Normal: narração e fala

Itálico: pensamento

Capítulo 9.

Itachi: *reconhecendo-os* Ora, ora, há quanto tempo não vejo vocês: Naoko Namikaze e Ayame Ichiraku, meus antigos companheiros de equipe.

Sasuke, que ainda estava consciente, ouviu o que seu irmão havia dito.

Sasuke: Agora me recordo de onde Itachi o conhecia: Naoko foi seu companheiro de equipe, junto com Ayame!

Kisame: Entendi: esse loiro é o Jinchuuriki mais velho. Bom, a Akatsuki queria um Bijuu, mas o que acha de levarmos dois, Itachi?

Naoko: *usando o chackra da sua Kyuubi* QUERO VER TENTAR!

Kisame tentou usar a Samehada em Naoko, mas o loiro era rápido, tanto que até mesmo Itachi tinha dificuldade para ver seus movimentos.

Naoko: *olhando para os pés de Itachi* Vamos ver se você continua sendo o primeiro da classe, Itachi.

Os dois começaram uma batalha ali mesmo, e até mesmo Kisame estava impressionado: não era sempre que alguém conseguia lutar no mesmo nível que Itachi. Claro que, distraído com a luta, havia se esquecido de Ayame, que também resolveu agir.

Ayame: *fazendo sinais de mão* Jutsu de Imatização!

Kisame levou um susto quando a Samehada escapou de sua mão e foi para a mão de Ayame. Infelizmente, a garota não sabia que não poderia segurar a espada e a deixou cair, acabando com a mão ensanguentada.

Kisame: *pegando a espada de volta* Pelo jeito você não costuma sair de Konoha, garota, ou estaria mais informada sobre mim e minha espada.

No final, Kisame usou a Samehada em Ayame e também cortou o chackra dela.

Kisame: Itachi pode estar ocupado com o loiro, mas agora que vocês dois (Naruto e Ayame) estão sem chackra, posso cuidar de ambos sozinho.

Felizmente, para Ayame e Naruto (e também para Sasuke, que continuava caído no chão e agora inconsciente), Jiraiya apareceu naquele momento. No final, Itachi e Kisame tiveram que bater em retirada.

Naoko: Parece que nossa missão já era, tio Jiraiya! Alguém tem que levar o Sasuke de volta pra Konoha!

Jiraiya: Bom, então você e a Ayame fazem isso. Naruto e eu iremos atrás de Tsunade.

Ayame: *indignada* Por que nós?

Jiraiya: Porque o líder dessa missão, que sou eu, está MANDANDO!

Naoko: *dando de ombros* Que seja, desde que vocês encontrem Tsunade-sama.

Naoko invocou o mesmo gato do capítulo 6, antes de Ayame subir nele carregando Sasuke.

Naoko: Nesse caso, já estamos. Ah, quase esqueci: Naruto, quando você voltar da missão, gostaria de ser meu padrinho?

Naruto: *confuso* Padrinho?

Naoko: É, de casamento! *sem graça* Eu pedi a mão da Ayame durante um festival.

Jiraiya cruzou os braços com um sorriso satisfeito, enquanto que Naruto respondia "sim" com um sorriso megawatt.

Ayame: *enquanto Naoko subia no gato* Bom, então nos vemos na volta!

Jiraiya e Naruto foram pra um lado, enquanto que Naoko e Ayame foram para o outro.

Ayame: *segurando Sasuke* Sempre achei que você tivesse esquecido da nossa promessa, Naoko.

Naoko: *mostrando o pingente* Impossível esquecer. E você sabe que sempre cumpro as minhas promessas. Como diz o Naruto, um ninja nunca volta atrás em sua palavra.

Ayame deu um sorriso tímido, antes de beijar seu futuro marido nos lábios.

Como havia sido combinado, a festa e a cerimônia de casamento ocorreram assim que Jiraiya e Naruto voltaram da missão. Por escolha de Ayame, foi tudo do modo Ocidental (principalmente porque eu não sei como é um casamento japonês).

Naruto, além de ser o padrinho, aproveitou pra contar tudo que ocorreu na missão.

Naruto: E você tinha razão, mano: o Kabuto era um grande traidor. Ele era aprendiz do Orochimaru!

Naoko: Eu disse pra você tomar cuidado com ele. Mas mudando de assunto, o que achou da Tsunade-sama?

Naruto: No início, eu odiei o fato dela ter dito que "brincar de Hokage é coisa de tolos", mas depois do que aconteceu nessa missão, ela terá o maior prazer em ser nossa Hokage.

Naoko: Tão boa quanto nosso pai?

Silêncio.

Naruto: Não... mas chega perto!

Os dois riram, antes de Naruto juntar-se à equipe 7 e Naoko juntar-se à atual Sra. Namikaze.

FIM!