• Congele o Tempo •

"Sorrow last through this night
I'll take this piece of you
And hold for all eternity
For a just one second I felt whole
As you flew right through me."

(Sorrow; Flyleaf)

Oh, meu querido Deus, Tu bem sabes que eu poderia fazer isso, porém tende piedade de mim, Senhor, tende piedade e congele esse momento como o mais temido dos Invernos congela os campos. Congele o tempo, Deus, enquanto os lábios de Guilherme dominam os meus.

Pense em todo o meu sofrimento, Senhor, quando os lábios dele afastarem-se dos meus. Quando ele me sorrir aquele sorriso cruel e se afastar, levando consigo tal desejo ensandecido que nos domina quando se encontram nossos olhos. Imploro por misericórdia, Tu sabes que congelo aos poucos longe dos beijos fogosos de Inverno. É apenas no gelo que encontro calor. Tu podes ouvir minha prece, Senhor? Tende piedade de mim.

Então, congele o momento, Pai. Congele esse segundo em que sinto o coração aquecido por pedras de gelo. Porque quando Guilherme me toca dessa forma, já não posso encontrar minha voz. Por isso, Senhor Pai do Céu, imploro humildemente, congele o tempo enquanto os lábios de Guilherme me queimam. Como o Inferno.

Oh, meu querido Deus, congele o tempo.

Nota da Autora:

Ah, Senhor, permita que a droga do FF não acabe com a formatação da minha fanfic. [De novo, diga-se de passagem!]

Para Srta. Abracadabra T.

E é só porque ela escolheu o fandom.

E porque ela escreve as melhores fanfics de 'Os Sete', ever.

E porque eu fico dando satisfação para vocês, hm?

Bom proveito, Abra!

Reviews ou jogarei um feitiço dos brabos em você.

(Provavelmente um Hocus Pocus da vida.)