Finalmente o último capítulo! O caminho não foi tão longo quanto eu imaginava, a história ficou meio atropelada, mas acho que cumpri minha missão. Eu sei que não vou agradar gregos e troianos, mas se agradar ao menos 1 pessoa, já me darei por satisfeita. Bem, com vocês o final!


Já haviam se passado 5 anos desde que Jensen e Misha tinham se casado. Jared continuava fora do Texas e apenas mandava uma carta para a mãe de vez em quando só dizendo que estava bem e morrendo de saudades. Ackles não foi condenado pelo homicídio de Murray porque alegou legítima defesa.

O casal Collins Ackles agora tinha 3 filhos. Alan, de 4 anos, era o primogênito e recebeu esse nome por causa do pai de Ackles. O garoto foi concebido por fertilização in vitro com uma amostra sêmen de Misha, pois Jensen fazia questão que o primeiro filho deles tivesse o sangue de seu esposo, e os óvulos de uma doadora anônima com o mesmo biotipo de Ackles. A gestação aconteceu no corpo de uma barriga de aluguel que não foi a doadora, pois o casal não queria nenhum vínculo entre o bebê deles e a mulher que o geraria. Alan tinham uma grande semelhança com Misha, pois herdou dele não só os olhos e o cabelo, como também seu caráter.

Lily, de 3 anos, era a filha do meio e foi concebida da mesma forma que o irmão mais velho, com a diferença que a amostra de sêmen foi de Jensen e a doadora dos óvulos tinha o biotipo de Misha. Ela herdou os olhos e o temperamento do pai biológico.

O caçula era Kennan, de 1 ano, que eles adotaram 2 meses depois de seu nascimento. O menino era ruivo de cabelos cacheados, tinha olhos castanhos e era uma criança alegre e doce. A família brincava alegremente pelo jardim da casa quando uma voz os interrompeu:

-É bom te ver feliz, irmão.

-Jay? Minha nossa! É você mesmo?! - exclamou o loiro se aproximando do irmão.

-Sim. Sou eu. Eu voltei hoje de manhã. A mamãe me contou tudo sobre vocês ao longo desse anos e assim que cheguei, eu resolvi vir aqui para te dizer: me perdoa, Jen, por favor. Eu fui um cretino contigo. E com você também, Misha. Me perdoe também.

-Eu já te perdoei há 5 anos, Jay. E o Mish também, não é carinho?

-Claro. Vamos deixar o passado no passado. - concordou Krushnic com um sorriso.

-Então eu posso dar um abraço no meu irmão? - perguntou Jared também sorrindo?

-Claro! - exclamou Jensen abraçando Padalecki intensamente.

-Senti saudades da minha família. Por isso voltei.

-Nós também sentimos sua falta, irmão. E agora, vem cá conhecer seus sobrinhos. - falou Jensen puxando Jared pela mão até onde estavam seus filhos. - Crianças, esse é o seu tio Jared. Jay, esses são Alan, Lily e Kennan.

As crianças mais velhas abraçaram Padalecki, que retribuiu o carinho. Depois, ele foi até o caçula, que brincava com um patinho de borracha, e o carregou. Parado de braços cruzados ao lado do esposo, Jensen sorria diante da cena. Então, Jared entregou o bebê para Ackles, que perguntou:

-Onde você esteve nesses últimos 5 anos?

-Em New York. Eu abri um restaurante lá chamado "Padalecki's Dream" que virou um grande sucesso. Como eu resolvi voltar para casa, eu o deixei com uma pessoa de confiança e vou abrir uma filial dele aqui.

-Que bom, Jay! Eu fico muito feliz! E já que você voltou e parece tão mudado, eu vou te devolver tudo o que era seu.

-Não, Jen, obrigado, mas eu não quero. O dinheiro e o poder me transformaram em alguém que eu não gostei. Claro que Chad contribuiu muito para isso, mas não fez tudo sozinho. Eu não quero voltar a ser essa pessoa. Além do mais, eu estou muito bem com o "Padalecki's Dream". Deixa esse dinheiro no banco para a faculdade das crianças. Vai ser um uso muito melhor.

-É você mudou mesmo, Jay. Não sabe como eu fico feliz com isso. E nós vamos sim depositar o dinheiro em uma conta para as crianças no banco. Foi uma ótima ideia.

-Na verdade, foi uma ideia maravilhosa. Eu também estou muito feliz com a sua volta e a sua mudança, Padalecki. Agora Jen poderá ser feliz de verdade, porque a família finalmente está completa.

-Me chame de Jared, cunhado, por favor. Padalecki é muito formal. E obrigado por fazer meu irmão feliz.

-Está bem, Pad... quer dizer, Jared. Bem vindo de volta. Amigos? - devolveu Misha sorrindo e estendendo uma das mãos para Padalecki.

-Amigos! - exclamou Jared sorridente e apertando a mão que lhe era oferecida.

No fim de semana, Sherri deu um churrasco em casa para comemorar a volta de Jared e seus 3 anos de casamento com Robert. Todos estavam lá, incluindo Jeff e Sasha, que também estavam casados e esperavam seu primeiro filho. Sasha estava em seu 6º mês de gravidez e ela e o marido estavam muito felizes. O bebê seria um menino e ela decidiu que ele se chamaria West, o que deixou Misha muito emocionado.

Jensen observou sua família se divertindo naquele churrasco. Alan e Lily brincavam sentados na grama; Kennan estava no colo de Misha, que estava sentado ao seu lado; Jared estava diante de si rindo enquanto conversava com Jeff, que estava ao lado da esposa; Sasha, por sua vez, estava do outro lado de Collins e conversava animadamente com ele; Sherri estava ao lado de Jared e ria como não fazia há anos; Robert pilotava a churrasqueira e foi sua voz que chamou a atenção de todos. Ele cantava alegremente "Eye Of Tiger" do Survivor e sua performance arrancou gargalhadas de todos. O médico fez uma careta e riu também. Ackles olhou para o céu e falou em pensamento:

-Foi você que orquestrou tudo isso, não foi? Obrigado, pai. Você alcançou seu objetivo. Hoje eu sou muito feliz. Mais saiba, eu nunca vou esquecer o homem que fez da minha felicidade seu objetivo de vida. Você estará para sempre em meu coração.

Com os olhos marejados, Jensen sorriu e encarou rapidamente o relógio dourado que carregava em seu pulso. Em seguida, ele voltou a observar sua família que parecia saída de uma propaganda de margarina, com a diferença de que aquela felicidade que os envolvia não era forçada, pelo contrário, era extremamente natural e real.

FIM


E então? Vocês gostaram? Teriam feito algo diferente? Acharam o final um lixo? Por favor, me deixem saber. Eu tive muito prazer em escrever essa história e espero que ler ela tenha sido um prazer para vcs também. Eu creio que muitos acharão que o final saiu muito "paz e amor", que Misha deveria ter sido preso, que Jen deveria ter demorado mais para aceitá-lo ou não deveria tê-lo aceitado, que Jay não deveria ter sido perdoado. Esse foi o final que eu pensei, que eu escolhi. Eu resolvi seguir meu coração e espero que vocês me entendam. Foi um prazer seguir essa jornada com vocês! Nos vemos nas atualizações das outras fics ou postagem de alguma fic inédita!

Não se esqueçam de deixar review! Não dói, não transmite nenhuma doença contagiosa, não engorda e alegra o dia dos ficwriters, então mãos à obra! Rsss!