar todo o casamento. Edward e Bella estavam almoçando no restaurante dos Clearwater semanas atrás depois que ela tinha saído da clinica. Bella ficou surpresa quando Edward disse que Esme queria fazer a coisa certa e ela rapidamente aceitou a desculpas de sua sogra. Esme estava ótima e Bella não viu problema algum em passar uma borracha em todos os acontecimentos e começar do zero. Foi então que Bella e Edward contaram sobre o casamento e imediatamente Esme insistiu em pagar todas as despesas. Bella, Edward, Renne e Charlie se oferecerem muitas vezes para ajudar a pagar, mas Esme não os escutou.

"Sim."

"Mas ..."

"Bella, eu quis fazer isso por você e por Edward. Eu nunca apoiei esse casamento e eu estava totalmente errada. Vocês dois merecem esse dia." –Esme explicou enquanto segurava a mão de Bella. –"Então não pense que você me deve alguma coisa. Pense mais em como estou agradecida por cuidar do meu filho e por fazê-lo feliz." –Bella acenou, não confiando em sua voz no momento. Ela estava emocionada pelas palavras de Esme.

"Agora, vamos." –Esme a encorajou com um sorriso. –"Eu acho que se Edward esperar mais, ele vai ter um infarto." –Bella riu enquanto seguia sua sogra. Ela sabia exatamente o que ela quis dizer.


"Você está com os anéis?" –Edward perguntou.

"Sim, pela milésima vez." –Emmet respondeu.

"É só para ter certeza." –ele defendeu. –"Você pode ter um buraco no bolso."

"Bom, não tem."

"Talvez fosse bom checar."

"Está tudo bem."

"Por favor, cheque."

"Edward ..."

"Emmet." –Edward disse num tom firme. Emmet revirou os olhos e colocou suas mãos no bolso. Segundos depois, ele pegou os anéis.

"Viu, não tem nada para se preocupar." –ele assegurou. –"Você precisa relaxar, cara."

"Bom, eu não vejo isso acontecer tão cedo." –Edward murmurou. Ele não imaginava que pudesse ficar tão ansioso e nervoso em toda a sua vida. Edward estava assistindo Noiva em Fuga na televisão. A protagonista do filme surtava minutos antes da cerimônia e fugia. Ele sabia que estava sendo irracional em pensar que Bella o deixaria no altar. Eles já estavam casados, então já era tarde demais para ela escapar. Além disso, ela o amava, mas isso não silenciava a vontade de vê-la na frente dele.

"Ei, já está quase tudo pronto para começar." –Jasper disse. –"Eu só preciso dos anéis para para o Henry."

"Você está certo que ele não perder?" –ele avisou. –"Sabe como essas crianças podem ser."

"Eu acho que ele vai dar conta do recado." –Emmet comentou enquanto dava os anéis para Jasper. Edward os observou enquanto saíam. Seus olhos percorreram por todos os convidados que estavam sentados e conversando.

Minutos depois, Edward foi interrompido quando escutou o inicio da música. Emmet e Jasper voltaram para o lugar deles e o padre já estava pronto também. Edward ajeitou sua gravata antes de prestar atenção para a entrada da igreja. Carmen, Rosalie e Alice caminharam até o altar com seus vestidos lilases. Ele escutou um 'óhhh' quando Henry veio caminhando com os anéis em uma almofada de cetim. Em seguida Claire entrou jogando pétalas de flores enquanto caminhava. Uma vez que ela chegou ao altar a musica mudou, sinalizando a entrada da noiva. O coração de Edward estava batendo a mil por hora quando viu Bella e seu pai aparecerem na entrada na porta. Todos os convidados se levantaram e olharam maravilhados enquanto Bella fazia sua entrada.

Bella mal conseguia respirar enquanto caminhava ao lado de seu pai. A decoração e o sorriso de sua família e de seus amigos passaram despercebidos. A única pessoa que ela podia se concentrar era em Edward. Ele estava devastadoramente lindo de terno. Eles não se viram por longas 24 horas conforme e isso fez com que Bella ficasse mais ansiosa para ficar perto dele.

Edward sentiu um calafrio e um frio no estomago enquanto Bella se aproximava dela. Ela estava tão linda no vestido que ele não conseguia tirar os olhos dela. Um sorriso apareceu em sua face quando percebeu que as bochechas de Bella estavam vermelhas. Edward adorava ver ainda causava esse efeito nela. Edward encurtou a distância para encontrar Bella e o pai dela. Charlie a abraçou e a beijou no rosto antes de cumprimentar Edward. Ele segurou a mão de sua esposa enquanto a guiava para o lugar em frente ao padre. Bella passou o buquê para Carmen antes de olhar para Edward e segurar a outra mão dele.

