My favorite singer

Capítulo 1: The Crucks.

Sasuke POV

É nessas horas que eu me pergunto quantos anos de cadeia eu vou pegar se eu matar o Naruto nesse exato minuto.

- É sério gente! Eu não sei onde eu deixei a minha palheta! Eu preciso da minha palheta, okay? Sem a Kyuubi eu não entro naquele palco!

Não tem problema, vai valer a pena.

- Naruto, esquece essa porra de palheta! Pega qualquer outra, a gente tem que entrar nesse palco agora! – disse irritado massageando as têmporas enquanto Naruto jogava tudo o que tinha no camarim pra cima pra ver se achava aquela palheta inútil.

- Dude, ninguém merece isso. – Gaara disse suspirando.

– Correção: ninguém merece o Naruto. – Neji disse irritado com a birra do loiro, brincando com as baquetas e jogando elas pra cima. – Como o Shikamaru diria: problemático.

Eu já estou vendo a hora em que o Neji vai pegar aquelas baquetas e enfiar nos olhos do Uzumaki. Sério.

Naruto Uzumaki consegue o baixista mais irritante, imbecil e burro que eu consigo imaginar no momento – imbecil o bastante pra dar nome pra uma palheta, pelo menos.

E irritante o bastante pra fazer birra de não entrar no palco – isso levando em conta que nós temos sete minutos pra entrar e fazer esse show.

Gaara Sabaku é guitarrista base e vocalista, assim como eu. O ruivo geralmente é calmo, exceções para momentos em que nós três queremos voar no pescoço no Naruto e estrangula-lo até a morte.

Fato que ocorre agora.

Neji Hyuuga é o baterista, e esse consegue ser mais calmo do que o Gaara. Isso, claro, se ninguém mexer com o cabelo dele. E se o Naruto não tiver no meio, óbvio.

Eu sou o vocalista e o guitarrista solo, e nós quatro formamos a "The Crucks", uma das bandas mais famosas do momento. Claro, porque nós somos fodões, fatão. E, no momento, temos que entrar no Shea Stadium pra mais um show, mas a mula loira do Naruto bateu o pé e invocou que não faz merda de show nenhum sem a merda da palheta dele – que tem um nome. Nome tosco, mas tem.

Gente, que ser humano irritante.

- Naruto, tem sessenta e cinco mil pessoas lá fora, não tem como a gente deixar de fazer esse show por causa dessa sua palheta miserável! – Gaara fuzilou o loiro com os olhos, que em resposta deu o dedo do meio.

- Palheta miserável o cassete, a Kyuubi é o meu bebê e eu não posso fazer um show sem ela! – ele fez um bico - Não vai ser a mesma coisa.

- Naruto. – Neji cruzou os braços e olhou para o loiro impaciente – A gente já disse que...

- ACHEI! – Naruto interrompeu o Hyuuga e saiu correndo até o sofá, chutando alguma coisa no meio do caminho que eu acho que era de vidro. De lá ele tirou a tão amada Kyuubi, que nada mais era que uma palheta laranja simples e normal.

- Graças a Deus! – Gaara ergueu as mãos pro céu em sinal de agradecimento e eu Neji suspiramos aliviados, enquanto Naruto dava beijos na sua amada palheta.

- Vamos, nós temos menos de três minutos. – Neji disse e foi correndo pro palco, e nós fomos atrás.

Assim que cada um pisou no palco e foi em direção ao seu instrumento, os gritos tomaram conta. Fãs loucas e histéricas gritavam tudo quando é tipo de coisa, desde "Você é lindoooo!" a "Vem que tem, neném!".

E vou te contar, como essas garotas gritam.

No nosso primeiro show eu achei que eu ia perder um tímpano, mas agora, a gente já se acostumou.

- Fala aí, se não são as garotas mais lindas de Nova York? – eu disse maroto no microfone, e a minha voz fez ecos por todo o estádio, fazendo as meninas gritarem cada vez mais alto.

E ficarem mais loucas também.

