Apostando o Coração

Disclaimer: Essa história pertence à Miss Kathy90 que me autorizou a tradução. Os personagens em sua maioria pertencem a Stephenie Meyer.

Sinopse: Edward Cullen nunca havia se interessado pela Bella Swan… isso até o dia da posta. Mas o que aconteceria se no final ele terminasse se apaixonando…


Capítulo 32

Edward PDV

— Edward para! – me disse Bella – Me solta – voltou a gritar.

— Oh, não...

Era uma tarde agradável, o dia estava ensolarado e muito quente. Bella estava gritando e forçava para descer, mas era inútil. Eu tinha todo um plano em mente.

—Edward – continuou. – Nãão! – Chorei quando entramos na água – estúpido – deu-me pequenos golpes no peito, enquanto começava a rir, estava completamente encharcada.

— Te amo – murmurei, dando-lhe um beijo. Ela sorriu.

— Acha que por isso vou te desculpar?

— Isso eu espero.

— Ha, pois está muito errado senhor Cullen, isso não vou perdoar – disse séria.

— Bella, você perdoou coisas piores.

— Sim e ao que parece isso faz com que você fique mal acostumado.

— Bella o que quer que eu faça?

— Ajoelhe-se – disse de maneira séria.

— Bella, não sei se esqueceu, mas estamos na água – ela encolheu os ombros. – Muito bem – me submergi.

Demorei mais do que o habitual para sair da água, eu era bom em segurar a respiração debaixo d'água, mas Bella não sabia.

— Edward… – começou a chamar – Edward… Edward não tem graça.

A circulei por baixo da água para ficar atrás dela, Bella continuava me chamando, sai da água e a abracei, ela gritou, e a virei para que ficássemos de frente.

— Tonto – repreendeu-me – Você me assustou.

— Eu só fiz o que você pediu – lhe expliquei de maneira inocente.

— Não volte a fazer – disse com uma careta de desgosto.

— Esta bem.

— E agora será melhor que saiamos daqui, Alice vai ter uma ataque quando me ver, não sabe o que demorou para me vestir essa manhã – acrescentou com um gesto gracioso.

— Sempre podemos dizer que foi minha culpa.

— Isso espero, já sabe como é sua irmã é com respeito à roupa.

— Sim, como não saber?

Estávamos todos na praia enquanto passávamos as férias, os nossos pais tinham decidido que éramos responsáveis o suficiente para nos deixar ir sozinhos para a casa de praia. Embora talvez "responsável" não se aplicasse à minha irmã.

Bella e eu estávamos indos muito bem esses dias na praia, nos havia sido maravilhoso para reafirmar a nossa relação, desta vez sem mentiras. Após a formatura, havíamos passado horas conversando e explicando tudo… depois disso não nos separamos mais do que o estritamente necessário, e, aparentemente, este ano iriamos gastar ainda mais tempo juntos, pois ambos iríamos para a mesma universidade, na verdade, nós todos iríamos tecnicamente para mesma universidade, porque meus amigos tinham recebido uma bolsa de futebol e suas namoradas não queriam ficar sem eles, por acaso a vida pudia ser melhor? Acho que não.

I would have given you all of my heart

But there's someone who's torn it apart

And he's taken just all that I had

But if you want I'll try to love again

Baby, I'll try to love again but I know

Bella e eu ficamos um pouco mais na água, como minha namorada tinha dito a minha amada irmã deu um grito até o céu ao vê-la toda molhada, na verdade minha irmã tomava isso de "moda" muito, muito a sério. Por isso havia decidido junto com Rosalie "sequestrar" a Bells, literalmente. Eu não tinha ideia que elas tinham em mente.

Bella PDV

Isto era mau, muito mau…

Tinha a melhor amiga e também cunhada uma maníaca obsessiva compulsiva da moda e adorava que eu fosse sua "boneca" e tudo era o dobro pior agora que Rosalie havia encontrado mais uma aliada em sua cruzada maquiavélica de "dando estilo a Bella."

Naquela noite, havia organizado uma "noite de casais" na praia, que era uma tradição do lugar onde estávamos. Mas minha cara amiga fazia do momento de divertimento relativamente relaxado como este, um "mega evento" em qual todos deviam estar "apresentáveis" que segundo seu pensamento seria algo como "deslumbrante".

— Allie, Rose, sério não é necessário.

— Vamos Bells… - me disse passando-me um vestido – Esse é perfeito para você.

— Não se supunha que era uma noite "descontraída" – ela assentiu. – Então para que tanto alvoroço?

— Ai Bella não reclame tanto – disse Rose de maneira divertida, já que as duas me empurravam para o banheiro.

— E não nos obrigue a usar a força – me disse Alice. Eu sabia que ambas eram capazes.