"Amigos e pessoas queridas." –o padre começou depois de alguns segundos. –"Estamos reunidos aqui para testemunhar a renovação de um compromisso. Um compromisso entre o amor entre Edward e Bella. Um amor incondicional e eterno." –ele olhou para o casal. –"Edward e Bella, há muitas coisas que eu poderia dizer a vocês neste dia de hoje, mas eu prefiro escutar as palavras que um tem para o outro."

"Bella." –ele a chamou. Bella respirou fundo enquanto se virava para olhar Edward. Ela ensaiou o que dizer há semanas. Bella estava nervosa e queria estar preparada, mas ficar parada na frente de Edward e ver o sorriso amoroso dele, começou a sentir que o medo de falar desapareceu. Tudo que ela iria falar não estava apenas na memória, mas sim de todo seu coração.

"Edward." –Bella disse. –"Dizem que há uma palavra que nos libertará do peso e da dor da vida e essa palavra é o amor. E eu realmente acredito. Não significa que não tenha sido duro ou que não será. Significa que eu encontrei um silêncio e coragem em mim mesma com você. Você me faz corajosa. Eu vou te amar até o fim dos dias. Essa é minha promessa."

"Bella, ano passado eu prometi que iria passar o resto da minha vida com você." –Edward disse olhando nos olhos de Bella. –"Prometi que sempre te amaria e te protegeria. Ninguém realmente acreditou que isso poderia dar certo e mesmo com passar do tempo, eu acho que ninguém entende o amor que sinto por você. Hoje, quando eu olho nos seus olhos, meu amor por você cresce mais ainda e é mais forte. Esse amor nunca vai passar. Essa é minha promessa de hoje e sempre." –Bella sorriu com olhos marejados em lágrimas.

O padre então chamou Henry que estava com as alianças e disse. –"Bella, neste dia, você reafirma e dedica-se aos votos prometidos?"

"Sim." –Bella prometeu enquanto pegava o anel de Edward e colocava em seu dedo.

"Edward, neste dia, você reafirma e dedica-se aos votos prometidos?"-o padre repetiu.

"Sim." –Edward prometeu enquanto pegava o anel de Bella e deslizava pelo dedo dela.

"E agora, pelo poder concedido a mim e pelo olhar de Deus, eu os declaro marido e mulher." –o padre proclamou antes de se virar para Edward. –"Você pode beijar a noiva."

"Eu te amo, Bella." –ele murmurou enquanto a segurava pela cintura para puxá-la para si.

"Eu também te amo." –ela respondeu cheio de emoção enquanto os lábios dele clamavam pelo dela num beijo carinhoso e apaixonado. Quando finalmente se separaram, eles se viraram para ver os amigos e familiares. Sua mãe, sua prima e amigas estavam todas chorando. Logo, Bella percebeu Esme secando suas lágrimas. Não demorou muito antes de sentir o olhar intenso de Edward. Bella o encarou novamente e o beijou mais uma vez. Depois disso, sorriram, deram as mãos e finalmente caminharam juntos até a saída da igreja.


"Edward, estou escorregando." –Bella riu. –"Você vai me deixar cair."

"Deixar você cair?" –Edward perguntou incrédulo. –"Bella, por favor, eu poderia jogar você nessa sala como um jogador de basquete. Você quer que eu tente?"

"Não se atreva!" –ela o alertou rindo. Edward logo riu também. Segundos depois eles finalmente alcançaram o quarto deles. Como as mãos de Edward neste momento estavam ocupadas, Bella pegou o cartão chave para abrir a porta.

"Edward." –Bella engasgou quando viu pétalas de rosas e velas em volta do quarto.

"O que seria de um casamento dos sonhos sem a lua de mel dos sonhos?" –ele disse enquanto a colocava gentilmente no chão. Bella continuou a observar o quarto. No centro havia uma grande cama king size com lençóis de cetim na cor creme. A esquerda havia um grande banheiro. Bella percebeu que as malas deles já tinham sido trazidas e estavam perto da entrada. Ela olhou para direita e viu a sacada e caminhou até lá. Eles tinham a visão perfeita do por do sol sobre a água.

