A/N: Eu tive essa idéia enquanto ia para meu curso, eu vi uma pequena reserva florestal, e estava remoendo a minha vontade de dar aos fãs o que vocês queriam em GD, que ainda estava no 6° capítulo, eu não podia mudar a história assim do nada, ela precedia PPF, e em muitas outras eu deixei saberem o que aconteceu no dia do racha, GD foi a primeira twiligth spankfic que eu escrevi, eu a tirei da gaveta e reescrevi, por que achei que vocês gostariam de lê-la, e também por que devia algumas explicações sobre a reação de Carlisle quando soube da corrida em PPF. Mas me doeu frustrar a todos que esperavam que Alice tivesse um encontro com o cinto da disciplina também. Ao avistar a reserva pela janela do carro, me lembrei que o verdadeiro motivo de ela nunca se encrencar de verdade eram as visões, e que ela não pode ver quando lobos estão envolvidos ou mesmo Nessie, achei o tempo e o motivo perfeito pra criar o episódio de Alice e o cinto da disciplina. E como já tenho o costume de passear no tempo, eu vou lhes dar o último seguimento de PPF, que eu prometi que teria sequências como: SPF. TPF. QPF e por aí vai. Será um costume por aqui sempre que eu voltar a PF, não colocá-los em votação, sempre que eu o fizer, será uma surpresa, por isso eu lhe dou agora...

Disclaimer:Não possuo nenhum dos personagens, todos são da saga Twilight e os direitos autorais pertencem à Stephenie Meyer, não há nenhum fim lucrativo na publicação desta.

"Último Problema em Forks"

Capítulo 1

Prontos pra ir

POV Alice

"Ei vocês duas, vão se atrasar!"

Minha mãe disse na porta do meu quarto com Bella a sua direita, enquanto Rosalie eu dividíamos a linda, exuberante e fashion, imagem no espelho.

Finalmente decidimos o que vestir, mas não foi isso que nos fez demorar, e sim convencer a Bella que não era porque iríamos a uma festa na reserva, que precisamos parecer com as lobas.

"Estamos prontas mamãe."

Dissemos orgulhosas do resultado.

"Prontas e lindas, todas as três."

Minha mãe falou abraçando as três ao mesmo tempo em quanto passávamos pela porta, abraços leves pra não amarrotar as roupas e sem beijos, pra não deixar marcas de batom.

Quando chegamos ao topo da escadaria da sala, avistamos os quatro cavalheiros mais lindos de todo o universo, de pé como manda o figurino.

Eles suspiravam de admiração, enquanto os saltos dos sapatos nos degraus de madeira ecoavam o som na sala de estar.

"Vocês estão maravilhosas."

Disse meu pai totalmente orgulhoso de sua esposa e suas meninas.

Cada um pegou seu par formando assim uma pintura Rafaelista perfeita.

"Onde está a aniversariante?"

Meu pai perguntou, mas sem nenhuma preocupação na voz, como se perguntasse somente a título de curiosidade.

"Já foi com o cão fedorento."

Rosalie disse com um palavreado que não combinava muito com uma garota tão bonita.

"Rosalie!"

Minha mãe repreendeu enquanto meu pai franzia o cenho preparando uma bronca.

"Agora ouçam todos, eu não quero desavenças, comportem-se, estaremos no território deles, sejam educados e gentis."

Ele trazia aquele tom de aviso embutido na voz.

"Não quero hostilidade, opressões, piadas de mau gosto, palavrões, agressões, e nem comentários desgradáveis sobre aparência deles."

Ele disse passando os olhos de um por um como se soubesse o que esperar de cada um de seus filhos.

Ele disse hostilidade olhando para Edward, então seguiu olhando pra Jazz, Emmett, Rose, Bella e então pra mim.

Era mesmo uma situação no mínimo inusitada, Estávamos nos preparando pra partir de Forks, dois dias depois do aniversário de 10 anos de Nessie, mas aos olhos de qualquer um ela aparentava estar completando 15 anos, ela implorou que a festa fosse na reserva pra que fosse também sua festa de despedida.

Tínhamos que partir pra que ela começasse no colégio, seu crescimento acelerado estava cada vez mais normal, e meu pai decidiu que já era hora de ela deixar sua educação domiciliar e encarar o colégio.

