Não era fácil admitir. Quando todos esperavam que ele falasse, sua voz falhava. Quando ele pensara que estava pronto, descobriu que não estava e que nunca estaria. Neville apertou a barra da camisa em seus punhos em um tique nervoso. Conseguia sentir o olhar de piedade que Hermione lhe lançava e toda compreensão que emanava daqueles que confiaram nele como líder. Harry parecia orgulhoso e Ron só parecia sem graça.

Lembre-se de respirar.

"Vamos." Levantou os olhos esverdeados como os de sua mãe e encontrou seus companheiros, que tantas vezes o viram demonstrar coragem e se levantar quando fora preciso que alguém o fizesse. Mas era exatamente o seu momento de falhar. Ele podia ser fraco, ninguém se importaria.

Neville sentiu a incômoda sensação em sua cabeça quando aparatou junto de seus amigos em Saint Mungus. Sem olhar para trás, andou pelo caminho que fizera tantas vezes sozinho. Todos o seguiram até o quarto andar, George comentando o quanto as vestes dos funcionários era perturbadora, Luna respondendo que era somente uma tradição pra esconder-se de barretes vermelhos.

Todos pareciam no mais normal dos dias.

Melhor assim.

Neville entrou o quarto, encarando o momento que mais o amedrontara quando era mais novo.

Silêncio surpreso, envergonhado, triste e piedoso.

"Então, quero que conheçam meus pais." Posicionou-se entre as duas únicas camas no recinto, onde o casal de olhos perdidos sonhava sem dormir. "Frank e Alice."

Ele sorriu, pois não podia estar mais orgulhoso dos pais que tinha. E sabia que eles sentiam o mesmo.

N/A: Ninguém tira da minha cabeça que o Neville é o cara mais macho e corajoso de HP! Depois da Nagini, ele pode tudo! Os barretes vermelhos são criaturas aleatórias...Espero que tenham gostado!

Tá merecendo review?