Normal: narração e fala

Itálico: pensamento

Capítulo 13.

Bruxos: *apontando as varinhas* Parados aí!

Mari: Jéssica, Lance, achem o Jake. Nós cuidamos deles.

Rony: FIQUEM JUNTOS!

O grupo logo entendeu a ordem ao contrário de Rony se separou, obrigando os guardas a fazerem o mesmo. Entretanto, apesar de serem fortes fisicamente, eram horríveis usando a varinha, o que deu vantagem para nossos herois.

Mari e Kazumi: JEET KUNE DOO!

Juntas, Mari e Kazumi copiaram os movimentos de Bruce Lee, chutando e socando muitos dos guardas. Como ambas praticavam artes marciais, não foi um problema pra elas, mesmo que os guardas usassem magia.

Paola: *sacando seus canhões de plasma* Quem diria! Mal os construí e já estou usando. TOMEM PLASMA, ADVERSÁRIOS!

A mira de Paola era melhor que a dos guardas, com certeza, pois derrubou boa parte deles com seus canhões, enquanto que os guardas só conseguiram fazer um pequeno corte no rosto dela.

Manic e Rony: SOCO DE AÇO!

Como Mari e Kazumi, Manic e Rony lutaram lado a lado usando os punhos.

Manic: Selá que eu aceltei mais do que você?

Rony: Até parece, Manic!

Jasper e Jade, para a surpresa de todos, decidiram usar o que aprenderam nas aulas de dança. Jasper ficou de costas para Jade e girou rápido, fazendo a namorada acertar os inimigos com os pés.

Jade: Nunca pensei que diria isso, mas temos que agradecer ao professor Lance depois.

Jasper: *sorriso maroto* Eu concordo, minha malvada.

Quanto ao Erick e ao Arron, quem diria que os livros dele seriam úteis numa batalha? Eram tão pesados que machucavam feio os guardas quando os garotos os usavam para acertá-los.

Erick: Como a água, um combate não pode ter forma definida. E isso vale para as armas que usamos, também.

Aaron: Eu concordo.

Enquanto o pessoal lutava, Lance e Jéssica procuravam por Jake com a ajuda do localizador que Paola havia emprestado. Felizmente, o acharam, justamente no momento em que Mayou estava com ele. Ele estava inconsciente por causa da magia sendo sugada, então não percebeu a amiga e seu professor de dança.

Jéssica: FICA LONGE DO MEU NAMORADO!

Pra aumentar mais o "impacto" de sua ameaça, Jéssica colocou as armas de sua cadeira pra fora. Quem podia imaginar que ser cobaia de Paola seria útil algum dia?

Mayou: *virando-se* Eu devia saber que viria reforço pra cá e... Lance?

Lance: Olá "mamãe".

Jéssica: *surpresa* Vocês são parentes?

Lance: Infelizmente. *apontando o dedo para Mayou* Melhor soltar o Jake, ou eu espalho pra Noburo inteira que você teve um filho fora daqui!

Mayou: *indignada* Você ousa ameaçar sua própria mãe?

Lance: Não. Eu ameaço você.

Ambos começaram um duelo de magia ali mesmo, a ponto de Mayou se esquecer de Jake por alguns instantes. Quando ela finalmente se lembrou, ele já estava solto dos tubos e se apoiando na cadeira de rodas de Jéssica.

Mayou: SUA IDIOTA!

Felizmente, como Jake estava solto, ele conseguiu defender Jéssica do ataque de magia.

Jake: Eu posso... estar fraco... mas ninguém... machuca a Jéssica... na minha frente!

Quando Mayou ia fazer outro feitiço, um punho acertou a cabeça dela. O punho de Lance.

Lance: Posso não ser tão forte quando Rony e Manic, mas sei fazer justiça com os punhos.

Todo mundo caiu na gargalhada.


Na nave de volta pra casa, todos estavam incrivelmente cansados, mas felizes pela vitória. E isso podia ser visto pelos casais que trocavam momentos entre si: Jasper e Jade, Jake e Jéssica, Manic e Rony, Erick e Paola, Aaron e Kazumi e Lance e Mari (Mari não fazia as aulas de dança como os outros, logo Lance não era professor dela.

Kazumi: Só uma coisa me incomoda: quando souberem que você escapou, Jake, irão atrás de você novamente!

Jake: Não se preocupe com isso, Kazumi. O professor Lance usou um feitiço de memória e fez todo mundo em Noburo esquecer que eu existo. *pausa* Confesso que foi tudo uma surpresa pra mim. Quem podia imaginar que o professor e eu somos primos maternos?

Rony: Pelo menos, você está a salvo. E o tio Nimbus vai ficar tranquilo quando souber que você está bem. *pausa* Só não sei como ele vai reagir quando souber que você está namorando.

Todo mundo riu alto, enquanto Jake e Jéssica coravam levemente. Se tinham enfrentado um planeta de bruxos, podiam enfrentar o pai de Jake.

FIM!