Quase que instantaneamente, Bella sabia que eles fizeram a escolha certa sobre onde passar a lua de mel. A Ilha Camp Rock era uma pequena ilha na costa de Washington. Eles pensaram em passar no cruzeiro, mas era extremamente caro, embora seus pais tivessem oferecido a pagar. No entanto, Edward foi inflexível sobre pagar a lua de mel. Então Bella decidiu que a Ilha Camp Rock era a melhor opção para eles. Ela estava planejando em se divertir muito nos próximos dias.

"É tão lindo." –Bella comentou enquanto sentia o braços de Edward em volta dela.

"É mesmo." –ele concordou beijando a têmpora.

"Obrigada por tudo isso." –ela disse sincera.

"Eu sabia que não podia pagar por todo o casamento, mas eu pelo menos posso te dar a lua de mel maravilhosa." –Edward disse.

"Bom, eu amei." –Bella declarou. Ela então adicionou. –"Além disso, o fato de nós estarmos sóbrios dessa vez já é um passo certo." –Edward riu. Ambos evitaram beber na festa. Apesar de todos os brindes, quase nem tocaram na champanhe.

"Eu acho que é seguro dizer que aprendemos nossa lição." –ele concluiu.

"É." –Bella concordou.

"Embora, eu acho que vou embebedá-la pelo menos uma vez enquanto estivermos aqui."

"E porque isso?" –Bella perguntou curiosa enquanto o olhava.

"Porque fazer sexo bêbado é gostoso." –ele murmurou antes de beijar o pescoço dela.

"Eu sabia que não ia demorar muito para você ceder." –Bella disse rindo enquanto mexia sua cabeça para dar um acesso melhor a ele.

"Ficar sem sexo por duas semanas foi cruel." –Edward comentou brincando sem quebrar o contato. Bella sorriu enquanto se lembrava de ter contado a Edward sobre o seu plano para fazer do casamento deles ainda mais memorável. Ela esteve se guardando para o casamento antes, porque não tentar de novo? A reação de Edward foi impagável. Seus olhos ficaram bem abertos e ele ficou em choque. Ele originalmente pensou que fosse uma piada. Infelizmente, para ele, não era. Mas como ele era um bom cara e um bom marido, ele honrou o desejo dela. Não ajudou muito pois ele era muito sexy e tinha vezes que era muito difícil ceder a tentação.

"Senti sua falta." –ele disse rouco segundos depois. Ele estava ansioso para o casamento passasse, pois queria a noite de núpcias. Não ficar com pela por essas semanas o fez sentir louco. Ela era muito sexy e ele não sabia se agüentaria ficar mais um segundo sem ela.

"Eu também." –Bella disse sem ar. Ela então se virou e puxou sua face. Edward rapidamente tomou posse dos lábios dela e apertou o abraço. Ele gemeu entre beijos enquanto a levava novamente para o quarto.

"Eu não sei se eu te disse, mas você está linda nesse vestido." –ele disse enquando deslizava suas mãos pela cintura dela para sentir o material.

"Você disse umas cem vezes na festa." –ela disse. –"Mas obrigada por dizer de novo. Agora tire de uma vez."

"Alguém está muito impaciente aqui?" –Edward sorriu torto. Enquanto isso, uma de suas mãos deslizaram pelos seios até o ombro de Bella. Ele tirou uma das alças e começou a mordiscar o ombro dela.

"Não tenho culpa que meu marido está tão lindo de terno." –Bella defendeu enquanto tirava o paletó. Edward riu contra a pele dela. Ela então desfez a gravata e a desabotoar a camisa enquanto suas unhas e sua boca tocavam de leve a pele dele. Ela sorriu quando viu que teve o efeito desejado. Edward rosnou antes de puxá-la. Ele a beijou ferozmente enquanto suas mãos deslizavam por todo o corpo dela.

Bella sentiu sua pele esquentar enquanto as mãos de Edward vaguearam para sua cintura. Ela tremeu quando sentiu os dedos dele passar pelos seus seios, antes mesmo de saber o que estava acontecendo a virou de modo que ela estava olhando o espelho. Ele tirou o clipe pra retirar o véu. Depois disso deixou uma trilha de beijos molhados pelo pescoço. Bella instintivamente fechou os olhos e encostou no peito de dele. Não demorou muito para que mãos dele fossem até o seu vestido. Segundos depois, ela escutou o som do zíper sendo aberto.

