E aí Sogrão? – parte 3

Do Contra tinha acabado de entrar em casa acompanhado de Jake quando vê a sala destruída. Ele nunca tinha ficado tão apavorado.

Onde o mundo tinha chegado? Ele nem podia ir visitar o próprio irmão e dar uma carona para o próprio sobrinho que mudavam tudo de lugar! O sofá de adulto tinha desaparecido, sua preciosa TV de LCD de cinqüenta polegadas (que ele comprou com muito suor e lágrimas) tinha sido colocada de frente para o sofá de visitas e o chão coberto por pipoca, refrigerante, almofadas e chocolate. Aquilo era um pesadelo!

-RATINHA! – ele gritou se escondendo atrás de Jake.

-Que foi? – Angel apareceu pronta pro boxe.

-O que aconteceu com a sala?

Angel logo relaxou e foi abraçar Jake.

-A Rony convidou os amigos pra assistir um filme. – ela o abraçou. – Algum problema, Feioso?

-Quem ela convidou?

-O Jake. – Jake acenou já sentado no sofá. – a namorada do Jake, a Jéssica, você lembra dela? Ela ficou muito bonitinha!

-Quem mais, Ratinha? – ele perguntou morrendo de vontade que ela fosse direto ao ponto.

-Quem mais? O Aaron, a namorada dele, a Mari e o namorado dela, a Paola, o Erick, a Jade e o Jasper.

-Só eles?

-E o Manic.

A cara de DC azedou assim que ele ouviu o nome de Manic, Jake riu da cara que o tio fez e Angel fez uma careta.

-Jake, querido, você se importa se te deixarmos sozinho até a Rony chegar? Eu e o seu tio temos que ter uma conversinha.

Pode ser o tom que ela usou quando disse "conversinha", ou a simples palavra, mas Do Contra viu que estava em maus lençóis. Ele bem que tentou fugir, mas Angel já o conhecia bem demais e antes que ele tivesse a chance ela já estava arrastando-o escada acima.

Jake não ficou muito tempo sozinho, Rony e Manic chegaram cinco minutos depois do seqüestro de Do Contra. Jéssica veio com eles carregando uma sacola cheinha de filmes. Aaron, Kazumi e Paola chegaram dois minutos depois. Jasper, Jade e Erick foram os últimos.

Assim que todo mundo chegou foi um bate boca na hora de escolher o filme que até o pessoal do cemitério reclamou do barulho. Por insistência de Manic eles acabaram escolhendo "Atividade Paranormal" apesar dos protestos de Rony.

Rony e Manic ficaram no sofá junto de Aaron. Kazumi estava no chão no meio dos joelhos do namorado, Jasper e Jade estavam do lado dela. Mari e Lance ficaram nos bancos atrás do sofá com Jake. A cadeira de Jéssica estava do lado de Jake e Erick estava sentado na poltrona séria, com Paola sentada no colo dele.

Mal o filme começou Rony enterrou o rosto no ombro de Manic e não se atreveu a olhar.

*Vamos dar uma olhada no nosso querido e encrencado Do Contra*

Angel arrastou o marido para o escritório dela no segundo andar e o obrigou a se sentar de frente pra ela. DC cruzou os braços e se recusou a olhar pra ela. Mas ela não ia desistir assim tão fácil.

-Eu vou te pedir pra conversar comigo normalmente. Tá legal? Eu sei que você gosta de falar ao contrário, mas eu vi que você não vai agüentar fazer isso quando o assunto é o Manic.

Do Contra encarou Angel contrariado e ela continuou:

-Por que você não gosta dele?

-Por que eu gostaria dele?

-Porque ele é o namorado da sua filha, é gentil e faz ela feliz.

-Isso tudo são motivos pra você gostar dele! – Angel bufou e desabou na cadeira. – além do mais, eu sei que o menino em si é uma boa pessoa, mas eu não gosto da ideia dele namorando a Rony.

-O que você acha desse namoro? – ele desviou o olhar e ela pegou a mão dele. – pode me contar. Não vou falar pra Rony.

DC olhou a esposa e depois suspirou.

-Eu acho que eu fiquei em choque sabe? Nunca tinha imaginado a Rony, a nossa Rony, namorando.

-O Manic não é o primeiro namorado dela.

-Semi-deuses não contam! O que tem nas mulheres da sua família?

Com essa Angel teve que rir, Do Contra ainda não tinha se recuperado de Adam (o ex-namorado de Angel) e nem de Gabriel (o ex-namorado de Rony). Os dois eram simplesmente muito perfeitos pro gosto dele, pro gosto de qualquer homem normal, pra falar a verdade.

-Feioso, você vai ter que entender que Rony não tem mais cinco anos. Ela já é uma moça. E o namorado dela não vai roubar ela de você, ninguém conseguiria fazer uma coisa dessas.

Do Contra ficou pensando seriamente no assunto e concordou que ia tentar ser um pouco mais gentil com Manic. Só um pouco.

-E eu ainda não gosto dele como o namorado da Rony!

Os dois desceram e viram o grupo de adolescentes amontoados vendo TV. Ele fez uma careta quando viu Rony aninhada em Manic, mas não disse nada. Só roubou a pipoca que circulava sem parar e foi ver o filme mais atrás. Angel ficou do lado dele e os dois viram que a cada cena assustadora Rony enterrava mais o rosto no ombro de Manic, ele não parecia se importar nem um pouco... Na verdade parecia que aquele tinha sido seu objetivo o dia inteiro!

-Você pode não gostar dele, Feioso, mas você tem que admitir que ele é esperto. – Angel disse.

Muito a contragosto Do Contra concordou.

Continua...

Eu sei o que vocês estão pensando:

O Jasper e a Jade foram convidados? Como assim? R: eu gosto de pensar que Jade e Erick fizeram as pazes e que tanto ela quanto Jasper estão indo para o caminho certo, mas beeeeeem lentamente. Eles não são os melhores amigos de todo mundo, mas pelo menos não são mais tão malvados.

A Rony já teve um namorado? R: já, o nome dele era Gabriel e ele era filho de Poseidon, era grande, musculoso, pálido, com cabelos tão espetados quanto os de Rony e olhos tão azuis que poderiam competir com os de Jake. Eles terminaram porque Gabriel se importava muito consigo mesmo e não deixava Rony andar de skate.

O Do Contra tá com ciúmes? R: sim, ele sempre foi um pouco ciumento. Na maioria das vezes ele consegue controlar, mas tem vezes que não dá.

Comentem!

E mais uma coisa: pra quem tiver interessado eu estou escrevendo uma fic de "Como Treinar o Seu Dragão", e eu preciso de personagens. Então, por favor, dêem uma passada lá e preencham uma ficha, eu não posso escrever nada sem personagens. O nome da fic é "Procurando Dragões" e me ajudaria muito se vocês preenchessem.