Disclaimer: Harry Potter não me pertence. Mimimi.

Avisos: Projeto Cotton Candy da seção BP do 6V. Item onda, imagem 3.

-x-

Num indo e vindo infinito

"Vou ter que viajar de novo. Sabe como é, meu pai mandou e tudo." Ele dissera, com aquele sorriso idiota no rosto e as desculpas ainda mais idiotas. "E... volta antes do dia 12?" Ela perguntara, tentando, em vão, parecer o menos interessada possível. "Não."

Pansy não sabia o que estava fazendo. Só abriu os olhos e percebeu que já estava ali, naquela praia. Sapatos na mão, cabelos desgrenhados e coisas demais para pensar. Andava sentindo a areia sob os dedos, permitindo-se um leve sorriso ao notar a sensação de conforto que isso lhe proporcionava. Olhou para os lados, mas não havia ninguém. Só ela e o barulho do mar. Apertou um pouco os olhos e conseguiu ver a casa, ao longe, onde estava por aqueles dias.

Não se lembrava de ter andado tanto.

Parou, pensando em voltar, mas a visão do mar a parou. Num arrepio de frio, abraçou-se e enfim notou a blusa anormalmente grande que usava. Com força, jogou os sapatos na areia e quase jogara a blusa também, mas o frio a impediu.

- Droga de Blaise. – Murmurou.

Em toda caminhada, forçou-se a esquecer porque estava ali. O porquê de ter saído da casa às pressas, ainda com a blusa dele sobre o corpo. Mas as palavras dele não lhe saíam da cabeça e a imagem dele arrumando as malas para ir mais uma vez pareciam querer substituir a do mar à sua frente.

Uma onda um pouco maior que as outras quebrou aos seus pés, molhando-os, antes de retornar ao mar. Sorriu, amargurada. Blaise era como as ondas. Que vinham, insistentes, cada vez maiores e quando atingiam seu pico, seu objetivo, quebravam e marcavam quem estivesse perto. Mas logo depois voltavam e desapareciam.

Só para repetir tudo outra vez.

Jogou-se no chão, sentando. Um prazer pessoal de saber que estava sujando a blusa de areia. As ondas pareciam mais fortes e molhavam ainda mais seus pés e por um momento perguntou-se se não tinham levado seus sapatos.

- Não vai querer perder isso, vai? – Os sapatos caíram, molhados, ao seu lado e Pansy encarou, surpresa, Blaise sentando-se na areia.

- Você! O que...

- Ah, vai, eu sei que você quer que eu fique aqui a tempo do dia dos namorados. – Deu de ombros, sorridente, e aproximou-se para beijar a garota, que desviou.

- Acho que não, Zabini. – Falou, tentando parecer o menos trêmula possível.

Mas a boca de Blaise já estava a centímetros da dela e todo e qualquer pensamento contra o garoto incrivelmente sumira de sua cabeça. Quando se separaram do beijo, as testas permaneceram coladas.

- Desculpe... – Blaise murmurou, engolindo o orgulho.

Pansy assentiu. Sabia que ele provavelmente só estava quebrando novamente, marcando-a, molhando-a, mas preferiu não pensar. Blaise beijou-a novamente.

Era só não pensar que ele voltaria para o mar, só isso.

::

N/A: Gzuis, minha primeira BlaisePansy. Adoro esse casal e nem sei por que demorei tanto para escrever algo dele. Era para ser mais fluffy, por ser para o projeto Cotton Candy, mas essa ideia veio e resolvi escrever. Espero que não tenha ficado tão ruim.

Reviews?