Ficha Número 77

Disclaimer: A história pertence a chubieta, os personagens a Stephenie, e a mim somente a tradução.

Sinopse: Edward Masen é um garoto convencido que se vê obrigado a passar um verão com seus tios em Forks, onde conhecerá Bella Swan, uma garota tímida, mas Edward se empenhara em conquistá-la para ter algo de diversão em seu verão.


Capítulo 7 - Pensando Demais

(Traduzido por Julia Spinosa)


Estava três semanas e meia em Forks e, apesar de minha recusa por vir passar meu verão nesta cidade em miniatura, tinha passado surpreendentemente bem. Por um lado, os Cullen eram muito mais... humanos que meus pais, e embora no principio sentia-me um pouco incomodado por seu comportamento, agora sentia-me totalmente a vontade e estava certo que uma vez que voltasse para Chicago, sentiria falta deles, sendo esse último uma novidade para mim, nunca tinha sentido saudades dos meus pais quando estavam viajandoque realmente sentia falta era de Maddie. Mas fora a minha família, a pessoa que estava fazendo com que o meu verão fosse melhor do que esperava, era Bella. Quando a pedi que fosse minha namorada, o tinha feito com um único propósito de ter alguma diversão (no bom sentido da palavra, tinha que ser um suicida para tentar algo mais com Bella, estando tão perto de meus tios), mas tinha-me levado uma boa surpresa ao estar junto dela, realmente me agradava estar com ela, isso também era novo, embora tivesse tido mais namoradas do que podia lembrar, geralmente só estava com elas para me divertir em festas e coisas assim, mas fora dessas situações, as evitava como praga.

Meu namoro com Bella, tinha sido aceito muito bem pela minha família, meu tio disse: "Bella é uma boa menina", minha tia acrescentou: "Estou tão feliz que tinha alguém como ela ao seu lado", Alice disse "São feitos um para o outro", enquanto Emmett rindo começou a cantar "Edward e Bella, sentados embaixo de uma árvore se b-e-i-j-a-n-d-o, primeiro vem o amor...", mas todos gritamos "Emmett!" e se calou. Até Charlie Swan tinha estado de acordo, segundo Bella, porque a única coisa que disse quando soube foi um "oh".

Mas tudo era muito bom para ser verdade, quando Jacob Black ficou sabendo...

***Flashback***

- Jake... temos algo para te contar – sorriu Bella olhando-me de soslaio.

- O que é? – perguntou olhando-nos com a boca franzida.

- Edward me pediu que fosse sua namorada – sorriu para mim – e eu aceitei.

O rosto de Jacob Black se encheu de mil expressões faciais, que refletiam qualquer coisa, menos alegria.

- Jake? – perguntou Bella preocupada.

- Perdão? – disse sacudindo a cabeça – me distrai. Fico feliz por você, Bells – disse com um falso sorriso, que Bella não notou porque abaixou brevemente o olhar. "Desde quando ele diz Bells? Bells? Como a canção de Natal? Jingle Bells?" – Eu também tenho algo para contar – disse interrompendo meus pensamentos – terminei de consertar meu carro.

- Isso é maravilhoso, Jake! – exclamou Bella colocando-se de pé e o abraçando.

- Vamos vê-lo – disse ele, a arrastando até o jardim, enquanto eu os seguia atrás.

- Veja! Bom como novo – "Como novo? Por Deus! Continua sendo um pedaço de lixo!"

- Não seja exagerada – Jacob riu – fiz o melhor que pude, não parece muito bem, mas ao menos serve para andar nele – "Não parece muito bem? Parece horrível!"

- É um grande mecânico, Jake – lhe disse Bella – não acha Edward? – Diabos, por que teve que perguntou isso? Claro não posso dizer que não dou a mínima que tão bom mecânico é".

- Não posso dizer, Bella – sorri – não sei que mudanças fez no carro, é a primeira vez que o vejo.

