Normal: narração e fala

Itálico: pensamento

A paixão de um amnésico

Capítulo 1.

Voltar da casa de um amigo quando já é tarde da noite não é uma boa coisa, principalmente por ruas que você corre perigo. Entretanto, um certo jovem de 16 anos não sabia disso.

O nome dele era Cody, que havia participado do reality show de Chris McLaine. Ele tinha ido visitar Noah e, embora este o tenha convidado para dormir em sua casa, Cody afirmou que poderia achar o caminho de volta sozinho.

Cody: *com um pouco de medo* Tô começando a achar que essa foi uma péssima ideia!

Pra aumentar mais ainda seu medo, sentia que estava sendo observado, mas não sabia por quem, pois não via pessoas nas ruas.

Voz 1: Está perdido?

Só aí que Cody notou pessoas na rua, a maioria mulheres. E, pela expressão delas, estavam com segundas intenções.

Cody: *escondendo o medo* Não, não estou!

Mesmo assim, isso não afastou as mulheres, 4 no total. Elas chegavam cada vez mais perto, cercando Cody dentro de um beco-sem saída, e este não conseguia escapar.

Cody: *assustado* E agora, o que eu faço? Se fossem homens, poderia bater neles pra fugir! Mas sendo mulheres, não é a mesma coisa! Se é dinheiro que vocês querem, podem parar de me cercar que eu não tenho nenhum tostão!

Mulher 1: Não queremos dinheiro! Aqui é o beco das foras-da-lei, fugitivas da polícia! Mas não fomos presas por roubar, e sim por "atacar" garotos bonitos que passam pela rua! E agora que estamos livres, voltamos aos "negócios"!

Mal ela terminou de falar, outra mulher prensou Cody contra a parede e, após arrancar a camisa do mesmo, começou a beijá-lo no pescoço.

Cody: Isso não tá acontecendo! Nunca tive namorada em meus 16 anos de vida e agora estou sendo abusado por 4 mulheres?

Mulher 3: *notando o medo dele* Não se preocupe que seremos carinhosas com você... por enquanto!

Cody: *olhar decidido* Tá na hora de esquecer o cavalheirismo!

Cody deu um murro na mulher que o prensava na parede e saiu correndo.

Mulher 4: PEGA ELE!

Quando chegou no fim do beco e ia atravessar a rua, Cody acabou tropeçando e caiu de frente no meio da rua, batendo a cabeça no asfalto e desmaiando.

Mulher 2: *limpando o sangue em seu nariz* Não precisamos correr! Com ele desmaiado, será muito mais fácil!

Mulher 1: *apontando* Acho que não vai dar! LÁ VEM ELA!

As 4 mulheres saíram correndo da "pessoa" que se aproximava de carro. Seja quem fosse, ela ergueu um Cody desmaiado do chão, salvando-o das mulheres.