Eu gostava de Forks, mas estava feliz em partir.

A parte de não freqüentar o colégio por 10 anos foi legal, mas tínhamos que ficar escondidos e nunca ir a parte alguma desde que Nessie completou 4 anos, as pessoas começaram a desconfiar que estávamos muito novos pra estar concluindo a faculdade, meu pai teve que sair do hospital, ficávamos confinados em casa, recebendo visitas de Charlie e do pessoal da reserva.

Quando Nessie completou 7 anos sua aparência física era de 12, oficialmente tendo terminado sua infância e começado sua adolescência, meu pais ordenaram que Edward e Bella voltassem pra casa.

Éramos 9 vampiros confinados em uma casa relativamente grande, mas só poder sair pra caçar ou viajens distantes, estava transformando nossa mansão em uma caixinha de fósforos.

Seria legal voltar a nossa vida normal, Colégio, shopping, e o que seria melhor entre todas as coisas, um emprego para o meu pai.

Eu o amo mais que possam imaginar, mas ele em casa 24 horas sem dormir, nos obrigava ao um comportamento bizarramente perfeito, já eram 6 anos de supervisão paterna incansável.

Renesme estava se encaixando na disciplina da casa, agora considerada adolescente, ela até já tinha ganhado umas palmadas do meu pai, quase todas divididas com Emmett, Rose e Edward uns puxões de orelha por discutirem e Bella estreou o cinto da disciplina, somente Jasper e eu estávamos limpos de punição durante esses 6 anos, mas Jasper estava por um fio, e ganhou uma broca na frente de todos.

Meu pai perguntou a plenos pulmões se ele queria uma surra, pra fazê-lo soltar o colarinho de Quill na semana passada, ele estava de castigo até hoje de manhã, mas a parte boa é que com Nessie e Bella vivendo aqui, não tem mais quarto de hóspedes pra ficar de castigo, os cinco quartos estavam devidamente ocupados.

Eu estava animada com tudo, animada com a mudança, animada com Jasper saindo do cativeiro, e acima de tudo, animada com a festa.

Eles me deixaram cuidar de tudo, meu pai não se preocupou com meus exageros, mas é lógico, aquele pessoal come como uns lobos rsrsrs...

Mandei fazer um bolo gigantesco, e uma mesa de presentes enorme, pesquisei o que eles gostavam de comer e encomendei o suficiente pra alimentar duas tribos.

Eu aproveitei o ambiente pitoresco pra fazer uma decoração lindíssima com tochas e flores, montei um coreto de madeira com um teto de micro lâmpadas, para a banda tocar e servir como um palco para homenagear a aniversariante.

Pensei que seria difícil conseguir a permissão pra toda a parafernália, mas foi só dizer a palavra mágica 'Nessie' para o chefe, e foi tudo liberado.

Jacob não era namorado de Nessie ainda, mas qualquer um podia jurar que sim, ela estava perdendo aquele jeitinho de moleca e ganhando jeito de mocinha, e ele tinha parado de envelhecer aos 16, embora sua forma física aparentasse 18, seu jeito denunciava seus 16, assim como Edward com 120 aparentava e agia com 17.

Ainda eram amigos, protetor e protegida, mas seus movimentos e brincadeiras estavam cada vez mais apaixonados, respeitosos mas... havia algo novo no risinho de Nessie quando ele a pegava no colo ou fazia cócegas nela.

Se não fosse a habilidade de Edward em ler pensamentos eu poderia até dizer que estavam namorando escondidos.

Quanto mais velha Renesmee ficava, mais eu conseguia enxergá-la, uns borrões apenas, mas não o completo vazio de quando nasceu, a menos que estivesse com Jake eu podia ver algumas coisas, como os resultados de suas idéias idiotas com Emmett, mas conhecendo bem o meu pai meu dom não era lá muito necessário.

Mas eu estava folga, totalmente normal, estaríamos todos na reserva eu não podia ver nada nem ninguém, nem mesmo o meu próprio futuro.

Meu pai já tinha feito suas recomendações, Renesmee já estava a caminho com Jacob, só faltava mesmo irmos.