- Na verdade, me dediquei em modificá-lo por dentro, mantive a aparência – sorriu Jake e de repente sua expressão mudou – Por que não nos espera lá dentro, Bella? Assim não fica entediada enquanto explico para Edward – fez uma careta que ela não viu, mas eu sim – as mudanças que fiz no carro.

- Oh – disse ela levantando as sobrancelhas – são coisas de meninos?

- Nada pessoal – riu Jake – mas é sua decisão – se virou até mim e começou a me explicar, enquanto eu me apoiava contra o carro com meus braços cruzados – O primeiro que tive que fazer foi trocar o motor, o modelo original que tinha, tinha um problema com a temperatura e...

- Esperarei lá dentro – disse Bella e entrou na casa.

- Masen – grunhiu Jacob. Cruzando os braços em minha frente, quando Bella desapareceu de vista, era obvio que queria falar de minha relação com ela, e só estava dando-me o discurso do carro para entediá-la e fazer que se fosse.

- Black – respondi.

- Assim que você e Bella... – começou.

- Sim, eu e Bella... – sorri torto.

- Não estou para jogos, Masen.

- Eu tampouco, simplesmente estava confirmando o que você disse – dei de ombros.

- Olha, Masen – disse empurrando-me contra o carro – Bella é minha melhor amiga é melhor que não a machuque.

- Não o farei – rolei os olhos – tranqüilo.

- Não está entendendo, se a fazer o menor dano... não viverá para contar, amo Bella como se fosse minha irmã e se eu achar que... – não pude evitar rir quando disse isso – O que? – bufou emburrado.

- Não acredito que a quer só como uma irmã, eu amo Alice como se fosse a minha e nem por isso vou ameaçar Jasper, porque isso é o que está fazendo, está me ameaçando... poderia ir até Charlie e dizer que está me ameaçando para que quando encontrassem meu corpo será mais fácil encontrar o culpado – ri.

- Falo sério, Masen, se a machucar...

- Black – o interrompi – você e eu sabemos que não me atreveria machucar, Bella escolheu a mim e é obvio que ela é feliz estando comigo... – o olhei fixamente – e porque você a ama... – Jacob arregalou os olhos como pratos, reprimi o impulso de rolar os olhos, era tão evidente que amava Bella, que até um cego o via, não, correção, até Emmett o via – sabe que se me machucar, vai fazer a ela também – sorri satisfeito – mas de todo jeito, agradeço sua ameaça, digo, sua preocupação pelo seu amor... desculpe, de sua melhor amiga – ri e entrei na casa, deixando Jacob Black furioso chutando o chão.

***Fim Flashback***

E enquanto Bella era minha namorada, não podia evitar que quisesse passar algum tempo com seu melhor amigo, Jacob Black e por essa razão eu estava deitado em minha cama enquanto eles estavam quem sabe onde. Suspirei pesadamente, sentei-me e liguei meu laptop na ficha de Bella, tinha que aproveitar a oportunidade de não tê-la por perto para fazê-lo.

Tiques nervosos: Franze o cenho quando pensa demais em uma coisa. Morde o lábio ou abaixa o olhar quando tem vergonha de dizer algo. Mexe as mãos quando mente.

Não pude evitar sorrir quando escrevi a última palavra, Bella era uma má mentirosa, era totalmente o oposto de mim, meus pais tinham me criado com a idéia de que mentir não era mal quando se tratava de proteger seus próprios interesses, por isso, ser mentiroso era parte de ser um Masen. Mas saber que alguém mentia bem, provocava automaticamente certa suspeita, talvez essa tenha sido a causa, que sentia tão pouco apego aos meus pais, nada podia assegurar que me estivessem dizendo a verdade, mas Bella era tão transparente... que sentia que podia confiar nela. Para mim, isso é grandioso, ela se via obrigada a dizer-me quando ia passar um tempo com Jacob e eu era capaz de mentir quando lhe dizia que não me incomodava que passasse um tempo com Black, porque não acreditava que fosse justo que eu monopolizasse toda sua atenção.

