Disclaimer: Percy Jackson não me pertence e tals.


Presente para Lady Murder


Era só um sonho. De novo. Mais uma cena difusa e enevoada em que você corre, o orvalho molhando seus cabelos e sua roupa e seus pés doendo ao fazerem contato com pedras pontudas. As folhas secas estalam sob seu peso. Você corre atrás de uma luz prateada, parada em uma clareira, te chamando para ela. Mas é impossível, Percy. A quem está tentando enganar? Você nunca vai chegar. Você não pode ter contato algum com aquela luz. Ela é inalcançável.

Abriu os olhos e sentou-se na cama. A testa suada como em tantas outras madrugadas. Não conseguira de novo. Quem sabe na próxima noite? Ele só precisava de mais esforço, tinha certeza de que a luz o queria, precisava dele.

Olhou para o lado e surpreendeu-se ao encontrar uma flecha prateada sobre a mesa de cabeceira. Era obviamente mágica e lhe lembrava as flechas que as Caçadoras usavam. Passou os dedos pela haste fria. Havia um bilhete de pergaminho anexado.

"Eu queria, mas não posso. Desculpe."


N/A: Em certo momento, enquanto eu estava escrevendo, me veio à cabeça uma coisa e, por isso, eu tenho que avisar a todo mundo, antes que idéias erradas se formem: O PONTO BRILHANTE NA CLAREIRA NÃO É EDWARD CULLEN! Sério.

Essa drabble está bem bobinha, mas por algum motivo eu gostei dela. Faz tempo que eu precisava escrever algo com Percy/Ártemis e isso foi a única coisa que saiu. Bleh!

E, ela também é um pequeno presentinho para a Murder. Nada comparado à "Madness", que eu ganhei, but...É só porque ela disse que gostava desse casal e é bem difícil encontrar alguém que goste. Espero que tenha, pelo menos, achado fofinha, amora (L)

Reviews?