Era difícil agir naturalmente ao redor do Simon do presente. Dês do começo Alisha os via como dois Simons, o do presente e o do futuro, o que ela agora se acostumara a se referir como o Simon dela, o que ela amava. Fisicamente mal dava para ver qualquer diferença física ,as mesmas feições jovens, até o mesmo corte de cabelo, embora supunha sobre esse ultimo já ser esperado ,Simon era bem o tipo que cortava o cabelo do mesmo jeito dês dos seis anos e manteria cortando do mesmo jeito pelo resto da vida, isso a fez sorrir por um segundo até se lembrar que isso acabou sendo verdade. Ela achava estranho como mesmo com isso conseguia saber imediatamente qual era qual ,sendo que em comportamento e personalidade só havia uma diferença, só pela maneira como a olhavam e diziam o seu nome ,o seu Simon confiante ,olhando-a nos olhos, sabendo que ela prestaria atenção em cada palavra que dissesse ,e o do presente hesitante, tropeçando nas palavras ,como se não se achasse digno o suficiente para sequer falar com ela. Antes ela sequer o percebia, agora que o seu Simon morrera, não conseguia parar de notá-lo, cada detalhe, cada movimento, cada comentário aleatório ,cada reflexo do homem que ele viria a se tornar.

-Tem alguma coisa no meu rosto ?- ele disse de repente quase que a tirando de um transe.

-O que ? Não. Por que você acha isso ?

-Por que você está me encarando.

-Se tivesse alguma coisa eu teria te dito.

-Obrigada Alisha, você é muito gentil.

Ele colocou os fones de ouvido, lhe deu um aceno discreto e foi embora. Ao ver ele saindo ela não conseguiu evitar de dar um sorriso meio triste. Ela sabia que não era gentil, ele era. E ele já estava se tornando o seu Simon.