Desliguei o laptop e me deixei cair novamente sobre a cama, enquanto olhava o teto e ouvia as risadas de Emmett no primeiro andar, comecei a lembrar da risada de Bella e como esse idiota do Black a fazia rir muito mais que eu. Segundo tinha ouvido meus companheiros, "o cara ideal é aquele que te faz rir" e baixo esse ponto de vista, Jacob tinha ponto para ganhar, mas... Bella havia escolhido a mim, certo? Mas ela conhecia por mais tempo ao imbecil, se tivesse querido ter algo com ele... o tinha tido... podia atrever a fazer algo. E esses momento sozinhos junto dela, era ideais... e enquanto eu estou aqui como um estúpido esperando que Bella viesse, ele estava lançando indiretas cada vez mais diretas. Diabos. Tenho que fazer algo. Mas para aí! Por que teria que eu fazer algo? E por que dou tanta volta nesse assunto? O que me importa o que Bella faz e deixa de fazer? É minha namorada, é certo e não se atreveria a me trair. Com minhas namoradas anteriores, nunca tinha dedicado tantos minutos para pensar nelas quando não estavam comigo e Bella Swan não seria a exceção. E mais, ela é uma garota como qualquer outra. Nada especial.

- Edward! Edward! – gritou Emmett do primeiro andar, tirando-me dos meus pensamento – Bella está aqui!

Levantei-me rapidamente da cama e corri escadas abaixo para me encontrar com Bella, era uma má idéia que estivesse com Emmett, mas lembro-me de Rosalie estava junto dele. Os outros tinham saído.

- E falando do rei de Roma... – Emmett riu quando me viu – sente-se com os outros, meu querido Edward, estava contando para Bella o que fez enquanto ela estava em La Push com Jacob – acrescentou enquanto eu me sentava perto de Bella.

- E o que foi exatamente o que disse? – lhe perguntei com receio.

- Disse que esteve chorando pelos cantos – sorriu ela – e que murmurava meu nome cada cinco segundo porque não podia viver sem mim.

- Coisas de um típico garoto apaixonado – colaborou Emmett.

- Claro... – rolei os olhos.

- Vamos, Edward, não saiu do seu quarto toda à tarde e apenas disse a palavra mágica Bella, apareceu – riu Emmett.

- Sabe, Rose? Ainda não consigo entender como o suporta – comentei – é tão...

- Adorável? Inteligente? Perfeito? – sugeriu Emmett.

- Não – neguei com a cabeça – idiota, essa é a palavra.

- Talvez ele caiu do berço quando nasceu – acrescentou Rosalie.

- Rosie... – queixou-se Emmett – é minha namorada, tem que me defender, não ficar contra mim.

- Mas seja como seja, também te amo – lhe respondeu dando-lhe um beijo apaixonado.

- Essa é a desculpa mais barata que já ouvi – zombei.

- Chega de se divertir as minhas custas, estávamos falando de você, Edward – disse Emmett.

- Vamos dar uma volta? – perguntei para Bella.

- Claro – sorriu-me.

- Acredita que a levando poderá esconder a verdade? – perguntou Emmett.

- Que verdade? – disse assustado.

- Não, Edward! – continuou Emmett ignorando-me – Não conseguirá me calar! Ela tem o direito de saber a verdade!

- Do que está falando? – lhe perguntou Rosalie confusa.

- De nada – respondeu encolhendo os ombros – Vi isso em um filme e quis dizer. Nunca viram uma cena que quiseram fazer na vida real? Tem uma que adoraria fazer... – disse sonhadoramente – sempre queria dizer ao motorista de um táxi: "Siga aquele carro" – riu.

- Chega – levantei-me e peguei Bella pela mão.

- Aonde vamos? – perguntou.

- Preciso de ar fresco – respondi ainda tenso pelo que Emmett tinha dito, por um momento, fiquei com medo de saber toda a verdade sobre as fichas, se esse fosse o caso... me dava arrepios pensar o que seria capaz de fazer...

- Não se preocupe pelo o que Emmett disse – me tranquilizou Bella – só tem alma de criança – riu.

- Sim... – suspirei – Como foi hoje? – perguntei mudando de assunto.

