Normal: narração e fala

Itálico: pensamento

Nazz e Twister: amor de infância

Capítulo 1.

10 anos atrás. Bairro Peach Creek, localizado na cidade de Vancouver, Canadá. Era num playground que se encontravam duas crianças de 5 anos: um menino e uma menina.

Não dava para ver seus rostos, mas o menino usava um boné e a menina tinha cabelo loiro. Ambos brincavam no balanço e se divertiam muito juntos. Foi assim até o dia que o menino se mudou.

Mas uma coisa ficou: a amizade dos dois, que foi representada por um pequeno baú trancado que ambos esconderam numa árvore oca, prometendo que somente o tirariam de lá quando o menino voltasse para Vancouver.


Grito: NAZZ, ACORDA!

Nazz despertou pra realidade com o grito de Sarah. As duas estavam fazendo uma festa do pijama na casa da loira e, no momento, jogavam verdade ou desafio.

Nazz: *despertando* Ah... desculpe, Sarah! De quem é a vez agora?

Sarah: Minha vez! Verdade ou desafio?

Nazz: Verdade!

Sarah: Quem é o seu primeiro amor? Aposto que ela vai dizer o Kevin! Eles estão sempre juntos!

Nazz: *olhar distante* Já faz tanto tempo que eu não o vejo que... nem me lembro dele!

Sarah: *surpresa* De quem você está falando?

Nazz: Do meu primeiro amor, ué! Não era isso que você perguntou?

Sarah: Sim, mas... achei que você fosse dizer o Kevin!

Nazz: O meu primeiro amor foi um menininho que eu conheci quando tinha apenas 5 anos! Não me lembro do rosto dele, mas ele costumava usar um boné diariamente!

Sarah: *interessada* E... você tem algum presente dele ou algo assim?

Nazz: Só um! Mas não é bem um presente!

Nazz pegou sua caixa de joias e tirou de lá uma chave num cordão, onde tinha um nome escrito: Maurice.

Nazz: Essa é a única coisa que eu tenho dele! Ele tem uma cópia, mas com o meu nome! Me pergunto como ele está agora!

Entretanto, numa cidade chamada Ocean Shores, um garoto tinha acabado de espirrar do nada, o que surpreendeu seu amigo Sam Dullard e sua amiga Reggie Rocket.

Sam: *surpreso* Tá com um resfriado, Twister?

Twister: *confuso* Não, esse espirro foi do nada! Alguém deve estar falando de mim!

Reggie: *interrompendo-os* Meninos, o Otto está vindo! E parece bem empolgado!

E estava mesmo. Otto havia sido selecionado para participar de uma competição radical e podia levar 5 acompanhantes.

Otto: E é claro que já tenho em mente quem levar: vocês, meu pai e o Tito! Partiremos amanhã pra cidade onde será a competição: Vancouver!

Twister: *surpreso* Vancouver? Eu já estive nessa cidade quando era pequeno, mas não me lembro direito!

Todo mundo foi arrumar as malas. Na casa de Twister, ele mexia em suas roupas que usava aos 5 anos. Até que achou algo no bolso de um casaco que chamou sua atenção: uma chave num cordão, com o nome "Natálie" escrito.

Twister: *confuso* De onde será que veio essa chave? Meu pai disse que eu a trouxe de Vancouver, mas... não sei quem é Natálie!

Dando de ombros, ele pendurou a chave no pescoço e voltou a arrumar as malas.