The first cut is the deepest

Baby I know the first cut is the deepest

But when it comes to being lucky he's cursed

When it comes to loving me he's worse

Eu não sei como, mas tentar trocar de roupa com Alice era uma provação, ela conseguia apenas me tomar tanto tempo, quando eu tinha acabado estava anoitecendo. Os meninos estavam esperando fora da casa, à praia estava relativamente perto, por isso decidimos ir a pé.

Edward pegou minha mão e entrelacei os seus dedos com os meus.

— Você está linda – sussurrou em meu ouvido, só esperava que meu rubor não se notasse no escuro.

— Obrigada – murmurei – Você também está bem.

Caminhamos até chegar à praia, tudo estava iluminado por tochas e lanternas coloridas pequenas, era uma noite cheia de estrelas e lua cheia, a música do lugar era muito boa, havia muita gente quando chegamos.

I still want you by my side

Just to help me dry the tears that I've cried

And I'm sure gonna give you a try

But if you want I'll try to love again

Baby, I'll try to love again but I know

Chegamos mais perto da praia e nos misturamos na multidão que dançava alegre; Eu não sei quanto tempo nós estivemos dançando e rindo, só sabia que essas eram as melhores férias da minha vida e não queria que acabasse nunca.

— Vem – Edward disse estendendo sua mão.

— O que foi? – perguntei segurando-a.

— Siga-me, ok?

— Tudo bem.

Começamos a nos afastar da multidão, caminhou ao longo da costa, a água quente mesmo durante a noite refrescava nossos pés descalços, o luar iluminou o nosso caminho.

— Edward aonde vamos? – perguntei, e ele virou para ficar de frente a mim.

— É uma surpresa – franziu a testa.

— Sabe que não gosto de surpresas.

— Eu acho que esta vai gostar.

Continuamos caminhando, chegamos perto do final da praia e depois paramos.

The first cut is the deepest

Baby I know the first cut is the deepest

But when it comes to being lucky he's cursed

When it comes to loving me he's worse

O show que nos deu o céu noturno era simplesmente lindo, não havia outra palavra para descrevê-lo, a lua estava branca, enorme e quase ao alcance da mão… e as estrelas brilhavam no céu com um brilho inigualável.

— E...? – perguntou-se Edward.

— É lindo – disse sem tirar meus olhos do céu.

Edward me abraçou por trás e apoiando o queixo no meu ombro, seu hálito doce acariciava meu pescoço, as mãos repousavam na minha cintura. Passamos um longo tempo assim, abraçados contemplando o espetáculo da noite.

— Bella – disse Edward

— Sim? – perguntei girando em torno de mim para ficar de frente a ele.

— Te amo.

— E eu a você – lhe disse dando-lhe um curto beijo.

— Tenho algo para você.

— Para mim? Edward meu aniversario é em... – colocou um dedo sobre meus lábios.

— Shh... não preciso que seja seu aniversario para dar-lhe algo — ia protestar, mas seria inútil; nesse momento se notava que ele e Alice eram gêmeos.

Edward pegou algo no bolso, tirou uma caixa de joias, colocou em minhas mãos, abriu ... lá dentro estava um pingente de prata com a letra "E", eu olhei para ele com os olhos um pouco abertos.

— Isso - disse pegando - é para que não esqueça como eu te amo… e eu sou seu… – disse colocando a corrente no meu pescoço. O pingente de prata brilhando debaixo da luz do luar.

I still want you by my side

Just to help me dry the tears that I've cried

But I'm sure gonna give you a try

'Cause if you wanna I'll try to love again

Baby, I'll try to love again but I know

— Edward – murmurei emocionada.

— Shh… te amo Bella, e acho que nunca vou me cansar de dizer, assim como nunca vou cansar de agradecer por ter me dado outra oportunidade.

— Eu também te amo Edward, sempre amei.

— Para sempre – disse aproximando de mim, enquanto me envolvia entre seus fortes braços.

— E para sempre – disse sobre seus lábios.

Edward me beijou só como ele sabia fazer, de maneira doce, suave, mas também intensa. Puxou-me para mais perto do seu corpo e eu enrolei meus dedos em seus cabelos de bronze, no céu a lua e as estrelas seguiam banhando-nos com sua luz.

E quem imaginaria que tudo teria começado com uma aposta?

The first cut is the deepest

Baby I know, the first cut is the deepest

When it comes to being lucky he's cursed

When it comes to loving me he's worse

The first cut is the deepest baby i know

The first cut is the deepest try to love again...

FIM


Obrigada a todos que acompanharam a fic, espero que tenham gostado.

Feliz Ano Novo e nos vemos por ai.

Beijos.