(thank u very much, TRdancer! I really loved your work and hope you never stop writing Twilightfics :-) for our own sake!)


Lembrando que Twilight não me pertence.

Imagina só...

- Você está certa disso? - Alice me perguntou, seus olhos caramelo me observavam atentos. Eu considerei seriamente sua pergunta.

Fitei Alice por um longo tempo. Minha expressão ainda insegura. Eu queria tanto ser uma vampira, viver o resto dos meus dias com o Edward e com os Cullen, mas tinha que ser agora? Eu ainda tinha tantas coisas para fazer, Charlie iria querer saber aonde eu fui, Jake ficaria furioso (e eu me sentiria culpada por não avisá-lo). Edward se sentiria traído, sem dúvida, por eu ter tomado essa decisão pelas suas costas.

Bom, Victoria estava me procurando, então teria um ponto a favor: ela não seria capaz de me destruir tão facilmente. Eu não seria mais um ser humano frágil, inútil, sentada na primeira fila assistindo aqueles que eu amo morrer.

Mais que tudo nesse mundo, até mesmo pro Edward, embora eu fizesse isso por causa do meu amor por ele, eu também não queria ser mais um fardo para os Cullen. E foi pensando nisso, que concordei com a cabeça.

- Eu tenho certeza, Alice. – Respondi. - Eu quero ajudar na luta, não quero ficar escondida em uma caverna a 3000 mil anos luz de distância.

Alice olhou pra mim, sua expressão cheia de emoção e de repente em um daqueles movimentos rápidos de vampiro, ela me pegou e me abraçou bem apertado. Eu tossi um pouco então ela afrouxou o enlace, se afastando um pouquinho.

- Assim que eu acabar de te transformar, vou te levar correndo pra nossa casa. Então, telefonamos pro Charlie e dizemos que você vai passar um final de semana com a gente. E o resto, a gente resolve mais tarde.

Eu concordei com Alice e ela se inclinou para o meu pescoço, seus braços cuidadosamente me envolvendo. Pressionou os dentes no meu pescoço, mas hesitou.

Naquele exato momento, que você poderia considerar certo ou errado, um segundo antes de Alice cravar os dentes em mim, Charlie entrou bruscamente no quarto.

- Hey, Bells! Eu estava... Alice? O que você está fazendo aqui?

Eu saí dos braços da Alice. Ela foi sensível o suficiente para afastar seu rosto do meu, mas o choque de Charlie ao surpreendê-la a deixou sem fala.

- Hey, pai. - Eu disse num fio de voz. O que ele deveria estar pensando do modo como Alice pressionava seus dentes contra meu pescoço?

- Bella, você é lésbica?

Bom, acho que essa pergunta responde a questão anterior.


Oi, pessoal!

Então, essa tradução já é aaaaantiga! Mas, havia alguns erros e tal, por isso resolvi editar.

Bom, o que acharam da fic. Deixem um review :D *sou uma tradutora muito curiosa* :)

Bjinho

Hime ;D