The Eddy Series

Autora: Amethyst Jackson ( http:/ www. fanfiction. net/ u/ 252097/ Amethyst_Jackson )

Tradutora: Lary Reeden

Beta: Ju Martinhão

Categoria: Humor

Classificação: Livre

Sinopse: Edward compra para Bella um gatinho, e ele não gosta muito de Jacob. O caos se instala.


Disclaimer: Essa história pertence à Amethyst Jackson, os personagens pertencem à Stephenie Meyer e a mim pertence a tradução!


Capítulo 1 – Edward e o Gatinho

Bella PDV

Eu estava esperando por Edward. Ele prometeu vir hoje, antes de Charlie chegar em casa do trabalho, e não é como se ele costumasse se atrasar. Eu tinha arranjado para nós sobras para o jantar, simplesmente para que eu pudesse dedicar todo este pedaço de tempo para o meu namorado vampiro, e ele tinha SUMIDO.

Uma batida na porta me surpreendeu. Edward não se incomodava com a porta quando eu estava sozinha na casa - quem poderia ser?

Mas, não, era Edward na porta, sorrindo como se tivesse um segredo e praticamente pulando com entusiasmo, como se Alice tivesse roubado seu corpo.

"Eu tenho uma surpresa para você." Ele disse alegremente. Eu então percebi que suas mãos estavam atrás das suas costas, e estreitei os olhos, desconfiada.

"Uma surpresa?"

Ele revirou os olhos para o meu tom cauteloso. "Você vai gostar desta, eu prometo. Simplesmente feche seus olhos por um momento, por favor?"

Eu suspirei e fiz o que ele pediu. Ouvi um estranho som de chiado e quase dei uma espiada, mas eu sabia que Edward me pegaria. Finalmente, ele pareceu satisfeito. "Tudo bem. Pode abrir".

Eu abri e fui recebida com a última coisa que eu esperava ver.

Conhecendo Edward, eu teria encontrado um Porsche estacionado na frente da minha casa, ou alguma jóia extravagante em suas mãos - mas não era nenhuma dessas coisas. Era... era...

... Um gatinho.

Um gatinho, como em, pequenino, quatro patas, fofo, laranja, uma criatura de grandes olhos ronronando, olhando para mim com a cara mais adorável conhecida no universo. Sentado perfeitamente reto nas mãos de Edward, observando-me com curiosidade.

Eu gemi.

"Edward!" Eu suspirei, "Você não percebe ao que acabou de condenar este animal ao trazê-lo para mim? Você não estava prestando atenção quando eu lhe contei sobre o cemitério do meu peixinho?"

Ele riu. "Relaxe, Bella. Ele pode ficar conosco se é com isso que você está preocupada".

Eu suspirei, vendo a esperança em seus olhos, olhos que eram quase exatamente do mesmo tom dourado dos do gatinho. "Tem certeza que ele não será comido na sua casa?"

Ele esticou os braços para passar o gatinho para mim. "Ninguém se incomodaria. Ele não serviria nem mesmo para um lanche".

Relutantemente, peguei o gatinho em meus braços. Ele pareceu feliz de estar de volta em mãos quentes e se aconchegou contente no meu peito. Eu sabia então que eu tinha perdido.

"Maldição." Eu resmunguei. "Ele é adorável".

Edward riu. "Você vai ficar com ele, então?"

O gatinho ronronou feliz para mim, esfregando seu nariz no meu queixo. "Eu realmente não tenho uma escolha, eu acho. Mas eu não tenho nada do que preciso para cuidar dele..."

Ele revirou os olhos. "Eu não te compraria um gatinho e não a ajudaria a cuidar dele. Ele tomou todas as suas vacinas e eu tenho tudo que você precisa no carro".

Balancei minha cabeça e entrei na sala de estar, o gato ainda na mão, e me sentei no sofá. Edward me seguiu, ainda radiante com o seu triunfo.

"O que na Terra possuiu você para me dar um gatinho, afinal?" Eu perguntei.

Edward sentou ao meu lado e viu o gatinho começar a rastejar para o meu ombro com absoluta satisfação. "Bem, você parece com a intenção de se tornar vampira, e você nunca teve realmente um animal de estimação, então eu pensei que era uma experiência humana que devemos alcançar".

O gatinho já tinha feito o seu caminho através dos meus ombros, para o meu colo, e agora estava golpeando hesitantemente o joelho de Edward. Ele sorriu com carinho para o gato e cuidadosamente acariciou sua cabeça peluda.

"Então... você já aceitou a ideia de eu me transformar em vampira então?" Eu perguntei, nunca perdendo a chance de pressioná-lo pelo que eu queria.

Ele suspirou. "Eu sei que eu não posso mudar sua decisão. Então... suponho que sim".

Sua boca estava torcida para baixo em uma careta, mas eu sorri triunfante. Ele atirou-me um olhar de pura irritação e voltou sua atenção para a bolinha de pêlo feliz entre nós.

"Ele ainda precisa de um nome, você sabe." Edward disse. "Eu achei que você preferiria escolher".

Levantei o gatinho e o virei para mim, avaliando seu rosto peludo enquanto ele me observava com impaciência e confusão - um olhar que eu conhecia muito bem, e foi então que me veio o nome.

"Acho que vou chamá-lo de Eddy".

"Eddy?" Edward disse, incrédulo. "Por quê?"

"Bem, seria confuso se eu o chamasse de Edward, não seria?" Eu disse inocentemente.

Sua resposta foi um grunhido que enviou Eddy correndo de volta para o meu colo.


N/T - Essa é uma das fics "levinhas" mais brizadas e legais ue já li. Espero que gostem, ela tem 3 capítulos, e eu resolvi postar como bônus pelas reviews de Waiting For Dr. Right, espero que gostem e que deixem reviews por favor, até o próximo. beijinhos ;D

Lary Reeden