Meu pai trancou a porta enquanto Rosalie e Emmett entravam na BMW dela, e Edward entrava com Bella no Aston dele.

Eu entrei no meu Porsche amarelo com Jasper, o banco de trás estava repleto de presentes, pedi e Jasper acelerou com tudo, saímos cantando pneu, mas antes que saíssemos na vista de todos, meu telefone tocou.

"MARY ALICE CULLEN! O QUE SIGNIFICA ISSO?"

Meu pai gritou do outro lado da linha.

Jasper nem precisou receber o recado e diminuiu a velocidade.

"Desculpe-me papai, eu estou com pressa por causa dos presentes."

"Com pressa de ganhar umas palmadas isso sim! Já faz tempo que você não apanha, eu não vou avisar de novo, seu copo está enchendo, mocinha."

Ele desligou e Jasper arregalou os olhos, essa história de copo, é bem conhecida entre nós, as vezes nós aprontamos e meu pai não bate, mas deixa um aviso, agente vai empurrando os limites, daí quando já estamos quase estourando sua paciência ele avisa que o copo está cheio, então agente acaba pagando com juros e correção monetária.

Mas eu não tenho aprontado tanto assim, alguns exageros aqui outros ali, algumas violações do toque de recolher, umas multazinhas por excesso de velocidade, alguns decotes, umas bermudas um pouco curtas, uma minissaia que eu comprei há um mês atrás e...

Acho melhor eu parar antes que eu descubra que meu copo já transbordou faz tempo.

Chegamos antes dela, mesmo Jasper dirigindo como uma lesma paralítica.

Passamos pelo imenso corredor de luzes, estava tudo perfeito, Nessie iria adorar, embora seja filha de Bella ela puxou o meu gosto extravagante e adorava chamar a atenção tanto quanto Rose.

Eu estava pondo os presentes na mesa quando avistei o BMW, o Aston e por último a Mercedes do meu pai.

Ele desceu do carro e me olhou com firmeza fez um movimento discreto com a mão aberta pra mim que eu sabia bem o que significava, ninguém viu, nem mesmo minha mãe do lado dele.

Mas Jasper do meu lado pegou no ar.

"Eu não disse sua teimosa? E você querendo correr de novo."

Eu dei de ombros.

Ah Jazz, é só um aviso, a festa está tão boa que ele nem vai se lembrar.

"Jasper Cullen, o papai está te chamando, agora!"

Emmett deu o recado tentando imitar a voz do papai, Rose ficou comigo ajeitando os embrulhos e Emmett foi ao encontro de Nessie.

De longe eu vi meu pai num local afastado, gesticulando bravo com Jazz, ele estava levando uma bronca por fazer minhas vontades, como se não tivesse aprendido com ele mesmo.

Eu não ia perder tempo tentado prever nada, então saí de braços dados com minha irmã Rose desfilando os nosso figurinos e fomos procurar Bella pra formar o trio perfeito das mulheres mais lindas daquela festa.

Nós a encontramos com a minha mãe, que é lógico, já estava com a câmera digital no punho.

Nós fomos fotografadas em varias poses e ângulos pela minha mãe, que não cansava de elogiar nossas roupas, sapatos, cabelo e maquiagens.

Ouvi a voz invejosa de Leah, comentando com outra loba.

"Nem são tão bonitas assim, o dinheiro compra de tudo, Bella quando era pobre parecia um rato de laboratório kkkkk."

Eu ia tomar satisfações, mas de repente o Rabbit de Jacob chegou buzinando e de dentro dele saiu a mais linda debutante de todo o universo, pra todos os efeitos era sua festa de 15 anos.

Ela foi recebida num gigantesco coro de parabéns a você, acompanhado pela banda.

Ela estava tão empolgada com os presentes e tudo mais, Jacob estava lindo, eles tinha ensaiado pra dançarem juntos, e abanda estava tocando, Cold Play, minha banda predileta, mas minha atenção estava toda voltada para as lobas, que aproveitavam o barulho e a quantidade vozes, pra falar sobre nós e rirem como que da melhor piada.

Continua...

A/N: Please review, não custa nada e me faz muito feliz.

Você que esperava por uma votação, não se preocupe, assim que UPF terminar teremos uma.