Norma: narração e fala

Itálico: pensamento

Prólogo.

Já ouviram o ditado "a paciência um dia acaba"? Porque, se não ouviram, acreditem: ele tem um pingo de verdade.

Quem leu o mangá 17 de Love Hina, deve se lembrar de quando Keitarô quebrou a perna e foi para o hospital, pouco depois de entrar na Toudai. Ele dividia o quarto com uma mulher americana um pouco mais velha do que ele, chamada Jane, e os dois eram grandes amigos. Ela, inclusive, começou a se apaixonar por ele.

Entretanto, ao voltar para a pensão, Keitarô teve uma briga feia com Naru e acabou levando um soco novamente. Foi quando percebeu que sua paciência tinha se esgotado, principalmente por apanhar muitas vezes por nada, e decidiu ir embora da pensão, arrumando suas coisas de madrugada e deixando apenas um bilhete.

No bilhete dizia que já estava farto de apanhar, principalmente da Naru, e que iria para os Estados Unidos trabalhar como arqueólogo, pedindo pra que não fossem atrás dele. Nada iria fazê-lo mudar de ideia, pelo que dizia no bilhete.

E foi nos Estados Unidos que Keitarô mudou de vida... até ter que voltar ao Japão em pouco mais de um ano.

Hércules Urashima

Capítulo 1.

Um ano e meio havia se passado desde que Keitarô deixou a pensão. Haruka estava na casa de chá, varrendo o chão, e só parou quando ouviu a chegada do carteiro.

Haruka: Eu recebo!

Olhando as cartas, um telegrama chamou sua atenção, pois era de Keitarô. Rapidamente, ela foi contar às garotas sobre isso.

Shinobu: *animada* O Keitarô vai voltar?

Haruka: Sim! Eu pedi que ele voltasse a ser o gerente da pensão e consegui convencê-lo, mas ele disse que só voltaria com uma condição!

Naru: *desconfiada* Qual?

Haruka: Ele estará trazendo pessoas com ele, e quer que eles fiquem na pensão, ou nada feito!

Motoko: Quem são as pessoas que ele irá trazer?

Haruka: Keitarô não deu muitos detalhes no telegrama, só escreveu que são 4 pessoas: um cientista, uma mulher e os dois filhos dela, que são um menino de 11 anos e uma bebezinha de apenas 1 ano!

Naru: *indignada* ELE VAI TRAZER DUAS PESSOAS DO SEXO MASCULINO? ISSO É UM DORMITÓRIO FEMININO!

Haruka: Eu sei! Mas ele é o gerente, esqueceram? E essa foi a condição dele pra voltar a gerenciar a pensão! Ou vocês não querem que ele volte?

As garotas conversaram entre si e tomaram uma decisão. Muito a contragosto, por parte de Naru e Motoko, aceitaram a condição de Keitarô.

Kitsune: *sorriso maroto* Pode ser interessante! Vai que esse cientista é um tremendo gato? Posso investir!

Com a resposta afirmativa das garotas, Haruka ligou para Keitarô e confirmou tudo.