Normal: narração e fala

Itálico: pensamento

Capítulo 9.

Naru, que estava a alguns metros de distância de Raymond, notou o controle nas mãos dele.

Raymond: Agora eu te tiro da corrida de vez, Urashima!

Naru: SEU TRAPACEIRO!

Naru correu até ele e lhe deu um murro, fazendo-o cair pra trás. Infelizmente, foi em cima do controle, que ativou um pequeno foguete que tinha sido colocado embaixo do skate de Keitarô.

Keitarô: AAAAAAHHHHHH!

Ele saiu voando e acertou Shina, que estava bem na sua frente. Os dois caíram no meio da pista e a garota bateu a cabeça, ficando desacordada. Quanto ao Keitarô, só aí ele descobriu o foguete embaixo de seu skate.

Keitarô: *tirando o foguete* A Okuni estava certa: os Emo Powers são capazes de tudo pra vencer, principalmente o Raymond! Bom, melhor eu voltar pra corrid... AAAIII!

Keitarô sentiu um dor horrível e logo descobriu o porquê: na queda, havia torcido o joelho e não conseguia se levantar. E o pânico aumentou quando viu Raymond, já recuperado do murro de Naru, passou por ele, rumo à linha de chegada.

Keitarô: Já sei como vencer! Só espero que dê certo!

Keitarô sentou em seu skate e usou seu poder, o poder do ar, como um motor. Raymond ficou chocado quando seu rival passou por ele e atravessou primeiro a linha de chegada.

Apresentador: *empolgado* VITÓRIA DOS ROCK SKIES!

As garotas da pensão Hinata vibraram, principalmente Naru. Tanto que, depois que Keitarô deu um jeito na torção do joelho e recebeu o troféu de ganhador, ela lhe deu um beijo de cinema que fez todo mundo assobiar.

Naru: *empolgada* MEUS PARABÉNS, KEITARÔ!

Raymond: *emburrado* É... parabéns! Mesmo sendo um velho gagá, você ainda tem jeito!

Keitarô: *ignorando o "velho gagá"* É, valeu! Mas não se esqueceu de nada?

Raymond: *suspirando* Trato é trato!

Ele ativou seu poder e devolveu a energia que sugou das mulheres, fazendo-as despertarem do coma. Incluíndo Shinobu e Okuni, esta sem entender o que houve.

Entretanto, junto com a festa da vitória, veio também a despedida.

Sakamoto: É, foi legal rever tudo isso de novo! Bom, acho que é hora do adeus!

Kaito: Não é um "adeus", é um "até logo"! Se depender do Raymond, ainda o enfrentaremos outras vezes! E podemos conversar pela webcan de nossos relógios-comunicadores!

Okuni: Verdade! E boa sorte com o namoro, Kei-kun!

Os quatro deram um abraço de grupo, mesmo que todo mundo achasse isso esquecido. Não importava a idade que tinham, as "aventuras" estavam só começando.

E, se dependesse de Raymond, ainda seriam muitas.

FIM!