- Concordo plenamente, Uchiha. – Gaara disse rindo e a gritaria ficou mais forte outra vez.

- Então minhas lindas... - a gritaria atingiu o ápice, me fazendo parar de falar. Nós quatro nos entreolhamos sorrindo. - ... eu espero que gostem.

Elas gritaram mais um pouco, mas logo eu dei a primeira nota e comecei uma das minhas músicas favoritas, com o meu costumeiro grito:

Here's another song for the radio!

(Então aqui está mais uma música para o rádio!)

Todo mundo começou a pular e ar cantar junto, enquanto eu e Gaara assumíamos as nossas posições à frente.

Life isn't fair for the people who care

(A vida não é justa para as pessoas que se importam)

Stick your nose in the air and that's how you go far

(Levante o seu nariz no ar, é assim que você vai longe)

So go tell your lovers, your fathers and brothers

(Então vá dizer aos seus amores, seus pais e irmãos)

Your sisters and mothers how lucky they are

(Suas irmãs e mães o quanto sortudos eles são)

Gaara terminou a parte dele e se afastou do microfone, fazendo uma dancinha junto com o Naruto. Eu assumi o microfone, e juro que ouvi algo como: "Vamos fazer um Sasuke Júnior?"

Light speed, out of my mind

(Velocidade da luz, fora da minha mente)

I'm hurt, but I'll be fine

(Estou machucado, mas vou ficar bem)

Put your fist in the air

(Coloque seu pulso no ar)

Raise your voice and declare

(Erga a sua voz e declare)

Singing: "We don't care"

(Cantando: "A gente não se importa")

Dei um meio sorriso diante do desespero com que elas gritavam: "WE DON'T CARE!". Chegava a ser cômico. Mas as fãs eram malucas, de qualquer modo.

(We don't care!)

(A gente não se importa!)

We don't care!

(A gente não se importa!)

(We don't care!)

(A gente não se importa!)

So here's another song for the radio

(Então aqui está mais uma música para o rádio)

And here's another line from the heart

(E aqui está outra linha do coração)

So don't pretend you hate us as you sing our songs

(Então não finja que nos odeia enquanto você canta nossas músicas)

Cause we all look the same in the dark

(Porque todos nós parecemos os mesmos no escuro)

Eu, Gaara e Naruto acabamos o refrão e as meninas pulavam cada vez mais animadas. E berrando cada vez mais alto.

Jesus, toma conta. Sério, será que elas não dão, sei lá, algum tipo de tumor na garganta? Não é possível! Elas parecem até o Naruto desse jeito!

L.A. temptations, or music sensations

(Tentações de L.A., ou sensações musicais)

There's great expectations that weight on our heads

(Existem grandes expectativas que sobrecarregam nossas cabeças)

So here's to the liars who dream and conspire

(Então aqui está para os mentirosos que sonham e conspiram)

Against the admired, we hope you drop dead

(Contra os admirados, nós esperamos que vocês caiam mortos)

Gaara terminou a sua parte e apontou pra mim, e eu sorri maroto.

Light speed, out of my mind

(Velocidade da luz, fora da minha mente)

I'm hurt, but I'll be fine

(Estou machucado, mas vou ficar bem)

Put your fist on your chest

(Coloque seu pulso no peito)

Raise your voice and protest

(Erga a sua voz e proteste)

Singing: "We don't care"

(Cantando: "A gente não se importa")

(We don't care!)

(A gente não se importa!)

We don't care!

(A gente não se importa!)

(We don't care!)

(A gente não se importa!)

So here's another song for the radio

(Então aqui está mais uma música para o rádio)

And here's another line from the heart

(E aqui está outra linha do coração)

So don't pretend you hate us when you sing along

(Então não finja que nos odeia enquanto você canta junto)

'Cause we all look the same in the dark

(Porque todos nós parecemos os mesmos no escuro)

Neji começou a tocar a bateria furiosamente.

We don't, we don't care!

(A gente não, a gente não se importa!)

We don't, we don't care!

(A gente não, a gente não se importa!)

