"Tenho inveja de você." Disse Harry apoiando os cotovelos em seus joelhos, sua visão era ofuscada pelo fogo brilhante da sala comunal. Ele soltou uma risada abafada com o próprio comentário, pois ninguém acreditaria no que ele falava.

"É brincadeira, né?" Neville olhou o de canto, mantendo uma postura cética em relação ao comentário.

"Não."

"Por que, então? Você é O menino que sobreviveu, é rico, é o apanhador mais jovem do século, o líder da Armada...sinceramente eu poderia continuar até amanhã." O Longbottom não pôde deixar de revirar os olhos. Tateou o bolso, sentindo falta do incômodo que costumava sentir quando sentava. Sua varinha estava quebrada em algum lugar no Departamento de Mistérios. A varinha que fora de seu pai.

"Poderia ter sido você." Murmurou como resposta, suspirou como consequência. "Eu não desejaria isso para ninguém... nem para mim."

"Poderia, mas ele escolheu você. E eu ainda sou um perdedor com pais no Saint Mungus."

"Você tem coragem, Neville! Você quebrou a profecia...e seus pais estão vivos." Harry deu um sorriso triste.

Não conseguiu responder, suas palavras e possíveis respostas evaporaram. Neville sentiu uma sorte imensa pela pureza de seu sangue, pois seus pais eram loucos e ele não sabia o que faria sem eles. Não sabia se conseguiria fazer metade do que o órfão que o invejava fizera.

"Você é corajoso, Neville." Harry levantou-se e deu uma batida leve em seu ombro.

Enquanto Neville Longbottom observava a espada prateada espalhar o sangue da cobra por toda parte, lembrou-se muito bem daquelas palavras.


N/A: Aqui estou eu escrevendo mais uma vez sobre o Neville! Se passa depois da OF Não resisto, ele foi maravilhoso no filme (melhor do que no livro, sinceramente...)! É curtinha, mas espero que tenham gostado!

Reviews?