- Bem! – exclamou animada demais para meu gosto.

- Fico feliz – respondi com um sorriso. Tinha que atuar como o namorado compreensivo.

- Mas senti sua falta – sussurrou ela corando levemente.

- Eu também – menti e me abaixei para dar-lhe um beijo suave nos lábios.

- Edward...

- Diga.

- Sério que não te incomodou que sai com Jake? – perguntou com o olhar voltados ao céu.

- Claro que não – respondi reprimindo o desejo de dizer "É claro que me incomodou de ter saído com esse imbecil, como é possível que não tenha se dado conta disso?" – Ele é seu melhor amigo e entendo que o conheça por mais tempo e tenha um vinculo especial com ele – sorri.

- Mas...

- Mas nada – a calei colocando um dedo em sua boca – Sei que você é minha namorada e confio em você. Além do mais você é livre para ficar com quem você quiser, em pensar que eu não sou a pessoa favorita de Jacob – ri na intenção de alegrar o tom da conversa.

- Você é tão perfeito – sussurrou Bella.

- Duvido que isso seja verdade – brinquei – sua opinião é muito parcial.

- De qualquer forma, para mim você é perfeito – insistiu e me deu um beijo apaixonado.

- Veja – sorri – se vai me beijar assim quando pensar que sou perfeito... me esforçarei para ser.

- Uma das características do garoto perfeito é que você cala a boca quando sua namorada quer beijá-lo.

- Oh, perdão – ri e nos unimos em um beijo intenso...

Depois que Bella se foi, voltei para meu quarto e deitei-me na cama, talvez Emmett tinha alguma razão, sem Bella não teria motivos para sair daqui. Mas não era porque estivesse apaixonado... como poderia estar apaixonado por alguém que conheço a menos de um mês? Além do mais ela é tão diferente de mim... "Os opostos se atraem" me lembrou uma voz dentro da minha cabeça. Não. Devo reconhecer, que eu gostava de algo em Bella, mas não lhe tinha pedido que fosse minha namorada, mas estar apaixonado era uma palavra tão... forte, além do mais, o que Emmett sabe sobre o amor? E que problema tinha se passava todo o dia trancado no meu quarto? Em Chicago fazia o mesmo, mas estava em festas ou na escola, estava em meu quarto. É por acaso é um crime querer estar sozinho? Não, é Emmett, ele que estava mal, não eu. Enquanto... eu gostava de ter Bella por perto, quem não gostaria de ter alguém a quem beijar e que pensava que você era o mais perfeito do mundo? Todos gostam que levantem seu ego, e eu não sou a exceção à regra. E tampouco é que corra atrás de Bella, isso nunca, mas sou o suficientemente inteligente (parte da minha perfeição) para dar-me quando que Emmett é uma má influencia para Bella, se gasto mais tempo com ele, estaria convencido que eu só vivo em função dela, que até respiro por ela, assim que é melhor afastá-la dele, para mim é muito familiar. Mas... isso seria inconseqüente... acabo de dizer para Bella que é livre de escolher com quem ficar, mas eu evito que se junte com Emmett.. Uhm... não, não acredito que se dê conta, além do mais sempre poderia usar a desculpa que gostaria de passar "um tempo sozinhos", mas não posso usar a mesma todo o tempo, seria suspeitoso. Arg! Emmett como te odeio! Por que se interessa tanto em dizer a Bella que eu estou apaixonado por ela? O que ganha com isso? A menos que... se eu estivesse apaixonado, e como sempre passa nesses casos, seria o último a saber. Estarei apaixonado por ela? Não. Nunca. E mais, nem sequer devia estar o considerando... Apaixonado... Rá! Definitivamente, o frio de Forks estava afetando minha sanidade. Eu apaixonado por ela! Em seus sonhos, Bella Swan!


Ai Edward, então está se sentindo bem em Forks agora rsrs O quão errado será que ele está? Será que está apaixonado e se recusa a ver?

Deixem suas opiniões!

Beijos e até semana que vem

xx