We don't, we don't care!

(A gente não, a gente não se importa!)

We don't, we don't care!

(A gente não, a gente não se importa!)

Eu coloquei as duas mãos no microfone e fechei os olhos, cantando baixinho e fazendo a cara mais fofa que eu podia.

Here's one for the radio

(Aqui está uma para o rádio)

Here's one for the radio

(Aqui está uma para o rádio)

Here's one for the radio

(Aqui está uma para o rádio)

(One for the radio)

(Uma para o rádio)

Here's one for the radio

(Aqui está uma para o rádio)

Respirei fundo e dei o meu amado grito, fazendo todo o estádio Shea pular descontroladamente. Eu simplesmente amo isso, de verdade. Não me imaginava fazendo outra coisa.

So here's another song for the radio!

(Então aqui está mais uma música para o rádio)

And here's another line from the heart

(E aqui está outra linha do coração)

So don't pretend you hate us as you sing our songs

(Então não finja que nos odeia enquanto cantam nossas músicas)

'Cause we all look the same in the dark

(Porque todos nós parecemos os mesmos no escuro)

Here's another song for the radio (song for the radio)

(Então aqui está mais uma música para o rádio (música para o rádio))

And here's another line from the heart (oh oh oh oh)

(E aqui está outra linha do coração (oh oh oh oh))

So don't pretend you hate us as you sing along

(Então não finja que nos odeia enquanto você canta junto)

'Cause we all look the same in the dark

(Porque todos nós parecemos os mesmos no escuro)

(For the radio)

(Para o rádio)

'Cause we all look the same (all look the same), we all look the same in the dark

(Porque todos nós parecemos os mesmos (nós parecemos os mesmos), nós todos parecemos os mesmos no escuro)

(For the radio)

(Para o rádio)

'Cause we all look the same, we all look the same in the dark

(Porque todos nós parecemos os mesmos, todos nós parecemos os mesmos no escuro)

Quando nós terminamos, o estádio explodiu em gritos e choros, e nós nos retiramos rapidamente antes que uma maluca desse um ninjão e voasse aqui em cima do palco.

.:OoO:.

.:OoO:.

.:OoO:.

- Dude, você viu aquela de cabelo loiro? – Naruto perguntou rindo.

- Ah, claro, isso porque só tinha uma loira naquele lugar imenso. – Neji disse sarcástico e o loiro abriu um bico contrariado.

- Será que lá tinha groupies? – Gaara perguntou animado abrindo mais uma cerveja e se jogando novamente no sofá do camarim.

- Gaara, tsk, que coisa feia. – disse rindo balançando a cabeça negativamente.

- Que foi, poxa, eu to carente! – Gaara disse num tom inocente e depois tampou uma almofada na minha cara. Desgraçado. – E olha quem fala, você é a pessoa mais à base de sexo que eu conheço.

- Realmente, Sasuke, disso você não pode falar muita coisa. – Neji arqueou uma sobrancelha.

- Ah, eu não sou tão ruim assim! – disse indignado e todos me olharam com uma cara cética. – Que foi?

- Sasuke, seus relacionamentos duram no máximo uma semana e meia. – Naruto disse com uma voz sábia. Bom, ele tentou fazer, porque a voz dele não vai ser sábia nunca. – E isso quando viram um relacionamento.

- Onze dias. – Neji virou a cabeça e encarou o loiro, que olhou pra ele confuso. – Eu contei.

Arqueei a sobrancelha. Eles controlavam a minha vida amorosa também?

- Resumindo: você troca de ficante igual uma mulher troca de roupa. – Gaara disse sorrindo debochado.

- E daí? – dei de ombros – É como comer chocolate. Porque comer um só quando eu posso comer todos? – disse e eles riram.

Ouvi o barulho da porta e vi que Kakashi e Shikamaru entraram por ela, o primeiro com uma cara satisfeita e o segundo com uma cara preocupada.

