17 de abril de 2010.

Resumo: 5x16 Dark side of the moon. Drabble. Joshua é o guardião dos portões. E um anjo, afinal.

Beta: Sem beta.

Avisos: Spoilers do 5x16. Fiquei tão revoltada com o episódio, que pipocou um monte de ideias na minha cabeça, que estou escrevendo aos poucos. Essa é a quinta história baseada no episódio.


Parte do Plano

- E agora?

- Vocês vão pra casa de novo. Temo que dessa vez não será como a última. Desta vez, Deus quer que vocês lembrem.

Joshua mandou os Winchester para casa. Suspirou profundamente, pensando em quão quebrado o mais velho dos dois estava. Em quão vazio ele lhe parecera. A guerra que seus irmãos sustentavam estava acabando com as esperanças de todas as pessoas do mundo. Envolvidos diretos ou não.

Uma luz forte invadiu o jardim botânico. Joshua se virou para o visitante. Olhou-o com reprovação, mas nada disse.

- E então? Você acha que se convenceram? – Miguel perguntou.

- Com certeza.

- E Zacharias?

- Nem desconfia.

- Ótimo. Hora de dar continuidade ao meu plano. Bom trabalho, Joshua.

E sumiu, sem dar tempo de Joshua replicar. Olhou em volta, para as plantas e o ambiente calmo e bonito que Sam e Dean escolheram para seu portão. Ele não gostava de ter passado o recado de Miguel fingindo que vinha do seu Pai, mas este já estava há tanto tempo longe, sem manter contato, que Joshua não sabia o que fazer.

Deus não lhe falava mais, não lhe dava instruções. Estava sozinho e perdido. A única palavra que Joshua recebia era a de Miguel. Que alternativa lhe restava a não ser escutá-lo?

Joshua agitou os dedos e o jardim botânico sumiu. Sentou-se no vazio, esperando pela próxima alma que passaria por ali.

Juntou as mãos e começou a rezar em silêncio pelos Winchester.

FIM