Annie tinha dezenove anos portanto ele não iria para a cadeia ou sofreria nem um outro tipo de repercussões legais por fazer aquilo, isso lhe dava um certo alivio, como se livrar de um problema em potencial sempre trazia a Jeff Winger. Mas ao beijá-la pela segunda vez (e a primeira que poderia vir a lhe trazer conseqüências reais) ele não conseguia evitar de se sentir um pouco culpado, ela era muito jovem e agia como tal e ele tinha muitas falhas em seu caráter ,estava muito ciente disso (na verdade se orgulhava bastante de algumas), mas um fetiche por Lolitas nunca foi uma delas, pelo menos não antes de Annie Adderal. Se fosse alguns messes antes ele provavelmente nem teria ligado ,notaria por um segundo e depois catalogaria mentalmente como mais um item na sua longa lista de deslizes de caráter , ele ainda era o tipo que fazia coisas erradas mas graças aquele estranho grupo de pessoas com quem ele se evolvera no último ano também era o tipo que se importava de fazê-las e relutantemente também era o tipo que as vezes evitava de fazê-las em primeiro lugar, ele sabia que nunca ia ser um dos bonzinhos mas por eles ele estava disposto a tentar em algumas situações, e no momento que a beijou ele sabia que aquela seria uma delas.

Era só um beijo e era só nisso que iria ficar, assim que seus lábios se separassem dos dela ele lhe diria que aquilo havia sido um grande erro e que eles nunca fariam aquilo de novo. No entanto um segundo após seus lábios se separarem ele a estava beijando de novo, e sabia que provavelmente o faria por mais cinco ou quem sabe dez vezes antes de falar com ela ,afinal ele ainda estava em recuperação, eventualmente ele faria o que era certo mas ali com Annie Adderal em seus braços tal momento parecia confortavelmente longe.