Kakashi Hatake é o empresário da The Crucks, ele é quem lida com entrevistas, shows e todo o negócio com a Konoha Entertaiment – que é a nossa gravadora. Embora ele seja meio estranho – na verdade "meio" é um termo carinhoso, já que o cara usa uma máscara que cobre metade do rosto e tem os cabelos acinzentados arrepiados para o lado. Sem contar que é viciado num livro pornográfico que ele não larga nem por reza.

Shikamaru Nara é o meu empresário pessoal, sem contar que é um dos meus melhores amigos. É um ser humano completamente preguiçoso, e tudo pra ele é "problemático". Tudo, tipo, tudo mesmo. Qualquer coisa. Mas apesar disso ele é um gênio, e é por isso que eu confio tanto nele.

- Parabéns rapazes, foi um ótimo show. – Kakashi disse sorrindo por trás da máscara.

- Obrigado – nós respondemos em uníssono.

- Vocês tem uns dias de folga até eu acabar de arrumar a entrevista com aquela emissora italiana, então, aproveitem! – O Hatake coçou a nuca com um semblante divertido, enquanto nós exclamávamos animados "Deus é pai!", "Graças a Deus" e Naruto subia no sofá fazendo uma dancinha estranha.

- Shikamaru, o que houve? – Gaara arqueou a sobrancelha.

- Realmente, dude, você tá muito calado! Não que você seja um Naruto da vida, mas mesmo assim. – Neji encarou o Nara e eu fiz o mesmo, só que com as sobrancelhas unidas em curiosidade.

Aí tem.

- Querido, se ele fosse igual a mim ele teria esse corpinho sexy! – Naruto disse com uma cara safada e passando a mão pelo corpo, terminando com uma piscadela pra mim.

- Realmente amor, nada mais sexy. – pisquei de volta pra ele e nós dois gargalhamos.

- É que... – Shikamaru limpou a garganta – Bem, na verdade... – ele suspirou – Sasuke, tenho que te comunicar uma coisa e não tenho muita certeza se você vai gostar, embora tenha noventa e nove por cento de chance de isso não ocorrer.

- Eu ainda acho que elas são nulas. – Kakashi cruzou os braços olhando pra mim.

O gênio fuzilou o Hatake com os olhos.

- Kakashi, não tá ajudando.

- Okay, será que dá para os dois pararem com o doce e me dizer logo de que porra estão falando? – disse levantando e cruzando os braços. Vi que os três semi-bêbados também encaravam Shikamaru e Kakashi curiosos, só não tão irritados quanto eu.

Shikamaru respirou fundo.

- Sasuke, você vai se casar.

Mais ein...?

- Shikamaru, você bebeu? – perguntei indignado enquanto os três integrantes da The Crucks explodiam em gargalhadas bêbadas e histéricas.

- Deve ter sido, cara! – Neji jogou a cabeça para trás rindo mais um pouco – E deve ter sido algo bem, bem forte! – de repente ele ficou sério – Você bebeu álcool do gargalo, Shikamaru?

- Não fala merda, Hyuuga! – Gaara deu um pedala no Neji, que deu o dedo do meio em resposta.

- Shikamaru, o Sasuke nunca vai casar. – Naruto disso entre uma risada e outra. – Aceite esse fato e siga em frente! – ele disse rindo.

Hã?

- Não Sasuke, ele não bebeu. – Kakashi disse sério, fazendo com que nós quatro calássemos a boca e olhássemos pra ele – Ele está falando sério. Você vai se casar.

- Não, não vou. É impossível! – eu disse como se fosse óbvio. – Acho que se eu fosse me casar quem decidiria isso seria eu, não? – arqueei as sobrancelhas.

- Na verdade não. – Shikamaru disse e eu uni as sobrancelhas numa linha furiosa em cima dos olhos. Como assim não? – Nós achamos que vai ser melhor pra sua imagem se você se casar, sabe? Mostrar que vocês são maduros vai ser bom pra mídia. – ele disse me avaliando cuidadosamente.

- Shikamaru, eu não vou me casar! Enfia isso na sua cabeça, okay? A mídia que se exploda, a gente não liga pra ela mesmo! – disse revoltado.

