Ignorar.

Era tão fácil ignorar. Ignorar os erros, as falhas, o passado, esquecer...

Tom.

Voldemort.

O diário.

A marca negra.

As pessoas petrificadas.

Todos os efeitos colaterais de suas tentativas falhas.

E fingir.

Que tudo estava bem, enquanto o mundo desmoronava. Eram tão bons nisso que acreditaram.

Que tinham escolhas.

Que eram felizes.

Que seus mundos eram perfeitos e nada poderia abalá-los.

Em suas mentiras viveram a única verdade que sabiam, sempre usariam suas máscaras.

E curiosamente em um momento em particular, perdido no tempo e nas mentes, tiveram um vislumbre do rosto do outro por trás de cada máscara, mas simplesmente ignoraram e fingiram não ver como eles tão bem sabiam fazer.


N/A: Essa é a coisa mais curta que eu já escrevi na vida, nem sei se é uma short ou um drabble. Também é a primeira DG que eu escrevo. Enfim a culpa é da Gih por me obrigar a escrever e a inspiração veio graças a Diana com "A Tale of Two Wars", espero não ter desonrado sua linda fic, com essa minha coisinha aqui...