Disclaimer:Os personagens da Saga pertecem a Stephenie Meyer.

Esta é uma tradução autorizada da fic original em espanhol- Silent Love da Lanenisita, que proíbe qualquer reprodução total ou parcial sem autorização.

PROLOGO

Na pouca idade dos três anos, são poucas as recordações que podem guardar as crianças em sua pequena memória. Talvez lembrem exatamente os lugares que freqüentam os nomes dos pais e irmãos, até o lugar onde deixaram seu brinquedo favorito e o sabor do sorvete que mais gosta. A maioria das crianças tem lembranças mais nítidas aos quatro ou cinco anos.

...Mas esse não é o caso de Edward Cullen, ele se lembra perfeitamente do evento que mudou sua vida em uma manhã de Abril, quando ele tinha apenas três anos.

- Edward... - falou sua mãe Esme, uma mulher bonita de cabelos cor de caramelo e pele muito branca – Edward, estão nos esperando para irmos.

-Não vou - resmungou o pequeno Edward, dono de um rebelde cabelo acobreado e de umas penetrantes esmeraldas brilhantes em seus olhos e apesar de sua pouca idade, possuidor de umas mãos com dedinhos muito longos e ágeis. Mãos que nesse momento se mexiam fazendo gestos que sua mãe não compreendia.

- Amor, mas amanhã você pode tentar outra vez. Papai está nos esperando - tocou seu braço e o pequeno se remexeu incomodado.

-Mamãe - o pequeno Edward tocou seu rosto e sua mãe sorriu - Só mais uma vez - Sua mãe assentiu e Edward se voltou para encontrar novamente com o par de olhos chocolates que o olhavam intrigados. O pequeno lhe sorrio e suspirou. Colocou suas mãos como havia ensinado sua professora essa manhã e tratou de lembrar cada movimento.

-Eu - assinalou pra si mesmo – gosto de você – colocou seus braços sobre o peito e os deixou em forma de cruz - Isabella Swan - e sinalizou para uma bonita menina de cabelos e olhos cor de chocolate, de lábios roliços e de pele tão branca como leite que estava na sua frente. A pequena sorriu e uma lágrima desceu por seu rosto. Não somente porque em seus três anos de idade alguém lhe tinha dito que gostava dela pela primeira vez, mas também porque o havia feito por sinais... Em sua linguagem, a única que conhecia.

Em sua curta idade Isabella Swan jamais havia ouvido uma canção de ninar, o canto dos passarinhos no parque, ou a voz de Beto e Enrique* na televisão...

NT: Beto e Enrique são personagens de Vila Sésamo

Isabella não tinha escutado nada desde que nasceu no mundo do silêncio...

Esta é uma história de um grande amor que nunca foi contada, uma história que superou todas as barreiras... Inclusive, a do silêncio.

Amor em silêncio... A história do silêncio

Gente, essa é minha primeira tradução.

Espero que gostem

Deixem sua opinião

Beijos no core