14 de fevereiro

Ouvi um som vindo do sofá da sala comunal. Virei a cabeça e vi o rosto bobo de James Potter à minha frente. Ele sacudiu a cabeça, tornando seu cabelo já bagunçado em um ninho construído por um passarinho epilético.

- Oi, Lilly - seu tom era surpreso, seus olhos sonolentos.

- Potter, o que você está fazendo aqui?- não consegui segurar.

- É uma sala comunal, Lilly – explicou-me enquanto sorria.

-Você sabe que não foi isso que eu quis dizer- revirei os olhos e sentei no mesmo sofá que ele.

-Ah, lógico! Você está se perguntado por que eu, James Potter, a estrela do time de quadribol está sozinho esta noite, certo?-seu tom era arrogante, como sempre.

-Sim- o meu tom também.

Ele passava a mão na nuca, enquanto procurava as palavras certas com uma ex pressão pensativa.

-Não encontrei uma namorada à tempo- disse no momento em que levantou os ombros. Um sorriso discreto passou por sua boca- E você, Lilly?

-Realmente, encontra alguém que te queira deve ser impossível- falei com ironia. Uma gargalhada triunfal quase me escapou.

Potter fingiu ter sido atingido por minhas palavras. Seu rosto era o mais falso possível. Depois soltou uma gargalhada por mim, sua voz levemente rouca preencheu a sala.

-E você, Lilly- inclinou a cabeça ligeiramente me olhando de baixo para cima, por conta da luz da lareira seus olhos pareciam avermelhados, como tijolo.

-Caso você não se lembre temos dever Transfiguração para segunda.

-Isso me parece uma desculpa esfarrapada, Lilly- um sorriso sarcástico moldou seu rosto-Também é difícil encontrar alguém que te queira?

Ah, idiota! Ele menos desagradável quando sorria de uma orelha á outra!

-Lógico que não, Potter- falei de modo calmo, mas desviei o olhar. Sabia que estava vermelha.

-Quer fazer uma aposta? Se você não encontrar ninguém no ano que vem, nós saímos- ele não me deu tempo para responder- Se você encontrar eu nunca mais aporrinho o Snivellus.

Isso parecia bom demais para ser verdade.

-O que te faz tão confiante, Potter? Porque eu tenho certeza que você morreria se parasse de mexer com o Snape...

Ele riu.

-É porque sei que você vai sair comigo, cedo ou tarde .

Sorriu largo, estreitando os olhos. Parecia até bonito, atrasando minha reação.

Joguei ama almofada, mirando em sua cabeça, mas ele era muito rápido. James sempre desviara quando lhe joguei algo.

-J/L-

N/A: Essa fic James/Lilly é dedicada à Souhait .

Se gostarem mandem reviews- se não gostarem tbm.

O próximo capítulo virá em dez dias.