"Então, o que você acha?" James lhe lançou um olhar curioso e, por um momento inseguro. Na ponta da mesa, ele batia de leve os dedos na madeira, tentando aplacar seu nervosismo. Inútil.

" Um ótimo nome." Sirius suspirou e jogou seus braços na mesa preguiçosamente. "Mas sei que você gosta de nomes compostos."

"Lily também já decidiou isso." James revirou os olhos esverdeados contrariado. Sua face era infanftil e, ao mesmo tempo, arrogante.

"Sério, Prongs?"

" ...Meu filho não vai ter um nome legal como o seu." Essa foi a vez do Potter suspirar e apoiar o queixo na palma da mão em um gesto cansado. "Eu me esforcei tanto, Sirius."

"Tentou mesmo falar com ela?" Sirius se inclinou ficando na borda de sua cadeira, seus orbes cinzentos sabiam que James não aceitaria ter suas idéias recusadas. O Black ouviria a história atentamente.

" Claro, mas ela é tão irredutível, Pads..."

"Quais foram suas sugestões, James?" Sirius arqueou uma sobrancelha e deixou que a desconfiança modificasse seu rosto. Com certeza James fora exêntrico em suas escolhas e esquecera como Lily fora criada. Por seus pais. Trouxas.

"Eu pensei em Godriclus se for um menino, para homenagear Griffindor e meu pai. E se for menina, eu acho que Dolily seria perfeito!" Falou com entusiasmo, sua voz subiu ecoando por toda a casa de Sirius, herdada de seu tio Alphard.

"Hm..." Sirius ponderou, fechou seus olhos e colocou a mão no queixo na tentativa de criar uma aura de suspense." São nomes muito bons, James. Não sei como ela pôde recusa-"

"Mesmo, Sirius?" Lily indignou-se aparecendo por de trás do batente da porta. Ela usava um vestido preto, que disfarçava pouco seu formato redondo. Os cabelos ruivos presos em um coque frouxo e as mãos se limpavam no avental. Desde que ficara grávida, Lily s comia a pr pria comida, pois ao contr rio ficava enjoada. Então mesmo quando Sirius ofereceu seus maravilhosos dotes culinários, a ruiva os recusou tão prontamente quanto recusou os nomes de James.

"Claro que sim!"

"Eu não disse?"

"Dolily um nome para ovelhas." Ela veio caminhando e logo sentou-se ao lado de James, mas olhova diretamente para Sirius." E Godriclus parece testículo...Não posso fazer isso com meu bebê!"

James revirou os olhos e a mirou por acima de suas lentes circulares." Você já decidiu o primeiro nome! Me deixe decidir o segundo!" James tentou parecer tão contrariado quanto estava, mas seu sorriso tornou-se maior.

"Não, James. O nome minha decisão." Lily virou-se para Sirius esperando aprovação.

"Meu nome não muito comum, sabe?" Ele arqueou os ombros e sorriu de canto.

"Viu, Lily. Remus e Sirius são nomes tão incríveis! Eu e Peter, com nomes iguais ao de todo mundo, já estávamos em desvantagem! Precisávamos nos esforçar mais para chamar atenção..."

"Não quero saber, James! Você é péssimo para nomes. Aceite isso! E eu não vou deixar meu bebê ter um nome estranho como Godriclus."

"Bom...Harry Godriclus mesmo um pouco estranho..." Sirius disse. Lily sorriu vitoriosa." Qual é mesmo a sua opição, Lils?"

" James. Harry James." A ruiva olhou para James com tanto carinho que Sirius não pôde deixar de olhá-los com a mesma intensidade." Porque eu espero que ele seja como você , nem que só um pouquinho."

James pareceu surpreso por somente um instante." Ouviu só , Sirius?" James sorriu.

Um sorriso tão sincero que permanesceu naquela casa por anos.
Sirius queria tê-lo mantido por séculos.

N/A: com a estréia do filme tão perto é impossível ficar sem inspiração. Espero que tenham gostado! É minha primeira James/Sirius!

Reviews?