- Não disse que ele não ia gostar? – Kakashi disse com pesar e ouvi Shikamaru reclamar algo com "problemático". – Sasuke, entendo que vocês não liguem pra mídia, mas nós ligamos e, acredite, isso é importante pra vocês.

- Mas porque eu? Porque o Neji não casa, já que ele é o único que namora nesse lugar? – perguntei ainda revoltado. Qual é, isso era um absurdo! Eu? Casar? Assim, do nada? Inadmissível. Errado. Impossível.

Casar é não trocar mais de namorada. Casar é ficar com uma mulher só, pra sempre. Casar é ter alguém balangando no seu ouvido. Ok, casar não é nada legal, portanto, está fora da lista de coisas para se fazer antes de morrer.

E, além do mais, eu tenho a forte teoria de que se alguém tem que casar é o Neji, já que ele é o único que tem namorada – Tenten Mitsashi, uma menina morena que só anda com dois coques.

Eu já disse pro Neji que ela parece a Pucca, mas ele não gostou muito.

- Porque não, Sasuke, se for você vai ter um impacto maior! – Kakashi disse e botou as mãos nas têmporas.

- Que mané impacto! Eu tô pouco me lixando pra impacto! – disse revoltado olhando assassinamente praqueles dois empresários de uma figa.

- Sasuke, você tem que entender que... – Kakashi começou, mas eu fui mais rápido e o interrompi:

- Não Kakashi, você é que tem que me entender! Eu não quero casar, okay? – estreitei os olhos pro Hatake, que me olhou com um pinguinho só de pena. – Não quero botar a coleira, não quero ter uma maluca atrás de mim, não quero ter um filho babão que vai ficar gritando pela casa e que vai tirar notas ruins e vai se drogar pra depois vender o corpo para...

- Eita, mas que drama, Sasuke! – Kakashi disse assustado. – Não é pra tanto!

- Kakashi, eu sei que é estranho, mas eu concordo com o Sasuke. – Naruto disse sério, o que fez todos nós olharmos pra ele. – Se ele não quer, ele não casa.

- E além do mais casamento envolve muita coisa, o que vão achar do Sasuke resolver casar assim, do nada? – Neji me apoiou também, olhando seriamente pros dois recém-chegados.

- Ainda mais ele. – Gaara estreitou os olhos verdes – E a gente não se importa com o que falam da gente, como já foi dito. Se ele casar contra a vontade vai ser pior.

- Tá vendo? – disse apontando pros três que estavam atrás de mim.

- Sasuke, não são eles que são os seus empresários. – Kakashi disse num tom cansado.

É, né, seu desgraçado? Quando é pra me arrumar um casamento você não cansa! Imprestável!

- Ah, jura? Antes fossem! Vocês tiraram essa idéia da onde? Do cú? Porque, vamos combinar, isso é impossível! – disse gesticulando enquanto falava. Eles abriram a boca, mas eu continuei: - E quer saber, se eu não quiser casar eu não caso! Me revolto e não saio de casa, não assinei papel nenhum que me obriga a casar com quem quer que seja!

- Na verdade... – Shikamaru disse depois de muito tempo e coçou a nuca. Fuzilei ele com os olhos. – Você vai ter que casar sim, já que eu assinei em seu nome. - ele disse olhando pro lado.

Assinar em meu nome? Que porra é essa? Como assim? Não pode!

- Você? Assinou em meu nome? – disse tentando ignorar a tentadora idéia de matar Shikamaru com uma serra elétrica.

- Pois é, né... – ele risse rindo nervosamente.

- Então não pode! Não vale! – me revoltei e subi em cima do sofá, apontando o dedo na cara do Shikamaru. – Desde quando você pode fazer isso?

- Desde que você assinou um aquele contrato que diz que eu posso assinar em seu nome desde que não seja algo de caráter depreciativo e que não te traga desvantagens, de algum jeito. – Shikamaru disse como se fosse óbvio.