Bella reabriu os olhos para encontrar Edward a encarando intensamente no espelho. Seus olhos verdes estavam a perfurando. Mesmo que ele tenha começado a tirar o vestido gentilmente, ela não conseguia parar de olhar. Bella estava completamente hipnotizada por ele. Sua respiração tornou-se errática enquanto a sensações eróticas e sensuais de seu olhar tomava conta dela. Seu sangue era fogo que percorriam pelas suas veias. O vestido de Bella estava no chão e logo aconteceu o mesmo com seu sutiã de cetim. Ela gemeu enquanto as mãos dele acariciavam os seios dela e deslizavam pela sua cintura. Foi então que Edward a puxou firme contra ele. Ela arfou enquanto se virava para ele, o que serviu para aumentar seu desejo. Assim que as mão dele deslizaram até a sua calcinha branca de laçinhos, Bella alcançou seu limite.

Edward se afastou um pouco, surpreso, enquanto Bella se lançou contra ele. Sua boca era quente e exigente e ele estava adorando casa segundo. Edward pensou que iria se perder só em olhá-la o tocando. Agora era sua vez de ser provocado enquanto via Bella tirando sua camisa e mordiscando lugares sensíveis de seu pescoço e peito. As suas mãos pequenas tentaram rapidamente tirar o cinto. Algo tomou conta de Edward e ele rapidamente tirou suas calças antes de gentilmente levá-la para a cama. O lençol de cetim era frio contra a pele dele.

"Edward." –Bella arfou contra sua boca. –"Eu preciso de você."

"Eu também, baby." –ele respondeu enquanto tirava a ultima peça de roupa. Edward ficou sobre ela. Bella instintivamente colocou suas pernas em volta dele e Edward não perdeu tempo em sentir o calor úmido dentro dela. Os dois gemeram alto pelo contato. Bella arqueou contra ele enquanto Edward começou a se mover em ritmo constante. A boca dele atacou ferozmente a dela enquanto sua mão estava entrelaçada com a dela. Ele adorava tocar o corpo de sua esposa enquanto faziam amor, mas as vezes ficava satisfeito em apenas segurar a mão dela. Ele sempre sabia quando ela estaca satisfeita ou quando queria mais com um simples aperto.

"Oh, Edward." –ela choramingou pelo impulso. Como era possível estar apaixonado com alguém e estar conectado em todos os níveis? Porque era assim estar com Edward. Eles se encaixavam perfeitamente. Não havia duvida que ele era sua alma gêmea e sua outra metade.

"Eu te amo tanto, Bella." –Edward proclamou enquanto olhava nos olhos dela. Ela soltou sua mão e começou a acariciar sua bochecha. –"Mais que tudo na vida."

"Eu também te amo." –ela respondeu antes de beijá-lo apaixonadamente. –"Pela eternidade." –ela prometeu. O prazer explodiu dentro deles enquanto ambos atingiam o clímax. Demorou alguns minutos para Edward recuperar o fôlego. Foi incrivelmente intenso. Quando ele finalmente voltou a ter controle, se afastou de Bella e a puxou para si. Ela se aconchegou nele enquanto encostava em seu pescoço, revelando a calma de seu abraço.

Nenhum deles falou e nem sentiu a necessário. Era um silêncio confortável e ambos sabiam o quando eles se amavam e o quanto significava um para o outro. Eles passaram por tantas coisas vezes por tribulações e provações, outras de triunfo e sucesso. Não havia duvida que na mente deles que haveria algo guardado para eles. Tudo estava sempre mudando, era vida. Não importava o que acontecesse, Edward e Bella sabiam que o amor deles sempre se manteria constante. Era o que os ligava e que os mantinha fortes. Era como sobreviviam. E é por isso, que juntos, eles estavam confiantes que poderiam superar qualquer coisa que estava para vir no caminho deles.

FIM


Certo, pessoal. Esse é o ultimo capitulo. Espero que tenham gostado. Eu gostaria de agradecer a todos os reviews e a todas as palavras gentis que vocês deixaram. Eu nunca imaginei que essa fic passase de 1000 reviews e quando alcançou fiquei tão emocionada. Com certeza superou minhas expectativas.

Não sei se farei uma continuação mas pensarei no caso. Agora estou com um novo projeto cujo o nome provisório é '3500 milhas'. Então, nos encontramos em breve. :)

Muito obrigada por tudo.

Bjnhs

Dani