The Eddy Series

Sinopse: Edward compra para Bella um gatinho, e ele não gosta muito de Jacob. O caos se instala.


Disclaimer: Essa história pertence à Amethyst Jackson, os personagens pertencem à Stephenie Meyer e a mim pertence a tradução! Beta Ju Martinhão.


Capítulo 3 - A Mente Felina

Edward PDV

Desta vez eu vou pegá-lo. E ele nem sequer me verá chegando!

Sorri sozinho dos pensamentos ingênuos do meu homônimo. Atrás de onde eu estava sentado no sofá da sala de Bella, eu ouvi o mais fraco dos rosnados, inaudível aos ouvidos humanos, enquanto a criatura se preparava para atacar.

Em um instante, eu o tinha em minhas mãos, com suas garras espalmadas para me atacar. O gatinho laranja de olhos azuis rosnou para mim em frustração.

Como ele faz isso?

"Eu não sou tão fácil de assustar como a sua senhora." Eu ri, colocando a bolinha de pêlos no meu estômago. Ele tentou me arranhar, sem sucesso, e acabou desistindo e deitando-se aborrecido.

Ouvi Bella se aproximando e olhei para cima a tempo de ver seu rosto se derreter em uma expressão estranha e sonhadora. Arqueei uma sobrancelha para ela e ela corou.

"Vejo que vocês dois têm uma ligação." Ela disse, inclinando a cabeça em direção ao pacote de gato e eu. Eddy olhou para ela de onde sua cabeça repousava sobre suas patas.

"Não exatamente. Ele estava tentando me atacar novamente".

"Eddy!" Bella advertiu, ajoelhando-se no chão para colocar-se cara a cara com o gatinho. "Por que você quer atacar seu papai? Hmm?"

Papai ? Eddy mentalmente ridicularizou enquanto claramente olhava para ela. Eu ri de novo.

"Ele faz isso porque ele gosta do desafio. Você e Charlie são alvos fáceis, com seus lentos reflexos humanos".

Bella sorriu e começou a acariciar Eddy em seus lugares favoritos, ele ronronou satisfeito. "Talvez ele simplesmente goste mais de mim".

"Bem, ele gosta." Eu concordei, "Mas não é por isso que ele me ataca".

Bella franziu a testa para mim. "E como você sabe?"

"Eu posso ouvir os pensamentos dele".

Bella parou de acariciar Eddy, que olhou para mim assustado. Você pode O QUE? Eddy pensou, enquanto Bella falava precisamente as mesmas palavras. Eu ri.

"Gatos são criaturas muito inteligentes." Expliquei. "Eles entendem a linguagem humana e são capazes de usá-la em suas mentes - eles simplesmente não têm as ferramentas físicas para se comunicar verbalmente".

Bella ficou boquiaberta para mim. "Então ele pode entender o que estamos dizendo?"

Claro que posso, idiota. Eu suprimi uma risadinha. "Sim, ele pode".

Ela sentou-se sobre os calcanhares e sorriu para mim. "O que ele pensa de você então?"

Retomei o trabalho de Bella de acariciar o gatinho, mandando-o de volta em uma névoa ronronante e o deixando infinitamente mais benevolente comigo do que ele tinha estado a um momento atrás. "Bem, gatos são muito parecidos com crianças - eles reconhecem as palavras, mas falta-lhes a capacidade de entender um monte de conceitos. Eddy sabe que eu sou diferente dos outros seres humanos, mas ele não entende por que ou como".

Bella sorriu. "Então Jacob deve tê-lo realmente o assustado".

Eu bufei. "O cão-humano? Sim, Eddy não confia nele, em nada. Ele acha que você deveria ficar longe dele. Em parte para a sua proteção, e em parte por causa do cheiro".

"Aham, isso soa familiar." Bella disse secamente. "Então, o que ele pensa de mim?"

Eu sorri para mim mesmo, sendo capaz de ler na mente de Eddy o afeto genuíno que ele tem pela sua dona. "No geral, você é a sua favorita. Ele acha que suas tendências humanas são ridículas, é claro, mas você o alimenta bem e o acaricia, e você é quente, e você o deixa dormir em sua cama. Ele está muito feliz com você".

Bella bufou estranhamente. "Isso também soa estranhamente familiar".

Eu ri animadamente e puxei Bella até que ela estava ao meu lado no sofá, momentaneamente desalojando e desapontando o gato previamente bem-humorado.

"Você é bonita e quente." Eu concordei, esfregando meu nariz em seu pescoço, "E eu gosto de ser autorizado a dormir na sua cama. Mas espero que eu seja capaz de manter uma argumentação mais elevada que o gato".

Bella riu e eu não pude resistir a beijá-la. Eddy saltou para as costas do sofá para escapar ileso das nossas palhaçadas.

Seres humanos estúpidos, ele resmungou, e eu estava preocupado demais para rir da ironia.


N/T- LOL mil vezes diz se não é uma das fics mais comédia que já leu. Esse Eddy me MATA! Infelizmente esse é o último. Mas fic de olho que em breve postaei novas One-shots, algumas hot, para quem gosta. Fico por aqui bubu.

Pra quem quiser conhecer o Eddy (gatinho) é só passar na minha comunidade Renesmee Perdidos ou tirar os parenteses deste link.

https(:)(/)lh5(.)googleusercontent(.)com(/)-Z3N9afoxVYU(/)TvuyloaDHZI(/)AAAAAAAAJFI(/)x24quxtL9m4(/)s1000(/)tumblr_lk0xtc9Tsb1qbj8yoo1_500sfsfsfsfpsdpng(.)png

Ou aqui no perfil do FF tem o link sem os espaços e tal.

Beijos, obrigado por acompanhar e comentar, deixe sua última review por nosso Eddy *-*

Lary Reeden