Harry Potter© J. K. Rowling.

No princípio era apenas um garoto, um orfanato, objetivos egoístas e infantis.

Depois uma visita. Um homem alto, de barba longa e olhinhos miúdos.

Ele era um bruxo.

Com o passar do tempo Tom Riddle não mudou muita coisa, ele continuava mesquinho, mas não havia mais objetivos de uma criança que queria tudo para si.

Os escopos haviam mudado.

Sempre fez o que lhe convinha e sempre soube que nada daquilo era certo, mas ele era o Lord em sua mísera realidade, mesmo de procedência mestiça, ele poderia fazer o que bem entendesse.

Não temia ninguém, mas nenhuma pessoa o queria como o inimigo – todos o temiam, temiam o um nome. Já se usufruiu da doçura para angariar suas vontades, no entanto com o tempo isso ficou obsoleto, tirava vidas como se buscasse sair do tédio.

Ele estava impune e ficaria assim para sempre.

Seus seguidores o veneravam, mas, talvez, simplesmente porque não sabiam o motivo da busca desenfreada de poder. Sim! Lord Voldemort, o intocável, o poderoso, o onipotente, temia desesperadamente a morte. Buscava que nem um louco ensandecido a vida eterna. Ele não era Deus e pagaria por suas tolices. Liquidaria seus débitos, lembraria que era apenas um humano sequioso de poder. Chegara por breves momentos ao topo e desmoronaria para o nada.

Pagaria o preço por sua vida – a dívida de todos os homens.

A obra prima do Criador, a Morte.

Fim.


Nota do Felton:

Antes de tudo: Reece River, adorei a maratona de desafios com o Voldi-Centred! o/ - Sua mente é insana!

Gente, é minha 1ª fic do fandom e espero que haja outras, está pelo menos plausível?