Um Drabble Gossip Girl.

Disclaimer: GG não me pertence.

Shipper: Chuck&Blair

Classificação: M-rated

Dedicatória: Se eu não dedicar à Erika, ela vai me matar. (miga, Chuck todinho procê ;)

Sinopse: Eles são exatamente assim. Obscenos...


.

.

Obscenos

.

.

Beijos e cheiros e mãos e toques.

Era tudo tão magnífico.

Ele não sabia onde deixaria sua mão passear primeiro.

Agarraria seus cabelos e morderia-lhe o lóbulo da orelha enquanto murmurava em seu ouvido palavras obscenas, excitando-a ao ápice de prazer que ninguém lhe poderia proporcionar.

- Blair...

Palavras entrecortadas, sussurros e suspiros desejosos, respirações ofegantes e corpos movendo-se freneticamente, praticamente desgovernados, sem controle.

A sede de seu corpo não era por mais nada a não ser sua saliva, a fome que lhe corroía não podia ser suprimida por nada mais a não ser sua carne e a satisfação que alcançaria não poderia ser tirada de ninguém mais a não ser dela.

Blair...

E num derradeiro som gutural derrramou-se dentro de seu objeto de prazer que há tanto desejou e que todos os dias luta para poder usufruiu uma, duas, tantas vezes forem necessárias.

.

E à meia noite, ela sairia de sua cama de lençóis vermelho-sangue, lançando-lhe um olhar sugestivo junto a um sorriso desafiador.

Seu corpo esbelto seguiria semi-nu até o hall principal guiando-o ao piano de cauda a caminho de sua mais nova aventura em rumo à perdição. O brilho dos castanhos de seus orbes lhe diram num sussurro sem som. - Me faz tua. - guiando o corpo masculino de encontro ao seu de forma insistente. - Agora. -

Fazendo-o perder-se em si - Mais fundo... - E nela.

.

E a cena continuaria assim por um longo tempo.

Isso para eles era rotina.

Sem mesmice. Ou cobranças. Nada.

Nada além do toque luxurioso das carnes e som de seus gemidos inebriantes inundando o local. Pois...

Chuck e Blair eram puro instinto.

.

Eles eram obscenos.

.

.


N/A: Tá. Definitivamente tenho fascínio por personagens cafajestes.