N/A: Fanfic dedicada à Adriana Swan, por toda a empolgação dela com o Projeto The Road Diaries do fórum Marauder's Map. Já que ela ama o Castiel e gostou da idéia dele tomando sorvete (mas quem não gostaria? D:) e porque eu queria fazer uma mini-Dastiel. xD Espero que goste, Dri.


Ice Cream

"Sam! Cas! Trouxe sorvete!" Com essas simples palavras, Dean fez com que Catiel aparecesse, curioso. Franzindo o cenho, o loiro lhe perguntou onde seu irmão estava.

"Está no banho." E, com isso, o anjo sentou-se à mesa, vendo o outro pegando colheres. Ele deixou uma sobre a mesa e entregou outra para o anjo, que logo a pegou. Castiel ficou encarando a colher, sem saber o que faria, mas então Dean enterrou a própria colher dentro do pote e retirou uma boa parte de sorvete.

"Quer ajuda?" O loiro perguntou, com a boca cheia de sorvete. Castiel olhou novamente para a colher e assentiu para Dean, que revirou os olhos. "Dê essa colher aqui."

E o anjo entregou-lhe a colher. Dean pegou um pouco de sorvete com a colher e chamou o anjo para se aproximar. Castiel foi para mais perto do loiro e ficou encarando-o, curioso.

"Abra a boca, Cas." E o anjo abriu a boca. Dean depositou a colher ali e Castiel fechou a boca, deixando o sorvete ficar dentro desta enquanto Dean retirava a colher devagar. "Gostou?"

Castiel assentiu, abrindo a boca após engolir. Dean ergueu uma sobrancelha, como se perguntasse se o anjo estava sério em relação a fazê-lo lhe dar sorvete na boca, mas o moreno nem ao menos pestanejou.

E então Dean dava algumas colheradas de sorvete para Castiel e usava a mesma colher para poder comer também. E foi nessa situação em que Sam os encontrou, minutos depois.

"Cara, você sabe que isso é muito gay, certo?" Castiel o olhara curioso, enquanto Dean ruborizou-se e ficou emburrado.

"Eu só estava ajudando ele a comer o sorvete e...!"

"Tá, Dean, eu mudo de assunto." Que ele mudaria de assunto era verdade, mas Sam continuava com aquele sorriso debochado no rosto, juntando-se a eles na mesa. Dean não gostou nada daquilo, mas quando se virou na direção de Castiel, esse voltara a abrir a boca.

E mandando tudo para o inferno, ele voltou a dar sorvete na boca de Castiel. Sam não falou nada, mas continuou com aquele sorrisinho no rosto. Maldito Sam e seu sorrisinho debochado! Mas, principalmente, maldito Castiel e sua inocência!