Franzi o cenho. Ô porra, eu lembrava daquilo. Lembrava da merda do momento em que eu assinei a merda do contrato.

Mas que merda.

- Mas, mas... - choraminguei – Shikamaru, eu não quero casar! E a minha vida sexual, como fica? – resmunguei com um bico.

- Você vai fazer sexo com a sua esposa, oras. – ele deu de ombros.

Gelei. Minha futura esposa. Eu ainda não tinha pensado nisso. Ah, meu Deus. Que desgraça. Quero dizer, não só a situação, mas também a esposa. Quem sabe? Talvez seja um canhão que só Deus. Ah minha nossa. E se for uma Jocelyn Wildenstein da vida?

Eu me mato, falo sério. Antes da lua de mel, claro.

- M-Mas, Shi-Shikamaru... – disse vegetando – ...como é a minha esposa?

- Sasuke, meu filho, respira! – Naruto apareceu com uma revista e começou a me abanar. – Isso, não morre não! – ele disse preocupado.

- Sasuke, calma! Você acha que eu sou o que? – o Nara balançou levemente os meus ombros. – Sua esposa vai ser, com todo respeito, gostosa pra porra! Você devia me agradecer pelo resto da sua vida.

Respirei aliviado.

Mas, ai meu Deus... e se ela for neurótica? E se ela for controladora? E, pior, se ela for neurótica e controladora?

Vou me jogar de uma ponte.

- Não que esse mínimo detalhe tenha alguma importância, mas, tipo... quem é a minha noiva? – disse olhando cinicamente praquele filhote de cruz credo.

Shikamaru sorriu um sorriso no melhor estilo oi-eu-tenho-trinta-e-dois-dentes.

- Sakura Haruno.


N/A: Oi povo lindo que eu amo demais! *-* Tudo de boa? Pois é, mais uma fic minha pra vocês lerem! Haha, vão ter que me agüentar ainda mais tempo! Eu sei que ainda falta o capítulo dezenove – E ÚLTIMO, PRA MINHA TOTAL INFELICIDADE. Poshaa', amo muito aquilo, tipo, meu filho caçula. Mas ok, eu supero. - de "It's nor true, is it?", e continuar "Doctor's dog", mas eu tinha que postar essa aqui! Eu já tava projetando há um tempo, e eu tenho várias idéias. To bem animada, fatão!

Dudes, essa cap foi eu mesmo que corrigi porque deu um probleminha com a minha beta, mas nos próximos já vai ser a Nina-gatona que vai betar okay? Desculpem qualquer erro! (:

Ah é, pra quem nunca ouviu – mesmo que isso seja meio difícil, porque, convenhamos, eu não calo a boca e não paro de falar isso. É meio que uma mania, sacam? -, "dude" é uma gíria que significa algo como: "cara", "mano". Gosh, como eu amo falar isso! *O*

Mas e então, gatos e gatas da minha life, o que vocês acharam? Bom, eu devo a "The Crucks" à McFly, All time Low, Boys like Girls, The Maine... meus musos, forevá! *-*

Mas então… Poor Sasuke! Se ferrou, nosso solteirão a base de sexo vai ter que ir pra forca! Poshaa', não me culpem, adoro sacanear com o meu moreno-sexy-seduction-Uchiha-baby! xP

Divas, tchau, I have to go now, I have to go now… (8) POAPSOAPOSPOAPOSPAOSPO', zuzu, mas eu tenho que ir mesmo. Vou calar a boca e parar de encher a saco de vocês! ;x

Espero que vocês gostem e mandem reviews, okay? Qual é, clicar ali em baixo não dói e pode acreditar, ... AND I JUST CAN'T STOP SINGING NOW, 'CAUSE IT'S MAKE ME HAPPY! 8D

', sorry dudes, tô no espírito da coisa! Ignorem a louca aqui.

Menos a parte de que mandar review me deixa feliz, isso é sério.

OK, EU JÁ CALEI A BOCA!

McKisses, dudes! ;*

Keiko Haruno Uchiha